Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O lado sombrio do vinho

por Rui Falcão, em 21.10.10

 

Sim, para além de todo o romance e encanto que muitos insistem em querer associar ao vinho, existe igualmente, e infelizmente, um lado mais sombrio, uma faceta menos apetecível, traduzível nos rendimentos de verdadeira penúria a que estão sujeitos alguns dos principais actores, os viticultores.

Porque arrecadar entre dezasseis a dezassete cêntimos por quilo de uva, valores que chegaram a ser praticados este ano nas regiões do Dão e Douro, é uma infâmia a que os viticultores não deveriam estar sujeitos. Sobretudo, quando à míngua do preço, se somam os pagamentos tardios… por vezes dilatados mais de um ano após a vindima! Valores tão absurdos que, se alguém fizesse as contas, não conseguiriam pagar sequer os custos da vindima, quanto mais de um ano inteiro de trabalho e tratamentos.

No vinho, nem tudo reluz de alegria e paixão…

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 00:46


1 comentário

Sem imagem de perfil

De dantes eram 40 centimes a 22.10.2010 às 00:27

17 só

Comentar post



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Outubro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Comentários recentes

  • Miguel Pires

    Oops, já corrigido. Agradeço o reparo.

  • Martinho Cruz

    Tudo bem. Vega “Cecília” é que me ultrapassa.....

  • Anónimo

    Esta é uma boa notícia para esta altura do Natal.....

  • Duarte Calvão

    Acho, João Faria, que coloca a questão nos termos ...

  • João Faria

    É verdade que, infelizmente, a mudança ocorrida na...