Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Eu hoje só queria fazer tricot...

por Paulina Mata, em 16.03.12

Duas semanas de aulas que são dadas em bloco. Quatro horas por dia. Muitas horas a falar sobre comida (não posso deixar de pensar que sou uma privilegiada: pagarem-me para isso - apesar de muito menos do que há dois anos… que o patrão não saiba… mas eu até o fazia de borla se pudesse). Muitas mais horas a pensar em comida, a ler sobre comida e a sua ciência (um pouco irracional… mas começar uma cadeira, mesmo quando já a dei vários anos, deixa-me sempre muito nervosa, um nervoso que só acalma com muitas horas de preparação…). Algumas visitas de estudo, parte delas à volta de uma mesa… Foi bom, mas estou exausta! Cheguei a casa e decidi que hoje só pegava no tricot e não queria saber mais de comida…

 

Mas chega a hora do jantar… vou ao congelador espreitar o que há. Umas doses de Aji de Gallina.  Quando faço, faço logo um frango inteiro. Dá para guardar várias doses. É saboroso, é cremoso, é exótico, eu adoro aquilo!

 

 

Sento-me… e revejo muitos jantares num restaurante de Lisboa que contribuiu muito para me abrir os horizontes – a Casa de Pasto Flor da Castilho. Muitas vezes comi a Galinha de Lima, com que sonhei durante anos, depois de ter fechado. Que descobri um dia ser um prato peruano que se chamava Aji de Gallina, e que mais tarde descobri também no livro do Jorge Vale “4 Estações na Casa da Comida”. E fico ali, de tricot na mão, mas elas não se mexem… fico a pensar no espaço do restaurantes, na empada de aves, num empadão de arroz recheado com uma carne estufada e desfiada de que eu não sei o nome, nem a receita… mas gostava! Vou buscar o livro do Jorge Vale para ver se encontro a receita… parece que não.

 

Na Flor da Castilho a Galinha de Lima era servida com arroz branco, mas disseram-me que tradicionalmente o Aji de Gallina é servido com batata cozida e ovo cozido. É assim que vou comer, mas com batata “assada” no micro-ondas. A energia não dá para mais e eu gosto delas, ficam mais secas, com um sabor mais forte.

 

Ponho o ovo a cozer. Lembro-me que a minha filha me mandou há tempos um link para a  Uncyclopedia com uma brincadeira sobre ovos cozidos, sobre a forma como as mais famosas estrelas dos programas de cozinha da TV em Inglaterra ensinariam a cozer ovos. Não é tarefa simples… ”Não sei nem cozer um ovo…” era assim que começava  o primeiro artigo que escrevi para o Boa Vida do DN em 2004, a primeira coisa que escrevi sobre comida num jornal…

 

 

Enquanto os ovos cozem, leio "HowTo: Boil an egg" na Uncyclopedia, estava há que tempos à espera de oportunidade. Uma boa sessão de riso depois volto ao ovo. Não sei se está perfeito.. mas soube bem o jantar!

 

Com um chá na mão, mais recordações e emoções, e sobretudo mais leituras do que queria hoje, volto para a sala. Antes de me sentar uma espreitadela ao Mesa Marcada. Perdida por cem… perdida por mil… há que tempos que não escrevo… saíram, assim de enxurrada, estas linhas. Um pouco confusas, acho, mas hoje estou assim…

 

É hora de me dedicar mesmo ao tricot!

Aqui fica a receita que faço, não é nenhuma das que encontrei, é uma mistura de várias:

 

Aji de Gallina

 

1 frango

2 colheres de sopa de óleo

1 cebola grande, finamente picada

2 dentes de alho, picados

1 malagueta, sem as sementes e picada

125 g de miolo de pão (sem côdeas)

100 g de nozes picadas

50 g de queijo parmesão ralado

½ lata de leite evaporado

½ colher de chá de açafrão das indias (curcuma)

1 colher de chá de cominhos

sal, pimenta e piri-piri

 

1 - Coza a o frango em água temperada com sal (se desejar junte 1 cebola, 1 cenoura, 1 ramo de salsa ...)

2 - Coe a água da cozedura com um passador de rede e reserve-a. Retire a pele e ossos do frango e desfie-o bem.

3 - Num tacho frite no óleo a cebola, o alho e a malagueta até que comece a alourar.

4 - Entretanto ponha de molho o miolo de pão em cerca de meio litro da água da cozedura do frango e desfaça-o bem.

5 - Junte o pão à cebola e deixe cozer cerca de 5 a 10 minutos mexendo de vez em quando.

6 - Junte então o frango desfiado, as nozes e o queijo e mexa bem. Junte o leite evaporado e um pouco mais de caldo da cozedura do frango, se necessário, para adquirir a consistência desejada. Deixe em lume brando alguns minutos a fervilhar, mexendo de vez em quando, para apurar.

7 - Entretanto tempere com o açafrão das indías, os cominhos, piri-piri a gosto, sal e pimenta.

8 - Sirva com batatas cozidas com pele, ovos cozidos e azeitonas, como é tradicional no Peru, ou então com arroz branco.

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:30


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Mafalda Santa Marta a 18.03.2012 às 23:47

É por isto mesmo que sempre a achei especial, porque não é linear. Tal qual como as suas aulas na Cozinhomania, que tive há muitos anos, mágicas e especiais. Ensinou-me tantas coisas com uma enorme alegria, transmitiu-me receitas maravilhosas e sempre de uma maneira única
Imagem de perfil

De Paulina Mata a 19.03.2012 às 18:08

Olá Mafalda

Que saudades... de vez em quando ainda vou dando algumas aulas lá, mas poucas. Mas gosto muito! Fico sempre bastante nervosa antes, mas adoro o durante. E em geral o ambiente é muito agradável. Fico contente por saber que as aulas de alguma forma foram úteis.

Muito obrigada!
Sem imagem de perfil

De leonorsousabastos a 19.03.2012 às 01:54

Paulina, devia estar assim mais vezes. Adorei ler o seu texto, muito genuíno.

Beijinhos
Imagem de perfil

De Paulina Mata a 19.03.2012 às 18:04

Obrigada, Leonor.
Sem imagem de perfil

De Helena Muelle a 27.03.2012 às 23:17

Olá Paulina, também gostei muito de ler, continua a escrever por aqui por favor!
Eu gosto imenso de ají de gallina , o "peruano" cá de casa não faz, porque diz que lhe faltam os ingredientes adequados... Depois de ver a tua receita, apetece-me fazer amanhã! Bjs

Comentar post



Pub


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

PUB


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mesa Marcada - Os 12 Pratos do Trimestre


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Março 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Comentários recentes

  • Joao Fernandes

    Eu trabalho com mangalitza na Hungria, neste caso ...

  • João Faria

    Há uns tempos deparei-me com uma imagem do marmore...

  • Bruno

    Interessante - moro em Londres e não conhecia o Ta...

  • Duartecalf

    Mais uma boa notícia. É sinal de que a nossa gastr...

  • André

    Já para não falar no efeito pernicioso que esta "g...