Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

street_viewEP.jpg

 

Já se sabe mais sobre o novo restaurante que Diogo Noronha vai chefiar, depois de ter deixado recentemente o grupo Mainside, onde esteve três anos à frente de estabelecimentos como Casa de Pasto e Rio Maravilha. O chefe juntou-se agora ao grupo Multifood, associado ao Alma de Henrique Sá Pessoa e a diversos outros restaurantes como Cais da Pedra, Sala de Corte, Deli Delux e as cadeias Honorato e Vitaminas. O novo espaço de Diogo Noronha ficará na Rua da Escola Politécnica, ao Príncipe Real, onde outrora funcionou o Origami (prédio azul na foto), em frente à pizzeria Zero Zero, também da Multifood. Se tudo correr bem, deve abrir no início do próximo ano.

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:00

25173713620_6ffb391b23_z.jpg

Agrada-me um bairro onde o fato e a gravata se cruzam com calções e chinelos ou fato de surf. É assim no bairro de Gros, que desemboca praia da Zurriola, também conhecida por praia dos surfistas, perto do Kursaal. É uma zona jovem e descontraída e, em termos gastronómicos, uma alternativa mais arejada à famosa Parte Vieja.

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:39

MLM_MM640px.jpg 

Ninguém melhor do que Maria de Lourdes Modesto para dar início a uma série de questionários de 10 perguntas que o Mesa Marcada vai colocar a várias personalidades da área da gastronomia. Em primeiro lugar, por ser quem é, de longe a figura mais importante que temos nessa área em Portugal. Depois, porque precisamente ela não se dá importância, é suficientemente sábia e segura para ser simples. E sempre com muita graça, como se pode ver. Por fim, porque, dispensando apresentações, nos poupa algum trabalho na estreia desta iniciativa patrocinada pela Estrella Damm, uma marca de cervejas cada vez mais envolvida no apoio à gastronomia e à sua divulgação. Daqui a duas semanas, voltamos com outro questionário a outra personalidade.

 

Quantas entrevistas já deu em que não lhe perguntam “Como começou a interessar-se por cozinha?”

Numa única. Foi naquela em que me disseram: se gosta tanto de cozinhar, porque não aprende?

 

Um cozinheiro magricela é de confiar?

Não é de tomar a sério. Recomende-se-lhe o consumo de toucinho e os demais predicados da cozinha portuguesa em salsicharia. Um bom cozinheiro segue atrás do seu “brioche” bem fermentado.

 

Na cozinha profissional, as mulheres são menos criativas do que os homens?

Não se insulta a criadora do “Pastel de Molho” com essa pergunta.

 

Quem escrever uma “Cozinha Tradicional Portuguesa” daqui a uns 40 ou 50 anos vai ter que incluir pizzas, hambúrgueres, risotos, lasanhas, foie gras e vieiras?

 Sim, sim e sim. Mas também o coulis de pepino e aquela já célebre receita do “Lombinho de azeitona em sua cama de alface”.

 

Gordura a mais, sal a mais, açúcar a mais…é possível cozinhar em português sem escandalizar a Organização Mundial de Saúde?

A sério, sim. A brutalidade não faz parte dos temperos da Cozinha Tradicional Portuguesa

 

Quando era mais nova, era costume ir a casas de petiscos?

Porquê quando era MAIS Nova? Até hoje, sem interregno, nunca deixei de engolir uma travessada de “Jaquinzinhos com arroz e pimentos”.

 

Quando quer perder peso, quais os alimentos que consegue evitar?

Todos, sem excepção. Até a água me engorda!!!

 

Há livros de cozinha a mais ou a menos em Portugal?

Pergunte à minha estante de onde lhe vem aquela curva maior do que a minha marreca.

 

Se pudesse escolher qualquer restaurante para ir, em Portugal ou noutro país, actual ou de épocas anteriores, qual seria?

 Se eu fosse mágica, ressuscitava o saudoso Restaurante Avis. Tenho saudades duma brigada bem enchapelada e de ouvir: D. Maria de Lourdes faz-se “axim”.

 

Conhece algum chefe de cozinha que aceite bem uma crítica quando vai à mesa perguntar se estava tudo bom?

Não, não e não. A culpa é sempre do cliente que não sabe que “peixe cru” é o que está a dar.

 

 

Na Foto (de Cristina Gomes): Maria de Lourdes Modesto com a sua assistente Migalha

 

 Patrocínio: 

 

image001.jpg

 

Posts Relacionados:

Menu de interrogação - 10 perguntas a Manuel Salgado

Menu de interrogação - 10 perguntas a Carlos Braz Lopes

Menu de interrogação - 10 perguntas a Ana Moura

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:04

Gérard Depardieu ferra o dente em Portugal

por Duarte Calvão, em 22.10.16

O actor Gérard Depardieu esteve em Portugal em finais do ano passado para, juntamente com o chefe francês Laurent Audiot, filmar um episódio da série “À Pleines Dents!” que ambos protagonizam para o canal de cabo Arte e que já os levou a vários pontos da Europa. O episódio pode ser visto aqui ou aqui, online, não havendo ainda data prevista para exibição televisiva em Portugal. Quem quiser ver deve apressar-se porque talvez não fique muito tempo disponível.

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:00

FullSizeRender 12.jpg

A notícia é no mínimo bombástica e a fonte oficial: segundo Ángel Pardo, Director de Relações Exteriores do Guia Michelin, citado pelo jornal espanhol ABC (que elabora a noticia com base na agencia EFE), a edição do guia vermelho de Espanha & Portugal 2017, que será revelado no próximo dia 23 de Novembro, em Girona,  "será um grande ano para Espanha e uma bomba para Portugal". Segundo avança este jornal, baseado nas declarações de Pardo, "Quanto a Portugal, que conta com 3 restaurantes bi-estrelados e onze com uma, foi anunciado que duplica os seus galardões no guia o que supõe ser um "bombazo" para o país vizinho" (...).

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:58

IMG_2771.jpg

Foi lançado esta terça-feira, no belíssimo Palácio de Monserrate, em Sintra, o novo Barca Velha.  Já se conhecia o ano da colheita, 2008, mas para lá chegarmos nessa noite foi preciso esperar umas horas, com conversa animada, 4 vinhos do portefólio Sogrape pelo meio, vários snacks e 3 bons pratos de Miguel Rocha Vieira, do Fortaleza do Guincho. Ora, o que são umas horas de vida quando temos pela frente um vinho mítico que esperou 8 anos até ver a luz do dia?   

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:42

Os pratos d' O Asiático

por Duarte Calvão, em 18.10.16

IMG_2549.jpgPho de Rabo de Boi e Wagyu

 

Em noite de abertura do novo restaurante de Kiko Martins, O Asiático, no Príncipe Real, em Lisboa, damos aqui nota dos pratos que propõe nesta fase. Ou pelo menos aqueles que estavam disponíveis num dos jantares de pré-abertura servidos na semana passada, alguns dos quais fotografados pelo Miguel Pires. As palavras estrangeiras no menu são tantas que desisti de as grafar em itálico para evitar confusões. Como se vê, é uma verdadeira viagem pelos sabores da Ásia, sobretudo do Extremo Oriente, conduzida por Kiko Martins, e pessoas como eu, que nunca andámos por lá, temos muito que googlar para ficar a conhecer o que significam. No jantar em que estivemos havia uma proposta de degustação de seis pratos, mas temos que esperar mais um pouco até sabermos preços e outras informações, que na altura não divulgaram. Para já, a lista, que foge à tradicional estrutura de entradas, pratos principais, carne ou peixe.

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:15

cogumelos2.jpg

 

Bertílio Gomes é um dos mais talentosos mas também um dos mais discretos chefes portugueses. Para mim, demasiado discreto, mas isso é lá com ele. Há uns anos, isolou-se na colina do Castelo, no Chapitô à Mesa, de onde observa tranquilamente a azáfama mediática da cidade enquanto se dedica ao seu restaurante sempre cheio de turistas estrangeiros e uns poucos portugueses que, como eu, vão lá menos do que deviam. Mas agora, de 28 a 30 de Outubro, quer que subamos até ele para participarmos, gratuitamente, numa Festa de Cogumelos que inclui mercado de produtores, showcooking, workshop, degustações e dois jantares a quatro mãos (estes a 80 euros por pessoa, vinhos incluídos), um em que Bertílio Gomes cozinha com Óscar Geadas, do restaurante G (Bragança) e outro com Pedro Pena Bastos, do restaurante da alentejana Herdade do Esporão.

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:50

Kiko Martins abre O Asiático

por Duarte Calvão, em 16.10.16

image.jpeg

 

É provavelmente o restaurante mais bonito de Lisboa e não é difícil adivinhar que os seus 90 lugares serão bastante disputados, não fosse este o muito aguardado novo projecto de um dos mais conhecidos chefes portugueses, Kiko Martins, já responsável por outros êxitos de público e crítica, como O Talho e A Cevicheria, ambos em Lisboa, e presença assídua em programas televisivos.

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:55

IMG_2508.jpg

Costumo dizer, meio a brincar, que a verdadeira razão que me leva a San Sebastian deve-se à tarte de queijo do La Viña. De facto, há algo de viciante naquele pedaço de céu. No sabor lácteo queimado, na textura firme mas cremosa, no ponto certo de doçura. Vende-se à dose, à meia dose e também inteira - algo que nunca arrisquei, por receio de a devorar toda sozinho.

 

Este é um daqueles doces que tem certamente um truque. A receita até anda por , mas desconfia-se que, tal como o pastel de nata, para resultar a tarte precisa de cozer a uma temperatura elevada, algo impossível de alcançar num forno caseiro. Mas não deve ser só isso, porque se fosse, já teria sido replicada convenientemente, em restaurantes que possuem os meios técnicos para a fazer. Porém, o que é certo, é que nenhuma tentativa resultar tão bem como esta.  

 

Dizem que a oferta de salgados do La Viña também não é má. Acontece que vou sempre tão focado tarta de queso que nem me dou conta que existe algo mais. Bom, se o Joan Roca almoçava por lá no dia da sua apresentação no Gastronomika é porque deve outras coisas que valem a pena. Ou será que vamos todos em busca do mesmo?  

 

Contacto: Calle del Treinta y Uno de Agosto, 3, San Sebastian, Espanha. Tel. +34 943 42 74 95

 

 Posts Relacionados:

.  5 motivos para visitar San Sebastian e Bilbau por estes dias – Parte I : O txuletón do Nestor

.  5 motivos para visitar San Sebastian e Bilbau por estes dias – Parte III : Um bairro de bom GROSto

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:48

Pág. 1/2



Pub


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pub


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Outubro 2016

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Comentários recentes

  • Adriano

    Também acho, a nível de entrevistas o que está a d...

  • João Faria

    Excelente entrevista! Talvez a que mais achei inte...

  • Miguel Pires

    Bem me pareceu que a argumentação era pobrezinha.

  • Adriano

    Isto realmente é irritante. Eu admiro é a paciênci...

  • João Almeida

    Sentiu-se ofendido. Coitadinho..(Não tenho faceboo...


subscrever feeds