Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




aquihapeixe-40.jpg

A pergunta é frequente: “Onde se come um bom peixe grelhado, em Lisboa?”. A resposta é sempre um tanto embaraçosa porque nunca sei muito bem o que responder. Para mim, peixe grelhado é coisa de se comer à beira-mar (na Praia da Adraga, ou no Meco, por exemplo) e, por isso, é raro optar por tipo de preparação na capital.
 
 
 
 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:46

JoseNobre_1.jpg

 

É praticamente impossível ir a'O Nobre e não encontrar alguma figura pública sentada à mesa. Sejam do mundo da política ou dos negócios, das artes ou do desporto, há sempre alguém rendido à cozinha de Justa Nobre - e das suas irmãs Guida e Ana - e sempre atendido pelo sorriso aberto do marido José Nobre, que em muitos casos, nem precisa de entregar a lista de pratos aos seus clientes, bastam duas ou três recomendações verbais e já está. O casal Justa e José Nobre teve altos e baixos, boas e más apostas, chegou a comandar oito restaurantes ao mesmo tempo e passou por uma situação em que nem sequer podia usar o seu nome nos estabelecimentos que geria. Mas, ao fim destas peripécias todas e de mais de 40 anos de casamento, o seu profissionalismo e personalidade, na cozinha mas também na sala, fez com que os seus clientes nunca os abandonassem, contribuindo para o êxito actual d'O Nobre, no Campo Pequeno, e dando ânimo para novas aventuras, como o À Justa, cuja abertura está para dias.

 

 

 

 

Patrocínio:

MASTER_520x90_300x300_portugal-page-001.jpg

 

 

Posts Relacionados: 

 

.  Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Rodrigo Castelo

.  Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Paulo Amado

.  Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Vasco Coelho Santos

 . Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Alexandra Prado Coelho

Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Leonel Pereira

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

TKanazawa.jpg

A partir de hoje, Paulo Morais é oficialmente o chefe do Kanazawa, substituindo Tomoaki Kanazawa, conhecido por Tomo, que fundou este pequeno restaurante japonês de cozinha kaiseki em Algés, com apenas oito lugares ao balcão, há pouco mais de ano e meio, como aqui o Miguel Pires deu notícia. Foi tudo muito repentino. “Ele veio falar comigo e perguntou-me se eu queria ficar como chefe e responsável do restaurante. Explicou-me que tinha que voltar imediatamente ao Japão por motivos pessoais”. É assim que Paulo Morais conta ao Mesa Marcada a surpreendente mudança, que o levou a abandonar a anterior chefia do restaurante Rabo d’Pêxe, em Lisboa, onde estava também há cerca de ano e meio.

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:31

Ocean_neuner.jpg

Durante muito tempo não consegui compreender a cozinha de Hans Neuner. Estava à vista que ele era bom, muito bom, que havia grande técnica e uma tentativa honesta de criatividade, mas, para mim, não resultava. Fosse no Ocean ou em diversos jantares especiais em que ele estava presente, havia sempre algo que me falhava, talvez uma certa falta de personalidade no estilo culinário, como se o chefe austríaco, com quem sempre simpatizei, ainda não tivesse descoberto seu caminho. De alguma maneira, sempre senti que eu é que estava errado, não só pelas duas estrelas Michelin que ele já tinha conquistado, mas sobretudo por ver que toda a gente que mais respeito, nomeadamente outros chefes, ficava deslumbrada com a cozinha de Neuner. Como se calcula, não vivia bem com esta sensação, porque queria gostar desta cozinha e não conseguia.

 

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:25

Um Local felizmente fora de moda

por Duarte Calvão, em 17.08.17

AndreLC.jpg

Esqueçam fermentados e fumados, vegetais como protagonistas, dashi, ramen ou soja. Esqueçam algas, esqueçam ceviche, esqueçam barriga de porco. André Lança Cordeiro está mais na cozinha clássica francesa. Tem a ver com o seu percurso. Quando tinha 27 anos, depois de ter trabalhado na Sonae em algo que não tinha nada a ver com a cozinha, esteve na saudosa Taberna 2780, em Oeiras, onde era comum ver gente vinda de outra paragens, como Nuno Barros, Francisco Magalhães ou Joana Xardoné. Depois, foi para França aprender a ser cozinheiro, na escola de Alain Ducasse. Seguiram-se passagens por vários restaurantes franceses, especialmente ao lado do estrelado Frédéric Simonin, que ainda o levou para Suíça num projecto de consultoria. Ao todo, cinco anos de ausência.

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:26

RodrigoCastelo_fotoMárioCerdeira.jpg

Todos conhecemos alguém que diz que um dia vai deixar a profissão para se dedicar a uma paixão que até aí não passava de um hobby. Porém, são poucos os que o fazem e ainda menos os que são bem sucedidos. Rodrigo Castelo é um dos casos de sucesso.

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

 

É um pássaro, é um avião? Não, é a última sobremesa de Jordi Roca, no Celler de Can Roca. O mais novo dos irmãos Roca, responsável pela parte de pastelaria (ou será, neste caso, de magia?), acaba de publicar este pequeno video no Instagram.

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:04

HUI_3231 (1).jpg

 

Parecem nascidos em laboratório, do cruzamento entre um javali e uma ovelha, mas nem as vítimas de Obélix, nem os parentes da Dolly são para aqui chamados. Sim, são mesmo porcos, da raça mangalica, lanzudos e com uma grande percentagem de gordura, características essenciais para a adaptação ao frio e à neve nas estepes húngaras, de onde são originários. Os exemplares destas fotos (e vídeo) são criados perto do Fundão, um caso raro se não mesmo único por cá. Mas já lá vamos.

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:59

Tata Eatery com pop-up em Lisboa

por Miguel Pires, em 08.08.17

Ana_and_Zijun_Pro_Large.0.jpg

 

Ana Gonçalves é portuguesa e Zijun Meng chinês. Juntos abriram em Junho de 2016, na zona leste de Londres, o Tata Eatery, um restaurante de cozinha contemporânea com raízes chinesas e portuguesas. A dupla, que trabalhou com Nuno Mendes no Viajante e Chiltern Firehouse, anunciou recentemente que vai sair do espaço que partilha com um outro projecto e que andam à procura de um local próprio na capital inglesa. 

 

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:42

Dominique Crenn “a 4 mãos” no Loco

por Miguel Pires, em 03.08.17

 

41308.jpg 

Há 2 anos, poucos sabiam quem era Dominique Crenn, na Europa . Na verdade, mesmo nos Estados Unidos, a chef francesa radicada na costa oeste era quase uma ilustre desconhecida. Tudo começou a mudar, em 2013, quando o Guia Michelin atribuiu duas estrelas o seu restaurante Atelier Crenn, em São Francisco, tornando-a na primeira mulher a alcançar tal feito em terras do tio Sam. Depois disso, em 2016, veio o prémio de “Melhor Chef Feminina do Mundo” para o júri do The World’s 50 Best Restaurants, um episódio na série da Netflix Chefs Table e, mais recentemente, a entrada para a 83ª posição da segunda parte da lista atrás mencionada.

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:07

Pág. 1/2



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Agosto 2017

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Comentários recentes

  • Paulina Mata

    Continuação da resposta... (2)Não há evidencias qu...

  • Paulina Mata

    Continuação da resposta... (1)É verdade que alguma...

  • Paulina Mata

    Duarte, há algum tempo que lhe queria responder ma...

  • Miguel Pires

    Oops, já corrigido. Agradeço o reparo.

  • Martinho Cruz

    Tudo bem. Vega “Cecília” é que me ultrapassa.....


subscrever feeds