Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Notas soltas de Londres

por Miguel Pires, em 03.05.12

 

Fazia tempo que não vinha a Londres. Cinco anos ou mais. Londres não está mais cara desde a minha última vez. Nós é que estamos mais pobres.

 

**

 

Há espanhóis em barda a trabalhar nas principais cadeias de fast-healthy-light-porrige-açaí-fresh rostead coffe-food. Num desses locais, o Pret-a-Manger, ( mas poderia ser o Caffè Nero, o Costa, o Eat, ou o Starbucks ) faço conversa de circunstância com o empregado da caixa. Chama-se Eloi, como se pode ler na placa que traz ao peito. "Brasileiro?", pergunto. "No, español", responde. "Vêm-se muitos espanhóis a trabalhar em cafés", comento.. " Hombre és lá economia", diz-me, enquanto emite um som em estilo de banda sonora melodramática, reforçando com um gesto no sentido descendente. A economia espanhola está a afundar, quer dizer o Eloi. Pago e despeço-me sem lhe dizer que sou português - não fosse ele ter visto um reality show chamado "1 de Maio no Pingo Doce".

 

photo 2.JPG

Estou em Kew Gardens, em casa de um amigo. No pub junto à estação, onde escrevo estas notas, come-se uma boa sandwich club (e as chips walker's com sal e vinagre são um junk vício) . Não se deve viver mal, neste bairro da zona Oeste, a ver pelos Jaguares, Mercedes e Aston-Martins que encontro por aqui. Vêm-se boas casas misturadas-se com pequenos blocos de apartamentos de classe média (como o em que me encontro) e os carros ficam à porta ou no interior (com os portões abertos) de casas de perfil típico londrino, com janelas grandes, relvado em frente, muros baixos ou nem isso. Nao vi uma única em condominio fechado,, nem com vedação ou grades de segurança. Custa a crer que ainda há poucos meses varias zonas da cidade foram devastadas por tumultos que resultaram numa escala de vandalismo sem precedentes.

 

**


Na Terça-feira almocei no Ledbury, para a critica da Wine do próximo mês. Fiz a reserva duas semanas antes e tive pontaria. No dia anterior este restaurante do Chef australiano Brett Graham registara a maior subida na lista dos 50 Melhores do Mundo, entre os restaurantes que faziam parte da mesma no ano anterior: passara de 34° para 14° lugar. Foi uma óptima refeição, digna de um duas estrelas michelin. Quanto ao lugar na lista...é discutível.

 

 **

Também almoçava por lá, nesse dia, a jornalista e blogger Alexandra Forbes. Por estes dias Londres é uma cidade pequena.

 

**


No Ledbury descobriram o que fazia. Ainda antes de começar a fotografar os pratos ou a fazer perguntas. Pelo vistos googlam a lista de reservas. É mais comum do que julgava. Já tinha presenciado isso numa reunião de briefing que o Rene Redzepi me deixou assistir no Noma. Ora se o Redzepi pedia um "double eye on them", referindo-se a dois jornalistas belgas que lá jantariam nessa noite, porque é que no Ledbury não dariam importância a um jornalista português. Parece surreal, mas é verdade. Sim, paguei a conta, mas tive direito a mais dois ou três pratos. Ah e a uma mesa em que a luz era perfeita para tirar fotografias. Coincidência? Talvez.


photo 3.JPG

 

 

Deve ter sido o melhor pairing de vinhos que já me fizeram num restaurantes (calma, paguei e foram os mesmos vinhos a que tiveram direito todos os que o pediram com o menu do dia ou com o de degustação). Vinhos da Nova Zelândia, da África do Sul, de Espanha e um incrível Barbera d'Alba, a acompanhar um fantástico e potentíssimo lombo de veado fumado com pedaços de tutano em cima.

photo 4.JPG

 

O almoço do Ledbury foi uma espécie de recompensa pelo stress desse dia. Nessa manhã ligaram-me do Público a dizerem-me que era muito mais interessante ter o texto dos 50 Melhores Restaurantes do mundo publicado no dia seguinte, em vez de esperar pelo Fugas de Sábado. E, já agora, em vez de 3000 caracteres (2 colunas) sugeriam que escrevesse 7000 (2 páginas). What?! Sem internet em casa?! Olha...afinal consegui.

 



Mesa Marcada em Londres com o apoio da TAP

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:36


4 comentários

Sem imagem de perfil

De MM a 04.05.2012 às 01:14

Para os interessados:
Anthony Bourdain No Reservation: Lisbon

http://www.novamov.com/video/39f191c19e1c3
Imagem de perfil

De Artur Hermenegildo a 04.05.2012 às 10:36

A propósito do pairing de vinhos no Ledbury, foi aí que o escanção recomendou à Luísa para o prato de porco o Preto Branco - um Bairrada da Dão Sul, muito bom, ao qual por cá ninguém liga nenhum e é aliás bastante difícil de encontraar (custa cerca de 10 euros, quando se encontra)
Sem imagem de perfil

De Miguel Capitao a 09.05.2012 às 09:57

O nome do restaurante e Ledbury (em vez de Ledburry como esta escrito)
Imagem de perfil

De Miguel Pires a 09.05.2012 às 10:12

Obrigado, já corrigi.

Comentar post



PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

PUB


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Maio 2012

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Comentários recentes

  • Paulina Mata

    Tenho pena mas não vou poder ir. O ano passado val...

  • Duarte Calvão

    Julgo que sim. No final do post há um link que rem...

  • João Almeida

    Duarte,E quem pode participar? Porque é que é só p...

  • João Gonçalves

    Muito interessante. Reconheço que me sinto ignoran...

  • Anónimo

    Só para esclarecer que este comentário é meu. Artu...