Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Moscato d’Asti

por Rui Falcão, em 09.05.10

 

Sim, eu sei, é um vinho branco simples, directo, adocicado, muito frutado, muito tenuemente gaseificado... mas mesmo assim eu gosto. Com graduações alcoólicas entre os 5º e os 6º, com acidez viva e mais que suficiente para compensar a doçura residual, os Moscato d’Asti (atenção, não confundir com os espumantes Asti) são um dos vinhos de sobremesa mais curiosos do planeta. Nos dias quentes de Verão que se aproximam são o acompanhamento perfeito para uma tarde no jardim, sentados à sombra a ler um livro, acompanhados por um Ceretto Moscato d’Asti Santo Stefano, um dos meus Moscato d’Asti preferidos.

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 13:32



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Maio 2010

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Comentários recentes

  • Duarte Calvão

    Acho, João Faria, que coloca a questão nos termos ...

  • João Faria

    É verdade que, infelizmente, a mudança ocorrida na...

  • Anónimo

    isso mostra exatamente como você e quem escreve es...

  • Anónimo

    Nos Açores sempre se comeram algas. As famosas "To...

  • Duarte Calvão

    Acho que não leu o artigo do El País com atenção. ...