Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A paixão é essencial! E vê-se nos olhos...

por Paulina Mata, em 05.07.12

 

No domingo passado fui à Quinta do Poial. Os legumes da Maria José já conhecia. Não era possível não conhecer. Mas tinha curiosidade em vê-los na terra e ter a oportunidade de os apanhar, os cozinhar e os comer com um grupo de pessoas que gosta destas coisas. Era uma oportunidade que não podia perder.

 

Foi dum dia fantástico, mas o me marcou mais, foi o brilho nos olhos da Maria José quando fala dos seus legumes. Encontrar pessoas que fazem as coisas com paixão é um privilégio. E a Maria José faz. E os seus legumes demonstram-no.

 

Algumas (poucas) das mais de 40 variedades de tomate da Quinta do Poial:

 

.

.
.
.

 

Os tomatillos, também chamados tomates verdes e que são um elemento base da cozinha mexicana. De facto não são tomates, mas da família da physalis. Neste caso foram transformados pelo Tomoaki Kanazawa num óptimo molho de tomatillos e azedas.

 

.
.
As chagas, o mangericão tailandês. A Maria José cultiva mais de 100 produtos diferentes.
.
.

 

Um feiijão que nunca tinha visto

 

 

 E outros legumes que comemos:

 

.

 

O destino que demos a umas  lindas flores de curgete:

 

.

 .

Os preparativos para o almoço:
.
batatas ratte e vitelotte
.
.
crumble de ruibarbo
.

 

e a tomatada do Diogo Noronha

 

.
Os produtos finais:
.
.

 

 .

 .

 e o meu prato:

.

.
Delicioso!
.
Obrigada Maria José! Que venham mais dias assim...

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:19


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.07.2012 às 13:47

aquilo são morangos com flores de alfazema por cima? genial
adoro quande se apanha os tomates vê-se que tem aquela coisa à superfície que deixa as mãos sujas (que removem isto e perde a sua graça na agricultura convencional).
tb gostei das maçarocas de milho julgo eu que são,
cumps
Sem imagem de perfil

De Isabel O. a 05.07.2012 às 15:36

Estava a morrer por ver umas fotografias melhores que as minhas...

E o sabor de tudo aquilo?... Maravilhoso.
Sem imagem de perfil

De Maria José Macedo a 05.07.2012 às 22:01

A generosidade própria da vida que se expõe, proporciona os prazeres da descoberta, o encantamento, alguma paixão, confesso. Mas é o olhar humano que confere brilho à paixão. Espelhos a multiplicar a intensidade do fazer. Obrigada
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.07.2012 às 22:35

Eu, que ando mortinha por arranjar batatas roxas (até trouxe do Peru umas batatas lindas roxas mas que foram uma desilusão quanto à produção)e a Maria José tem batatinhas Vitelote...

Comentar post



PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

PUB


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Julho 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Comentários recentes

  • João Gonçalves

    Muito interessante. Reconheço que me sinto ignoran...

  • Anónimo

    Só para esclarecer que este comentário é meu. Artu...

  • Marcus

    Esperimente passá-las em farinha de arroz. Elas fi...

  • Miguel Pires

    Pois, eu gosto de comparar e de tirar ilações, sob...

  • Miguel Pires

    Anónimo?