Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




(clicar na imagem para aceder à apresentação da reportagem)

 

Passa hoje por volta das 20.45h, na TVI, uma reportagem sobre o peixe português, intitulada: "O Melhor Peixe do Mundo". Para além dos testemunhos de figuras portuguesas do mundo da gastronomia (do nosso Duarte Calvão ao vendedor do conceito, José Bento dos Santos), Paulo Salvador foi aos Estados Unidos e recolheu o testemunho de alguns chefes de topo. O título e o tom da auto-promoção é demasiado propagandístico para o meu gosto mas tal como aconteceu com esta reportagem sobre o festival do Vila Joya, Paulo Salvador é um jornalista que já deu provas de fazer bons trabalhos sobre o assunto. A não perder. 

 

Este post foi editado no dia 12 Janeiro para colocar o link da reportagem que entretanto foi disponibilizada online (aqui)

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:25


14 comentários

Sem imagem de perfil

De Samuel Freire a 09.01.2012 às 20:42

Não é lá muito bonito dizer mal do trabalho dos outros, mas a "promo" tem dois problemas. O primeiro é bastante grave em jornalismo: não cabe ao redactor da notícia dizer que o peixe que se pesca em Portugal (que é bastante diferente de se dizer "peixe português") é o melhor ou pior do mundo, além de ser manifestamente uma hipérbole. O segundo é o que o Bento dos Santos está literalmente amarelo na imagem. Depois há som deficiente, mau grafismo, enfim, a amostra não é boa.
Imagem de perfil

De Miguel Pires a 10.01.2012 às 02:55

Acabei de ver a reportagem e gostei do trabalho do Paulo Salvador. O jornalista da TVI não se ficou pelos testemunhos mais institucionais ou das partes interessadas no negócio. Fez-se à estrada (ou ao mar, neste caso) e foi recolher testemunhos de um investigador ligado à universidade (supostamente isento) e, também, de quem trabalha no dia a dia a matéria prima: os chefes de cozinha.
Para contrabalançar o natural fervor patriótico de certos testemunhos, e dar maior credibilidade ao tema, procurou o testemunho de chefes/restaurantes estrangeiros de renome mundial, como Eric Ripert do Le Bernardin (3 estrelas em Nova Iorque) ou do chefe executivo do Per Se, de Thomas Keller . Ainda neste campo Vincent Farges , da Fortaleza do Guincho, um chef muito respeitado por cá, fez também apologia do peixe da nossa costa, tal como um vendedor de um supermercado importante de Madrid. Mas o que tornou ainda tudo mais convincente foram as imagens dos belíssimos exemplares de peixes que mostrou - e olhem que eu que já estive num daqueles lugares (lota de Sagres) com uma daquelas pessoas (Pedro Bastos). Definitivamente o peixe da nossa costa é de excelente qualidade. Se é o melhor do mundo, isso já é mais uma questão de marketing.
Parabéns, caro Paulo.
Sem imagem de perfil

De Miguel Andrade a 10.01.2012 às 10:12

Gostei da reportagem e da forma como o Paulo a conduziu.

Contudo, gostava de referir algumas coisas em relação à reportagem:

1) Pena que só agora o país esteja a acordar para a agricultura e para a pesca. ("Mais vale tarde do que nunca"). Uma das maiores riquezas da economia portuguesa está na pesca e na agricultura e não (como quiseram alimentar e copiar) nos serviços.
2)É lamentável as condições actuais dos pescadores. Apesar de se dizer que a pesca é artesanal e, por isso, é melhor, é pena que grande parte dos lucros vai para as empresas que exportam e muito pouco ou quase nada vai para os pescadores. As condições que vivem os pescadores ainda são degradantes.
3)Só espero que a afirmação do mercado da pesca do peixe português, a nível mundial, não interfira nos preços praticados a nível nacional.
4)Deve existir maior fiscalização nos mares portugueses para que outros países não venham capturar em grande massa nos nossos mares.
Sem imagem de perfil

De António Moura a 10.01.2012 às 13:01

Que temos belo peixe em Portugal, penso que todos sabemos.
Mas será que respeitamos este tesouro?

Nós gostamos de comer peixe “em bruto”, em quantidade.
Outros trabalham o peixe, acrescentam valor e com o mesmo peixe facturam muito mais.

Assim, não nos admiremos que o melhor peixe vá todo parar a outros países.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.01.2012 às 16:54

Penso que como reportagem, ficou a baixo das expectativas, mas tem o enorme mérito de levantar este tema e espero que abra a cabeça de empreendedores portugueses, para as muitas oportunidades que se abrem.
É de facto uma enorme oportunidade para o país explorar este posicionamento!
Sem imagem de perfil

De Valter Costa a 10.01.2012 às 22:41

É este tipo de pesca que temos de continuar a fazer. Só assim os nossos recursos se aguentam por mais tempo devido à pesca do anzol ser selectiva. Eu vou continuando a apanhar uns peixes desses sempre que eles querem ir ao meu anzol!
Sem imagem de perfil

De João a 11.01.2012 às 08:35

Em geral gostei, mas fiquei com a sensação de que não era o formato correcto, havia ali matéria prima para outro tipo de reportagem mais longa e aprofundada.

Link: http://www.tvi.iol.pt/mediacenter.html?mul_id=13553409
Imagem de perfil

De Miguel Pires a 12.01.2012 às 02:31

Entendo-o mas pondo os pratos na balança penso que será melhor (em termos de divulgação) esta versão mais curta em prime-time com a possibilidade de chegar a 1 milhão de pessoas ou uma mais completa emitida às 02h para 100 mil pessoas.
Imagem de perfil

De Miguel Pires a 12.01.2012 às 03:41

João

obrigado por ter deixado o link para a reportagem. Vou editar o post e colocá-lo lá
Sem imagem de perfil

De Paulo a 12.01.2012 às 14:50

Pergunta: isto é uma reportagem ou uma acção de RP ao livro homónimo de Bento dos Santos?
Imagem de perfil

De Miguel Pires a 12.01.2012 às 15:33

Penso que Bento dos Santos é o 'pai' do conceito e da campanha do melhor peixe do mundo e é natural que tenha tido um papel mais influente na reportagem do que ter aparecido apenas a dar o seu testemunho. Daí a insinuar que possa ser uma acção de RP para vender um livro, parece-me abusiva. Já agora, pode-me dizer que livro é esse?
Sem imagem de perfil

De Paulo a 13.01.2012 às 09:23

Não é uma insinuação Miguel. É uma pergunta perfeitamente legítima, como o será uma acção de relações públicas de Bento dos Santos para criar awareness para o seu livro.
E não veja na minha pergunta qualquer pingo de maldade: programa e livro só vêm contribuír para a valorização do nosso peixe e do nosso património gastronómico.
Quanto ao livro, chama-se "O melhor peixe do Mundo", e o conteúdo é absolutamente idêntico ao deste programa. Tem a componente científica e a componente gastronómica, com testemunhos e receitas de conceituados chefs nacionais e estrangeiros. A matéria prima é sempre o peixe capturado nas nossas águas.
Cumprimentos.
Sem imagem de perfil

De Paulo a 13.01.2012 às 09:31

(cont)

Retirado de um artigo de Alexandra Prado Coelho, no Publico, a 19/11/2011:

"...0 melhor peixe do mundo: é uma aposta que teve já um impacto significativo a nível internacional, garante Bento dos Santos. Em breve será editado um livro, em português e inglês, em que chefs conhecidos como Joan Roca ou Ferran Adrià "afirmam que Portugal tem um peixe absolutamente excepcional"."
Imagem de perfil

De meu.blogs sapo.pt a 14.08.2013 às 17:03

os talheres que estao postos na mesa dos quais nos servimos so servem para comer do nosso prato nunca para nos servirmos das travessas de onde outras pessoas se vao servir peço desculpa mas e assim que manda a educaçao

Comentar post



Pub


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

PUB


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mesa Marcada - Os 12 Pratos do Trimestre


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Comentários recentes

  • Alexandre Silva

    O que está a dar, é o que não está a dar! Fico esp...

  • Jorge Guitian

    Uno más para la agenda de la próxima visita a Lisb...

  • Joao Fernandes

    Eu trabalho com mangalitza na Hungria, neste caso ...

  • João Faria

    Há uns tempos deparei-me com uma imagem do marmore...

  • Bruno

    Interessante - moro em Londres e não conhecia o Ta...