Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Bits & Bites no Marais, em Paris

por Miguel Pires, em 28.06.13

photo 1.JPG

 Sim é possível passar uma semana em Paris sem ver a Torre Eiffel (nem ao de longe), sobretudo, quando se está num bairro vibrante e colorido como o Marais, bairro onde se junta a comunidade judaica com a chinesa (sobretudo no comércio), hipsters e gays, novos designers e aspirantes a top model e, como não poderia deixar de ser num melting pot cultural como este, uma mistura de conceitos e sabores. Comecemos pelo " sempre imitado mas nunca igualado" L'As du Fallafel, na Rue des Rosiers.

Surge indicada em tudo o que é guia (incluído no "Where chefs Eats") e também por Lenny Kravitz, como consta na fachada. A carta tem meia dúzia de especialidades, mas 99,9% dos que lá vão e ficam na fila, fazem-no por uma única razão: o Fallafel, uma espécie de almôndegas de grão fritas colocadas em pão pita com couve, alface, tomate, beringela assada e molho de alho e de paprika... ou seja, com quase tudo e mais alguma coisa. O resultado é um absurdo absurdamente bom. Desconfio que o termo "porn food" foi inventado para o definir.

 Mesmo em frente para quem não tem paciência para esperar na fila há o Mi-Va-Mi, " o melhor da rua" o que equivale quase a dizer: o melhor do mundo... :)

 A meia dúzia de metros, ainda na mesma Rue des Rosiers, existe este 'delicatessen' repleta de tudo aquilo que vem proibido nos livros da Isabel do Carmo: bureks, doçaria, queijos, produtos de charcutaria e, também, diversos tipos de pão, como os pletzels ou os bagels.

Por falar em bagels, recomendo esta minúscula casa, Bagel Market, na Rue des Blancs Manteaux. Foi de lá que veio este exemplar com rosbife, abacate e cream cheese que serviu de aconchego num dos almoços.

Por último, por agora, no 57 da Rue do Charlot - próximo do famoso Café Charlot, onde se vai para comer razoavelmente e, sobretudo, para se ver e ser visto - fica o Nanashi, um restaurante muito concorrido. O conceito anda à volta da comida (mais ou menos) saudável, despretensiosa, bem feita e com sabor, confeccionada com ingredientes que se encontram nas boas lojas bio.
Posts Relacionados: 

 

Mesa Marcada em Paris com o apoio da TAP

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 07:35


2 comentários

Imagem de perfil

De Paulina Mata a 29.06.2013 às 02:26

Não te venhas embora sem ir à Izrael, uma mercearia de sonho! É aí por onde andas - 30 rue François Miron.
Imagem de perfil

De Miguel Pires a 01.07.2013 às 11:36

Já não fui a tempo, Paulina. Paris (e o Marais é terrível)

Comentar post



Pub


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

PUB


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mesa Marcada - Os 12 Pratos do Trimestre


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Junho 2013

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Comentários recentes

  • Joao Fernandes

    Eu trabalho com mangalitza na Hungria, neste caso ...

  • João Faria

    Há uns tempos deparei-me com uma imagem do marmore...

  • Bruno

    Interessante - moro em Londres e não conhecia o Ta...

  • Duartecalf

    Mais uma boa notícia. É sinal de que a nossa gastr...

  • André

    Já para não falar no efeito pernicioso que esta "g...