Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A importância do anonimato

por Miguel Pires, em 24.10.10

 

Foto: wehavekaosinthegarden (o sr do lado já não escreve nesta equipa)

 

Será que vamos ter uma reportagem do Paulo Moura sobre os novos críticos à paisana?

"Os inspectores do fisco têm vindo a sentar-se à mesa de vários restaurantes, em todo o país, para identificar os riscos nestes estabelecimentos. As equipas de inspecção actuam directamente nestes estabelecimentos, sem conhecimento do contribuinte, para observação do negócio. Objectivo: detectar o incumprimento de regras de registo de vendas para determinar, numa segunda fase, auditorias."


 

Já estou a ver a distribuição de tarefas... "hey, eu tenho 20 anos de casa por isso tenho direito a escolher. Quero o Gambrinus e o Olivier" ; "eu sou mais chique e tenho mais qualificações por isso quero o Tavares e o Eleven"; "tu, estagiário, que não te importas de esperar para ser atendido, ficas com os Meninos do Rio e tu aí ao lado que te portaste mal na semana passada ficas com o Suspiro e com o bar da Assembleia da Republica"; "O Gemelli fica a cargo do nosso Primeiro" ; "Ah e verifiquem se o Manel Alegre não anda a vender ao Sobral, sem factura, os robalos que apanha na Foz do Arelho"; "não percam tempo com o leite com chocolate. Isso é só em Janeiro" ; "não se esqueçam de verificar se o nosso presidente pede factura quando vai comer bolo rei à Confeitaria Nacional"; "os palmiers do Chico Careca ficam por minha conta"

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:22


5 comentários

Sem imagem de perfil

De JGR a 24.10.2010 às 10:47

Miguel, sou um grande apreciador da ironia mas não vejo, sinceramente, onde pretende chegar. Não me parece que o problema da fuga ao fisco esteja nesses restaurantes que citou (que pelo nível de investimento que implicam são objecto de inúmeras auditorias) mas em muitos e muitos outros pequenos negócios, restaurantes de vão de escada, que não passam factura nem têm contabilidade minimamente organizada, para já não falar das contribuições para a SS e outras obrigações Se calhar se esses muitos milhares de milhões que são gerados na economia paralela entrassem nas contas do PIB, talvez a história do défice fosse hoje diferente.
Imagem de perfil

De Miguel Pires a 24.10.2010 às 11:33

João,
ontem ao ler esta notícia não pude evitar ficcionar o lado caricato de uma imaginária reunião de distribuição de tarefas entre inspectores do fisco. À boa maneira portuga ', não é difícil imaginar esquemas para justificar despesas
em certos restaurantes mais caros em período de austeridade. Foi esta a situação que procurei satirizar e não se os lugares em questão pagam ou não os seus impostos. Percebo que a leitura que fez seja passível de ser feita por outras pessoas, pelo que aceito o reparo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.10.2010 às 00:50

O método é que está em causa. Agentes secretos? Ando a pagar impostos para isto? Quero é segurança, nas estações de serviço, na minha rua. Coloquem lá os agentes secretos. Isto são resquícios pidescos, legitimados por um Estado hiper controlador.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.10.2010 às 11:09

entretanto, ficámos a saber o seu ranking pessoal dos restaurantes

interessante...
Imagem de perfil

De Miguel Pires a 25.10.2010 às 11:36

Agora apanhou-me caro Anónimo. E eu que não queria que se soubesse que os palmiers do Chico Careca são os melhores...

Comentar post



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Outubro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Comentários recentes

  • Miguel Pires

    Oops, já corrigido. Agradeço o reparo.

  • Martinho Cruz

    Tudo bem. Vega “Cecília” é que me ultrapassa.....

  • Anónimo

    Esta é uma boa notícia para esta altura do Natal.....

  • Duarte Calvão

    Acho, João Faria, que coloca a questão nos termos ...

  • João Faria

    É verdade que, infelizmente, a mudança ocorrida na...