Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Fico a saber pela sempre interessante revista brasileira Gosto que o restaurante Leite (na foto), o mais antigo em funcionamento do Brasil, completa 130 anos agora em Outubro. Situado no centro de Recife, capital do estado de Pernambuco, a casa foi fundada em 1882 pelo português Manoel Leite e, desde 1955, está na posse dos irmãos Dias, sendo hoje Arménio Dias, nascido em 1931 em Pinheiro de Lafões, o único sobrevivente, com a sua filha Mónica Dias a garantir a continuidade. De destacar que, embora haja pratos de diferentes estilos, a ligação à cozinha portuguesa continua forte, com os bolinhos de bacalhau, o arroz de bacalhau e o bacalhau à Amadeu Dias (criado por este irmão de Arménio, é grelhado, leva cebola, alho, azeitonas, pimentos e batatas cozidas) a constituírem as principais especialidades.
Estive lá uma única vez, há uns bons sete ou oito anos, integrado num grupo de jornalistas portugueses que a Dão Sul levou a conhecer o seu projecto vinícola Rio Sol, no interior do estado, às margens do rio São Francisco. Para se ter uma ideia da qualidade da cozinha do Leite, nesse óptimo almoço estava David Lopes Ramos, que já lá tinha estado uma vez e afirmava que ali tinha comido os melhores bolinhos de bacalhau da sua vida. Sabendo do rigor que ele punha nessas afirmações, que nunca fazia levianamente como hoje é moda, é dos maiores elogios que um restaurante português pode ter.

 

Além dessa qualidade da cozinha, assegurada há 25 anos pelo chefe Edenílson Araújo (mais conhecido como o “Bigode”…), o Leite foi desde a sua abertura em 1882 frequentado pela melhor sociedade do Recife, bem como por inúmeros visitantes ilustres da cidade, desde presidentes da república brasileiros até nomes como Orson Welles ou Jean-Paul Sartre. Um dos seus frequentadores mais assíduos foi o célebre sociólogo recifense Gilberto Freyre, que tinha sempre reservada a mesa 19 e que hoje é homenageado no cardápio do Leite com uns medalhões de carne que levam o seu nome. Aliás, o autor de Casa Grande e Senzala foi apenas um dos muitos intelectuais clientes do Leite, a ponto de ter sido há dias descerrada uma placa no restaurante em que a União Brasileira de Escritores o eleva a Património da Cultura Literária Pernambucana.

Com a decadência do centro do Recife, o Leite funciona desde a década de 70 apenas ao almoço, mas apesar de ter feito várias obras de modernização ao longo dos seus 130 anos, mantém as suas centenárias cadeiras de jacarandá, lambris de madeira e vário mobiliário antigo, bem como um pianista a acompanhar musicalmente os almoços. Um ambiente que certamente agradaria ao fundador, que na época mandou vir louça inglesa, copos de cristal Baccarat, talheres de prata Christofle e muitos outros artigos de luxo para equipar o restaurante. Diga-se que, até hoje, toalhas e guardanapos são importados de Portugal, bem como os palitos de dentes, que são feitos à mão num convento, segundo a revista brasileira. No mesmo artigo, vem referido que, a seguir ao Leite, os dois restaurantes em funcionamento mais antigos do Brasil são também fundados por portugueses e estão ambos no centro do Rio de Janeiro: o Rio Minho, que data de 1884, e a Confeitaria Colombo, de 1894. Era bom que estas ligações ao Brasil, realizadas por portugueses com gosto pelo risco e pela qualidade, fossem melhor conhecidas e reconhecidas por cá. (Ver www.restauranteleite.com.br)

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:53


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Setembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Comentários recentes

  • João Gonçalves

    "E, é claro, o Varanda do Ritz Four Seasons, de Li...

  • Duartecalf

    Se no ano passado íamos duplicar e não duplicámos,...

  • Miguel Pires

    Seria de bom tom, a alguém que tem uma opinião tão...

  • Miguel Pires

    Podemos sempre especular o que quisermos, como, po...

  • Anónimo

    Miguel,Neste momento já foram recebidos os convite...


subscrever feeds