Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pedro e o Lobo visita Penha Longa

por Duarte Calvão, em 21.02.13

Diogo Noronha é actualmente o único chefe do restaurante Pedro e o Lobo, em Lisboa, depois da saída recente de Nuno Bergonse, e parece-me interessante ver a sua evolução, tanto mais que aos 33 anos está numa idade em que geralmente se começa a definir melhor o tipo de cozinha que se vai praticar. Há pouco tempo, houve mudanças na carta do restaurante, que ainda não experimentei, mas espero ficar com uma noção no jantar de amanhã, quando Diogo Noronha visitar o Arola, no hotel da Penha Longa, em Sintra, para apresentar um menu bastante original e prometedor, acompanhado pelos óptimos vinhos durienses do Morgadio da Calçada. O jantar começa com um creme espesso de mexilhões, pesto de coentros e crackers de garam masala, segue com bombom de chocolate e foie gras, cassis e toranja, depois molejas, nozes em pickles e agriões, depois bacalhau a 54º, feijoca, trompetas da morte e óleo de cebola, depois meia esfera de perdiz e foie gras, mini-nabos, emulsão de pimenta verde, Madeira e alho negro, terminando com avelã, sablé, avelãs caramelizadas e bolhas de cacau. O preço do jantar é de 60 euros por pessoa, vinhos incluídos. Reservas: tel. 219 249 028

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:23


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Ana Cristina Lebre a 21.02.2013 às 12:28

Bom dia
Não há necessidade de convocar o pesto , pois esse, é coisa de Itália. Na gastronomia portuguesa existe uma palavra para essa pasta e chama-se PISO.
Também já consta no dicionário e, no Priberam, vem assim descrito: [Culinária] Mistura triturada de alhos, coentros e azeite, usada como tempero na açorda alentejana. Mas o piso pode ser de outras ervas, claro! Ou seja, ervas pisada em Portugal dão origem a pisos.
Fica o recado para o Chefe .
Tentador esse menu.

Sem imagem de perfil

De Joana a 21.02.2013 às 15:41

A diferença é que o Pesto leva pinhões e queijo, ou outros frutos secos e queijos.
Imagem de perfil

De Miguel Pires a 21.02.2013 às 17:15

Sinceramente não entendo o reparo. Em lado nenhum se diz que o menu é de cozinha portuguesa - aliás, no menu, há vários ingredientes de outros países além do pesto.
Sem imagem de perfil

De Ana Cristina Lebre a 21.02.2013 às 20:32

Para mim é sempre motivo de tristeza tropeçar neste estrangeirismo para designar o piso (um piso que leve só coentros ou mais ervas como poejos, alecrim, etc.. frutos secos e até queijo ralado). Porque os pisos podem e devem ser inovados !
Sabe! Às vezes, quando leio na internet descrições de cartas e menus ou me sento à mesa a degustar essas mesmas criações, penso que não existe alta cozinha portuguesa. Existe alta cozinha internacional criada por chefes portugueses - diferente, generalizando bastante. Talvez por isso, vai o sentido deste pequeno (ou grande) reparo.

Sem imagem de perfil

De paixãodasilva a 22.02.2013 às 00:39

O Diogo é um Grande cozinheiro!

Sem imagem de perfil

De patricia a 22.02.2013 às 13:11

Queria vir aqui apenas referir que será um pesto a ser apresentado, não um piso. Um pesto de coentros que como refere tem pinhões e queijo.
Obrigada pelo esclarecimento do que é um piso e um pesto no blog mas de facto já conheciamos a diferença, fica a elucidação para quem não sabe.

Comentar post



PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

PUB


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Fevereiro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Comentários recentes

  • Paulina Mata

    Tenho pena mas não vou poder ir. O ano passado val...

  • Duarte Calvão

    Julgo que sim. No final do post há um link que rem...

  • João Almeida

    Duarte,E quem pode participar? Porque é que é só p...

  • João Gonçalves

    Muito interessante. Reconheço que me sinto ignoran...

  • Anónimo

    Só para esclarecer que este comentário é meu. Artu...