Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pub (quase) Grátis. E ultraperiférica.

por Miguel Pires, em 16.11.11

Não rima com Alberto João mas em compensação é "saborosa e de fácil digestão", refere o press release sobre a campanha que a marca Banana da Madeira lança este mês.  “Este é um conceito forte e foneticamente apelativo (fica no ouvido), que gera curiosidade à volta das propriedades e valores desta banana na medida em que todas as peças de comunicação se focam no que a Banana da Madeira tem de especial.”, explica Jorge Dias, Director-Geral da GESBA / Banana da Madeira, no comunicado. 

 

 


Cientes de que um investimento como este em relação à Madeira é um assunto  sensível no continente, o comunicado presta-se a esclarecer o âmbito da campanha, num tom, diria eu, de complexidade multivitaminado:

 

Em resposta ao concurso público n.º1 GESBA/2011 para a aquisição de bens e serviços para a execução do projecto de promoção e informação do símbolo gráfico das Regiões Ultraperiféricas (RUP) associado à Banana da Madeira, a equipa da Brandia Central desenvolveu um projecto sólido e adequado ao caderno de encargos, tendo como principal objectivo optimizar os recursos disponíveis.”, acrescenta um responsável da agência responsável pelo projecto.

 

Este é um projecto transnacional, que envolve, além da GESBA, a ASPROCAN e UGBPAN, com o objectivo de promover, no âmbito do projecto de divulgação e Informação do símbolo gráfico das Regiões Ultraperiféricas (RUP), as bananas produzidas nas regiões ultraperiféricas de Portugal (Madeira), Espanha (Canárias) e França (Guadalupe e Martinica)”, refere por último Jorge Dias, Director-Geral da GESBA / Banana da Madeira.

 

Hã?! ASPROquê? UGBquê? sinto-me um bocado banana. Importa-se de repetir?

 

P.S. Coincidência ou não, o comunicado é emitido sensivelmente à mesma hora em que 'amigo' cubano, Vítor Gaspar, anunciava em conferência de imprensa, a meias com os membros da troika, que Portugal acabara de assegurar a terceira tranche do empréstimo Eurogrupo/FMI, no valor de 8 mil milhões de euros.  

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:34


2 comentários

Sem imagem de perfil

De João Silva a 20.11.2011 às 09:09

E o mais engraçado, é que em vez de salientarem a importância de um produto que contribui para a economia regional, e por conseguinte nacional, escrevem um post num tom de crítica desnecessária sobre as finanças regionais. Vê-se logo de onde vem as achas para a fogueira.
Imagem de perfil

De Miguel Pires a 22.11.2011 às 02:25

Caro João Silva

Diz que este é "um post num tom de crítica desnecessária sobre finanças regionais". Acha mesmo que o momento para esta campanha é pertinente? Pois eu não acho.

Quanto ao "(...) em vez de salientarem a importância de um produto que contribui para a economia regional", convido-o a dar uma olhada neste post : http :/ mesamarcada.blogs.sapo.pt /363928.html

cumprimentos

Comentar post



Pub


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

PUB


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mesa Marcada - Os 12 Pratos do Trimestre


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Novembro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Comentários recentes

  • Joao Fernandes

    Eu trabalho com mangalitza na Hungria, neste caso ...

  • João Faria

    Há uns tempos deparei-me com uma imagem do marmore...

  • Bruno

    Interessante - moro em Londres e não conhecia o Ta...

  • Duartecalf

    Mais uma boa notícia. É sinal de que a nossa gastr...

  • André

    Já para não falar no efeito pernicioso que esta "g...