Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Encontro em Bicesse, no Conceito Food Store

por Miguel Pires, em 31.03.17

conceito-food-store-bicesse-chef-daniel-estriga-copyright-nuno-antunes-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-sancha-trindade7-768x512.jpg

Daniel Estriga tinha 23 anos quando resolveu abrir o seu restaurante próximo da casa dos seus pais, numa zona residencial de Bicesse, Cascais, depois de meia dúzia de anos de experiência a trabalhar com chefes como Bertilio Gomes, no Vírgula, Joachim Koerper, no Eleven, ou Paulo Morais.

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:37

Ana Moura deixa Cave 23

por Duarte Calvão, em 30.03.17

Amanhã será o último dia de Ana Moura no Cave 23, no hotel Torel Palace, em Lisboa. Após dois anos à frente de um restaurante que deu que falar e recebeu muito boas críticas, esta jovem chefe portuguesa, cujo percurso profissional passou bastante por Espanha, incluindo uma boa experiência no lendário Arzak, em San Sebastián, não tem ainda planos definidos. Sobre as razões e o período que passou no Cave 23, Ana Moura enviou esta declaração ao Mesa Marcada, que transcrevemos na íntegra:

 

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:01

Belcanto.jpg

 

Como já vem sendo habitual a organização do World’s 50 Best Restaurants, cujo ranking será anunciado no próximo dia 5, em Melbourne, Austrália, antecipou, esta manhã, a divulgação da 2ª parte da lista, com os restaurantes que se classificaram entre o nº 51 e 100 em 2017. Portugal (como sempre, agregado a Espanha na mesma região), continua a ter a presença de apenas um restaurante, O Belcanto, que surge agora na 85ª posição, uma queda de 7 lugares em relação ao 78º lugar de 2016.

 

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:51

FortalezadoGuincho.jpeg

 

A velha questão. Devemos voltar a um lugar onde fomos felizes? Reformulo a pergunta. Devemos voltar a um lugar onde fomos felizes quando uma mudança significativa se verifica nesse local? 

A resposta... já lá vamos.  

 
 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:41

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

_JoaoRodrigues.jpg

 

O Mesa Marcada desafiou o Feitoria fazer um jantar especial de celebração do duplo primeiro lugar dos "10 Preferidos de 2016". Como é sabido o restaurante do hotel Altis Belém, bem como o seu chefe João Rodrigues, mereceram a preferência do nosso painel de cerca de 150 jurados. Nesse sentido, e tal como fizemos em 2014, com o Belcanto e José Avillez, queríamos que os nossos leitores, bem como o público em geral, pudessem confirmar por si o excelente momento que o chefe lisboeta, bem como a equipa, estão a atravessar. 
 
 
 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:11

Os ídolos dos chefes de Portugal

por Duarte Calvão, em 09.03.17

Artigo publicado na edição de Novembro/Dezembro de 2015 da revista Comer. Algumas informações podem estar desactualizadas

 

 

A pergunta era simples e dispensava explicações e justificações. Quais são os seus nomes de referência na cozinha, de alguma maneira, os seus “ídolos”? Foi sobre isto que questionámos 12 chefes a trabalhar em Portugal, um pouco por todo o País, com diversos estilos culinários, de diversas gerações. Podiam dar nomes de chefes profissionais ou pessoas de família. Vivos, retirados ou mortos. Portugueses ou estrangeiros. Cozinheiros, teóricos, autores de livros, amigos, o que quisessem, valia tudo. Aqui vão as respostas, mas fique já a saber que triunfou a variedade.

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:27

 

12901492_1250289284999064_1786135879562859948_o.jpg

Oriundo de uma família já ligada à restauração, Carlos Fernandes faz parte de uma geração de muitos jovens cozinheiros portugueses que, com a mesma naturalidade, começaram a encarar o desenvolvimento da sua carreira no país de origem ou além-fronteiras. Formado na Escola de Hotelaria de Lisboa, com um primeira experiência no Hotel Intercontinental Lisboa, cuja pastelaria era então chefiada por Luís Ascenção, seria em Espanha que viria a ter as experiências mais marcantes. Primeiro, estagiando com um dos maiores nomes da pastelaria espanhola e europeia, Paco Torreblanca, depois indo para Tenerife, nas Canárias, onde ficou três anos no M.B, do não menos célebre chefe basco Martín Beresategui, fazendo parte da equipa que conquistou a segunda estrela Michelin para o restaurante.

 

 

 

 

Patrocinio:

banner_marca (1) (1).jpg

 

 

Posts Relacionados: 

 . Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Vitor Sobral

Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Açucena Veloso

Menu de interrogação – 10 perguntas a João Rodrigues

Menu de interrogação - 10 perguntas a Mário Rolando

Menu de Interrogação - 10 perguntas a Benoît Sinthon

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


PUB



Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Comentários recentes

  • João Faria

    Interessante análise e reflexão. Fiquei curioso em...

  • Adriano

    Miguel não me leves a mal este bocadinho de mau ol...

  • silva

    acho preço bastante caro, a não ser que as garra...

  • Artur Hermenegildo

    Ao que diz o Bloomberg, o Gaggan, nº7, irá fechar ...

  • Duarte Calvão

    É curioso, não tinha noção de que o êxito do Henri...


subscrever feeds