Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




No Reservations - Bourdain em Lisboa

por Miguel Pires, em 07.05.12

Anthony bourdain bem que avisou que não vinha a Lisboa fazer um bilhete postal. Ok, mas não precisava de puxar pelo lado mais escuro da cidade e do país (Salazar, ditadura, crise, crise e mais crise). Ainda assim gostei. Não evita um ou outro lugar (ou neste caso imagem) comum mas também há que reconhecer o mérito de mostrar pessoas e lugares que muitos lisboetas desconhecem. 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:34


44 comentários

Imagem de perfil

De Paulina Mata a 07.05.2012 às 20:03

Miguel

Da nossa boca só sai o que quisermos. E se houver uma mensagem para transmitir é bem possível dar a volta e transmiti-la. Se o que queriam era fado, fatalidade... eles só tinham era que não ir nessa. Ninguém obrigou a comparar com a Grécia... A generalidade dos interlocutores (com algumas excepções) foram mesmo muito maus e ninguém os obrigou a dizer aquilo certamente. Acho que se se aceita participar numa coisa daquelas há que se preparar bem antes. Não fazer aquilo de forma amadora, displicente, assumir que está ali num jantar de amigos. Os melhores improvisos são os que são bem preparados. É um facto. Quando se vai para uma coisa destas, em que o que está em causa vai bem para além da nossa imagem, há que preparar bem as coisas. Aliás deveria ser um trabalho de equipa, que não sei se houve previamente, mas sinceramente não parece. É que se foi, a mensagem escolhida para transmitir foi bem infeliz. Se não foi, é igualmente grave.

Várias pessoas fora destes meios já me falaram do filme e toda a gente critica a imagem que os companheiros de jantar do Anthony Bourdain transmitiram. Fazer as coisas assim não dá... estas coisas são para ser bem pensadas e ser feitas de uma forma profissional, não para ser engraçadinho ou abrir a alma. Quem aceita participar numa coisa destas tem que o fazer a sério, de uma forma profissional, tem que se preparar, tem que saber o que vai ali fazer e esforçar-se por fazê-lo bem.
A oportuidade está perdida, a imagem já passou para meio mundo. Mais uma vez negativa, de gente a olhar para o passado, de braços caídos... e nós não somos aquilo. Fossem qual fossem as questões ou a conversa, não me parece que fosse difícil levar a conversa para outro lado, apresentar outro tipo de argumentos.

Sem imagem de perfil

De PedroCG a 08.05.2012 às 19:42

Paulina,

Eu acho que nós somos aquilo. Ou melhor, nós também somos aquilo. Tiradinhos de um dos romances do Lobo Antunes. Quanto à preparação prévia e à oportunidade perdida: sim e não. Ou seja, aquele não era um programa nem da Associação de Turismo de Lisboa nem da Academia Portuguesa de Gastronomia - é de uma produtora americana que "só" vê o lado pitoresco da coisa, aquele que lhe pode trazer audiências e que é feito de acordo com o que é provável que as audiências esperem e com a nível cultural das mesmas. Logo, do ponto de vista das mesmas, ter um escritor de méritos internacionais a mencionar que o Salazar mantinha o preço da heroína mais baixo do que o do tabaco porque deixava o povo sem vontade de protestar, é engraçado e fica bem. Já as menções ao Salazar são consequência da obsessão ideológica do Bourdain - o programa de Moçambique falou de colonialismo português e do... Salazar do primeiro ao último minuto. Quanto à "responsabilidade social" dos participantes... foram sinceros! Teriam feito melhor se fossem propagandísticos? Pedir-lhes isso não será o mesmo que pedir ao Lobo Antunes para escrever histórias mais positivas porque está em jogo a imagem do país? Poderia a entidade que forneceu os contactos e as referências ter indicado outras personagens? Poderia. Seriam mais genuínas? Para mim fariam o mesmo papel que os nossos governantes fazem quando dizem que a retoma é uma questão de meia dúzia de meses: ficará bem nas televisões estrangeiras mas é tão verdadeiro como um tomate português em Janeiro.

Comentar post



PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

PUB


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Maio 2012

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Comentários recentes