Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Douro Boys sem maneiras, mas só até Sábado

por Miguel Pires, em 24.01.13

Começou na segunda-feira e vai até Sábado o menu que os chefs do 100 Maneiras/Bistro 100 Maneiras, Ljubomir Stanisic/João Simões, fizeram para acompanhar os vinhos dos Douro Boys, no Bistro 100 Maneiras. Tive a oportunidade de estar no jantar que reuniu anteontem a imprensa e deixo aqui umas breves notas, de um jantar que decorreu num ambiente agradável e bem descontraído

photo 1.JPG

Carpaccio de vieira com espinafres, avelã e couve-flor

foi o meu prato favorito da noite. É um bom exemplo de uma proposta contemporânea que reune várias qualidades: personalidade, boa confecção, sabor, texturas e apresentação. 
photo 2.JPGCristiano Van Zeller (com Nuno Faria, da casa): produtor icónico do Douro e, como se não bastasse, um óptimo contador de histórias. É o tipo de pessoa que queremos ao nosso lado (ou à nossa frente, como foi o caso). Com ele nunca teremos o Homer Simpson a segredar-nos virtualmente ao ouvido a sua expressão favorita (booooooring!)
photo 3.JPGCuscuz transmontano de peixe e marisco

Gosto da utilização de outros cereais, como a cevada (orzo), por exemplo, quando cozinhados como um risoto e, por isso, apreciei estes cuscos (feitos a partir do trigo), confeccionados dessa forma. Foi um prato de comfort food diferente cuja ligação com robalo e lavagante me pareceu feliz, ainda que o picante escondesse um pouco um dos vinhos servidos, o Redoma Reserva 2010. Gostei também do pregado corado que foi muito bem com os legumes grelhados e molho de funcho - legume cujo o sabor parece ter nascido para conjugar com peixe. Tanto o molho como o pregado tiveram estrutura à altura do tinto servido, no caso, o Rufo, do Cristiano Van Zeller, um vinho jovem, fresco e descomprometido. No prato de carne, a bisteca ofereceu alguma resistência ao dente, mas nada de grave, até porque vinha na boa companhia de um gratinado de batata e de cogumelos de época. Gostei também da sobremesa, que na verdade era uma espécie de pijama que reunia Chocolate com frutos vermelhos, Espuma de queijo com goiaba (uma combinação que resulta sempre), Queijos nacionais com compota de abóbora (bem suave) e avelã. Apesar da variedade foi uma sobremesa discreta, o que me pareceu correcto tendo em conta os vários tipos de Portos servidos. 

photo 4.JPGNuma noite em que a concorrência vínica duriense era enorme o Charme da Niepoort foi um dos que se destacou. Definitivamente é um dos meus vinhos predilectos. Elegante, discreto mas cheio de personalidade. Um autêntico... bom, o nome diz tudo. 

 

Quem quiser passar pela experiência, já sabe, tem até Sábado para o fazer. O menu custa 75€ (ver abaixo), um preço nada excessivo, tendo em conta os vinhos em questão. 

 

Couvert, Pão do nosso forno

 

Crasto 2011 ou Tiara 2010

Carpaccio de vieira com espinafres, avelã e couve-flor

-----------------------------

VZ 2010 ou Redoma reserva 2010 ou Quinta do Vallado Reserva 2011

Cuscuz transmontano de peixe e marisco

 

Vertente Tinto 2009 ou Crasto 2011 ou Rufo 2010 ou Meandro 2008

Pregado Corado com legumes grelhados, molho de funcho e palha de alho francês

 

Batuta 2010 ou Vale Dona Maria 2010 ou Vale Meão 2008 ou Charme 2008 ou Quinta do Vallado ou Reserva Field Blend Tinto 2009

Bistro Bisteca com legumes, gratinado de batata e cogumelos

-----------------------------

Vale Dona Maria lote 010 ou Crasto Finest Reserve ou Vintage Vale Meão 2008 ou Adelaide Vallado 2009

Chocolate com frutos vermelhos

Espuma de queijo com goiaba

Queijos nacionais com compota de abóbora e avelã

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:19


1 comentário

Sem imagem de perfil

De vitor mariano a 25.01.2013 às 11:56

Concordo como seu comentário de preço excessivo.
E depois estes restaurantes não têm clientes, e ainda se queixam!!!.
Nem promovem os vinhos nem o restaurante, no fim é mau para todos.
Desculpem o desabafo, mas o dia está mau.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Concordo como seu comentário de preço excessivo. <BR>E depois estes restaurantes não têm clientes, e ainda se queixam!!!. <BR>Nem promovem os vinhos nem o restaurante, no fim é mau para todos. <BR>Desculpem o desabafo, mas o dia está mau. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Vitor</A>

Comentar post



Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)
Paulina Mata (convidada especial) Alexandra Forbes (convidada especial)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").


Mesa Marcada no Twitter


Siga-nos no facebook



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Comentários recentes

  • Teixeira

    Penso que a redundância nem sempre possa ser um de...

  • Artur Hermenegildo

    Sem dúvida alguma um dos dez melhores restaurantes...

  • Só entre nós

    Apresentação extraordinária e muita criatividade. ...

  • helena gonçalves

    Olá,Comecei esta semana a fazer a minha massa-mãe....

  • Anónimo

    Parece-me que conheço quem escreveu este comentári...