Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 Num restaurante do Porto, uma cliente acaba a sua refeição e pede um copo de água para tomar um comprimido. No final, ao verificar a conta, repara que lhe cobraram 1€. Estupefacta, a cliente resolve contar o episódio no Tripadvisor. O seu testemunho até começa de forma muito positiva, com elogios ao restaurante em vários itens. Contudo, estranhamos a pontuação que dá: 3 num máximo de 5. É então que refere o insólito episódio do copo de água e ficamos a saber a razão da pontuação baixa. No entanto, embora raro, o facto não seria noticia se não fosse a resposta do proprietário no mesmo site:

 

"Carissima Cliente,

fiquei agradavelmente contente com a sua avaliação em tão prestigiado site de avaliações como é o tripadvisor.com.

Apesar de tudo, fiquei incrivelmente espantado com o comentário relativo ao copo de água.
No menu executivo que servimos no Artemísia damos a possibilidade de os clientes consumirem qualquer bebida a copo para que a refeição seja mais económica e mais ao encontro do que é o dia a dia em Portugal nestes tempos dificeis de crise.

Esta bebida a copo está já incluída no preço do menu, que varia entre os 7,5€ e os 14,5€ conforme escolha só o prato principal ou todos os pratos: entrada+prato principal+sobremesa.
Nos casos em que nos é solicitada uma bebida extra menu, ou qualquer outro artigo, a politica é cobrar o preço da carta.

Penso que dado o nível do restaurante, como sua excelência muito bem refere, não seria muito ético servir um copo de água da torneira quando algum cliente solicita mais água além do menu. 

Teremos nós que saber qual o fim do copo de água? e mesmo sendo esse o fim, tomar um medicamento, porque teriamos de oferecer o copo de água? Se todos os clientes solicitarem o mesmo quantos copos de água teremos de servir sem cobrar?

Adicionado a todas estas questões, vem uma outra. A colega que serviu o copo de água pareceu-me bastante compreensível ao facto uma vez que não cobrou uma garrafa de água que tem o preço de tabela de 2€, mas fez o favor de cobrar apenas 1€ por um copo. O facto é que ficámos com a garrafa aberta e não sabemos se vamos poder servir mais um copo ou não, dessa mesma garrafa.

Existe uma diferença entre o que é um menu executivo, em que tudo está predefinido, e os pedidos efectuados fora desse menu. Infelizmente, o Artemísia não faz parte de uma instituição de caridade, é uma empresa com fins lucrativos. No caso de solicitar um café extra ao seu menu teria de pagar 1,5€. Será assim tão inaceitável cobrar 1€ por um copo de água com capacidade de 200ml? Ou teriamos também de oferecer o café?

Ainda questiono a sua avaliação escrita relativamente à qualitativa. Avalia que o serviço é excelente, comenta que foi muito bem atendida, mas... de seguida avalia o serviço com apenas 3 pontos! Será assim mesmo?

Em suma, agradeço a sua avaliação para que possamos crescer positivamente, em todos os aspectos, neste mercado tão competitivo e tão exigente como é o serviço de restauração."

 

Fiquei curioso... será que também cobram por um guardanapo extra?

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:31


71 comentários

Sem imagem de perfil

De Antonio Moreira a 06.09.2013 às 22:40

Parece-me que aqui há uma grande confusão. Será que todos leram bem o que está escrito?
Aqui diz: "Nos casos em que nos é solicitada uma bebida extra menu, ou qualquer outro artigo, a politica é cobrar o preço da carta.", o que não demonstra serem cobrados artigos que não existem em lista!
Aqui diz: "...não seria muito ético servir um copo de água da torneira quando algum cliente solicita mais água além do menu.", o que à partida parece que a água servida era engarrafada!
Aqui diz: "...Se todos os clientes solicitarem o mesmo quantos copos de água teremos de servir sem cobrar?", parece lógico uma vez que as garrafas de água devem custar dinheiro não?
Aqui diz: "Adicionado a todas estas questões, vem uma outra. A colega que serviu o copo de água pareceu-me bastante compreensível ao facto uma vez que não cobrou uma garrafa de água que tem o preço de tabela de 2€, mas fez o favor de cobrar apenas 1€ por um copo. O facto é que ficámos com a garrafa aberta e não sabemos se vamos poder servir mais um copo ou não, dessa mesma garrafa.", bom parece que quase todos não devem perceber português, a água era mesmo engarrafada e foi aberto para servir o cliente, então não deveria ser cobrado o artigo? Não percebo nada, ou querias beber à pala?
Aqui diz: "...No caso de solicitar um café extra ao seu menu teria de pagar 1,5€. Será assim tão inaceitável cobrar 1€ por um copo de água com capacidade de 200ml? Ou teriamos também de oferecer o café?", aqui parece que o cliente afinal estava a ser servido por um nenu de preço definido, mas alguém sabe o que isso é? No mcdonald's alguém já pediu molhos? Eu já e tive de pagar extra, e compreendo, custa dinheiro, a água engarrafada também custa igualmente... um menu de preço fixo apenas contempla o que está definido!Quando alguém faz um orçamento para qualquer tipo de serviço, se houver desvios ao orçamentado não se deverá pagar??? Pois é, por isso é que este país está na bancarrota, por andarem a fazer coisas de borla para os amiguinhos e afins! Isso também é roubar!!!

E agora deixem que vos diga fazer um comentário na net por causa de 1 euro? Parece mesmo ridiculo, quando não gosto de alguma coisa num restaurante digo ao empregado ou ao gerente, para que possam fazer algo se o pretenderem, caso não queiram é problema deles.
Ambos tiveram comportamentos inadequados mas também defendo que a história de o cliente tem sempre razão acabou!
Agora também é certo que se não podemos pagar determinado serviço, não se vai... querem armar-se em ricos é o que dá!!! Não tenho dinheiro, não vou!!!
E ainda digo mais, água da torneira??? Sei lá se cospiram para a água ou não, se meteram dedos ou não!!! Há montes de gente a ir ao wc e não lavam as mãos, que nojo só de pensar!!!! A água pode ser potável, mas já pensaram se um dia estão em algum ponto do planeta em que a água fica imprória para consumo e ninguém sabe pelo menos nos primeiros tempos? Em estabelecimentos deste tipo de quem é a responsabilidade? Do restaurante porque não fez análises à água?... Deixo a questão!!!

Comentar post



Pub


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pub


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Agosto 2013

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Comentários recentes

  • Miguel Pires

    Bem me pareceu que a argumentação era pobrezinha.

  • Adriano

    Isto realmente é irritante. Eu admiro é a paciênci...

  • João Almeida

    Sentiu-se ofendido. Coitadinho..(Não tenho faceboo...

  • Miguel Pires

    O post não é colectivo, está assinado. Entre as de...

  • João Almeida

    Falta a pergunta: quantos pratos pagaram?