Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Um novo local em Lisboa para aprender a cozinhar

por Duarte Calvão, em 18.10.12

Béatrice Dupasquier (terceira a contar da esq.) vai ensinar pastelaria

 

Hugo Campos é um gastrónomo cultíssimo e há mais de 30 anos que se dedica profissionalmente ao assunto, sobretudo através da fotografia e da produção de receitas; Neste momento, o seu trabalho pode ser visto semanalmente no Fugas, suplemento do Público, ou ainda em diversas publicações do Grupo Impresa, onde dá apoio à área de culinária. Sendo amigo dele há bastantes anos, sei também, por agradabilíssima experiência própria, que é um excelente cozinheiro e as refeições que prepara são melhores do que 99% das que se encontram por aí, nos restaurantes lisboetas. Por isso, é bom saber que Hugo Campos decidiu dedicar uma parte da sua bela casa no Bairro Alto, numa esquina entre a Trav. André Valente e a Rua do Século, quase a chegar à Calçada do Combro, a um “laboratório de cozinha” muito bem equipado, num projecto chamado de Feedme, onde amadores poderão aprender a cozinhar com ele e com vários chefes profissionais de renome.
Entre estes nomes, vamos encontrar Beatrice Dupasquier, especialista em pastelaria no Atelier Praline (Rua do Poços dos Negros, 51, Lisboa), Anna Lins e Paulo Morais, Ljubomir Stanisic ou os alentejanos António Nobre e José Júlio Vintém. Hugo Campos espera que outros se juntem, dando workshops de temática, duração e preço definidos por eles. O número de vagas deverá oscilar entre as 10 e 12 pessoas.

Paulo Morais continua debruçado sobre as cozinhas asiáticas


As inscrições são realizadas através do site www.feedme.pt (que deverá estar operacional neste fim-de-semana) ou do tm. 96 1378831, mas o primeiro curso, marcado para dia 26 de Outubro, já tem as dez vagas preenchidas. Será sobre foie gras e terá Patrick Mignot como professor. No dia 30, Hugo Campos iniciará o primeiro de cinco módulos explicando bases de cozinha, mas também manuseio de equipamentos, noções de higiene e segurança, escalas de aromas, etc. A ideia, segundo ele, mais do que ensinar receitas, é dar ferramentas para as pessoas poderem criar os seus pratos. O custo total dos cinco módulos é de 150 euros, incluindo a prova no fim de cada sessão do que foi preparado, acompanhado por vinhos.
O Feedme, que tem a enorme vantagem de estar a dois passos do silo de estacionamento da Calçada do Combro, tem equipamentos fornecidos pela Míele e conta com vários apoios, entre os quais do Governo Regional dos Açores no fornecimento de peixes. Lá funcionará também uma pequena “loja”, só para os alunos, onde se poderão comprar a preços de custo artigos de cozinha da empresa portuense César Castro, chocolates, foie gras e outros produtos.

Com Ljubomir Stanisic, seja qual for o tema da aula, o ambiente é sempre de festa...

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:39



PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

PUB


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Outubro 2012

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Comentários recentes

  • Paulina Mata

    Tenho pena mas não vou poder ir. O ano passado val...

  • Duarte Calvão

    Julgo que sim. No final do post há um link que rem...

  • João Almeida

    Duarte,E quem pode participar? Porque é que é só p...

  • João Gonçalves

    Muito interessante. Reconheço que me sinto ignoran...

  • Anónimo

    Só para esclarecer que este comentário é meu. Artu...