Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Tomba Lobos, em Portalegre, acaba de encerrar portas. Após dez anos, o chefe José Júlio Vintém decidiu fazer as malas e partir para o Recife, capital do estado brasileiro de Pernambuco, onde deverá abrir um restaurante ainda no primeiro semestre de 2013. “Não se trata de uma falência, não deixo dívidas, e o restaurante até ia funcionando. Mas estou farto de andar a trabalhar para o Estado, sem apoios, nem sequer do poder local, e quero dar um futuro melhor aos meus três filhos”, disse o José Júlio Vintém, de 40 anos de idade, ao Mesa Marcada.
O nome do restaurante recifense do chefe alentejano já está escolhido, “Vintém”, mas o espaço ainda não. “A cozinha pernambucana tem vários pratos semelhantes aos nossos. Por exemplo, a buchada deles é o nosso bucho recheado, o sarapatel é a sopa de cachola, a rabada é o rabo de boi estufado, a feijoada tem carnes parecidas, adoram bacalhau, usam chambão, embora lhe chamem ossobuco, à italiana. Gostam muito dos nossos vinhos. Acho que não vou ter dificuldades em me adaptar, até porque eles têm produtos fantásticos em Pernambuco, como é o caso de borrego”, considera José Júlio Vintém que avança para o novo projecto com um sócio brasileiro e outro português.
Apesar de desgostoso com a actual situação do País, José Júlio Vintém garante que vai manter a ligação a Portugal, vindo cá várias vezes, e faz um balanço positivo dos dez anos de Tomba Lobos. “Cheguei tarde à decisão de ser cozinheiro profissional, mas hoje acho que jamais deixarei de ter um restaurante, seja em que lugar do mundo for. Aprendi nestes anos como se gere o negócio e desenvolvi a minha visão da cozinha. Só tenho pena de sermos tão maltratados em Portugal pelos poderes públicos, como se fossemos nós os responsáveis pela economia paralela, como se andássemos todos a praticar fraudes…Talvez um dia o Estado português perceba a importância para o País de ter bons restaurantes”, conclui.
Termina assim a história de um restaurante que marcou bastante a actual cozinha regional portuguesa, nomeadamente a alentejana, o que mostra também que é cada vez mais difícil manter bons restaurantes afastados dos grandes centros urbanos, longe dos itinerários turísticos. Só se pode desejar o melhor a José Júlio Vintém, um dos nossos mais talentosos chefes, grande conhecedor dos produtos da sua terra, e esperar que um dia ele volte, quando os ventos soprarem mais de feição.

 

Nota: fotografia do Diário de Pernambuco, tirada quando José Júlio Vintém participou num festival gastronómico local, significativamente chamado “Recife te quer”…

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:44


12 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro Aragão Freitas a 29.12.2012 às 15:53

A questão que se põe é: qual será o próximo agora?
Sem imagem de perfil

De José Moreira a 31.12.2012 às 14:24

Foi este: http://www.facebook.com/penaltiwinetasting

E vão-se perdendo assim.
Sem imagem de perfil

De casasdobragal a 29.12.2012 às 17:47

Que miséria! É com profunda tristeza que leio esta notícia. E tem toda a razão,o J.J.Vintém! O país não o merece... E haverá mais,infelizmente!
Sem imagem de perfil

De Carlos Alexandre a 04.06.2014 às 21:15

Pelos vistos, o país voltou a merecê-lo, ou será que o Brasil já não o merece?
Sem imagem de perfil

De Goncalo D. a 29.12.2012 às 18:04

Para quem nao conhece a cozinha do jose julio esta noticia pode parecer indeferente mas trata-se de um dos grandes cozinheiros portugueses que nao teve o devido reconhecimento em portugal.
Ainda guarda na memoria uma empada de cabidela que comi em Portalegre, absolutamente divinal!!!!
So tenho pena que se va embora porque agora vai ser mais complicado desfrutar dos seus pratos mas pode ser que ainda passe no recife para lhe fazer uma visita.
Desejo a maior sorte para este novo projecto e espero que o recife lhe de o valor que ele merece e encha o seu restaurante.
Boa sorte jose julio!
Sem imagem de perfil

De padrinho a 02.01.2013 às 22:08

das melhores refeições que já tive e só não teve o reconhecimento devido porque não estava em Lisboa
Sem imagem de perfil

De claudemir a 03.01.2013 às 01:18

Não tenho dúvida do sucesso e da capacidade desse fantástico Chef. Seja bem vindo. Ganha Brasil, perde Portugal. Lamentável
Sem imagem de perfil

De Jorge G a 08.01.2013 às 22:56

Moro no Recife e só posso dizer que 2013 será mais saboroso...
Alguns vêem, outros vão e, menos mal, estamos a 7h e meia de Lisboa. Sejam bem-vindos!
Sem imagem de perfil

De André Miguel a 13.01.2013 às 12:06

Estava em Portugal de férias e preparava-me para lhe fazer (mais) uma visita quando recebi a notícia nas vésperas. Foi um choque, pois tratava-se do meu restaurante preferido. Como Alentejano fiquei de rastos. É triste.
Sem imagem de perfil

De Pedro Aragão Freitas a 14.01.2013 às 00:53

Gemelli também fecha...
Imagem de perfil

De Miguel Pires a 14.01.2013 às 01:26

Mais uma má notícia. :/
Sem imagem de perfil

De Richard Mayson a 16.01.2013 às 22:24

Tenho imensa pena que fechou Tomba Lobos, um dos melhores restaurantes no Alentejo. Portalegre e Portugal faz falta este tipo de gastronomia.

Comentar post



PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

PUB


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Dezembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Comentários recentes

  • João Gonçalves

    Muito interessante. Reconheço que me sinto ignoran...

  • Anónimo

    Só para esclarecer que este comentário é meu. Artu...

  • Marcus

    Esperimente passá-las em farinha de arroz. Elas fi...

  • Miguel Pires

    Pois, eu gosto de comparar e de tirar ilações, sob...

  • Miguel Pires

    Anónimo?