Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




photo 2.JPG

Como referi aqui, o Hotel CS Vintage House, em colaboração com a Quinta da Avessada, convidou-me para o programa de vindimas nesta quinta, que dispõe de uma enoteca interactiva, na sub-região de Favaios. Aqui se produz uva branca moscatel, maioritariamente para o vinho generoso da cooperativa local. 


Para quem vem da cidade, o silêncio tem um valor que nem sempre é compreendido de igual forma por quem dele dispõe para dar e vender. Por isso convoca-se o bombo, os ferrinhos e a concertina. "Vindima é festa" dizia-me Luís Barros, proprietário e mestre de cerimónias, com o seu ar bonacheirão, quando lhe perguntei se a banda sonora era para o dia inteiro. 
Para ser sincero só foi um pouco doloroso no inicio e por razões mais associadas a uma noite mal dormida do que a outra coisa. Na verdade o ritmo do trio  até ajudou na vinha. Uma pancada no bombo, uma apertadela na tesoura, logo um cacho no balde. Hip hip hurra! 
photo 1.JPG
Meia hora a um ritmo estonteante e deu-se por finalizada a jornada  - não fossem os meninos da cidade contrair alguma tendinite aguda na mão de tanto apertar o bombo. Ou a tesoura, já não sei muito bem. 
photo 4.JPG

 Pausa para o almoço do qual registei uns rojões, um belos enchidos e uma óptima sopa do lavrador que, segundo consta, livrou da fome muita gente no período da filoxera (séc XIX). Depois do almoço, com vários histórias pelo meio, Luís Barros conduziu-nos ao lagar 'multimédia' para a visualização de um curto filme e para a demonstração da pisa a pé no lagar. Primeiro por manequins robotizados, depois por turistas alcoolizados (na verdade, nem por isso. Desculpem, não resisti à rima :). A família brasileira que nos acompanhava estava maravilhada. "É incrível! eu até sou da roça mas não temos nada disto lá", referia-me o patriarca da família, oriunda do estado de Espírito Santo. Eu tentava passar por observador - urbano depressivo, dirão alguns - mas quando dei por mim era o campeão da poda e da pisa a pé e, espero que não haja registos, consta que até dancei. Se não podes vencer o bombo, junta-te a ele. 

photo 3.JPGLuís Barros é um verdadeiro "one man show". O seu programa é lúdico, sem ser infantil (ou quando é, tem peso conta e medida), conseguindo mostrar o processo, da vindima ao vinho, de uma forma simples, didáctica e interessante, mesmo para quem tem algum conhecimento sobre a matéria . Barros tem sempre uma resposta para todos - para quem nunca viu um bago de uva e para quem tem conhecimento do assunto - e quando não sabe não inventa. Além do mais fá-lo com humor e, a espaços, com um toque de dramatismo engraçado, sem perder a noção do bom senso. Ei-lo na primeira pessoa: 

"Ja apanhámos as uvas. Já pisámos as uvas. Já cantámos a oracao do moscatel. Agora só falta beber. Vamos passar ao santuário" 

"Os primeiros tonéis são do meu pai e têm 30 anos, no terceiro e o quarto estão os vinhos do meu avô, com 50 anos; No quinto e sexto está o vinho moscatel do meu bisavô (com 120 anos); e nestes últimos... já não temos nada". 

"Havia o mito que parte do pagamento feito pelos ingleses era em libas de ouro. Mas a minha avó levantava o sobrolho e dizia: 'vai trabalhar malandro que o ouro está dentro da pipa".

" O tonel do meu bisavô só é aberto na Páscoa. Vem o padre Pinto bebe um cálice e abençoa toda a gente. Tira-se 4 garrafas. Duas são para leiloar para caridade e duas são para nós bebermos. Eu não vendo isto. Então só temos estes 2 pipos".

A Quinta da Avessada efectua este programa de enoturismo desde 2008. Este ano começou a 6 de Setembro e extende-se até 28 Outubro. Em colaboração com a quinta o CS Vintage House Hotel tem um programa conjunto que inclui a visita + 3 dias (2 noites) de estadia, por 205€/pessoa (em quarto duplo). Ver mais aqui

Posts relacionados: 

. No planalto do moscatel, o parente pobre do Douro. Será mesmo?

No Douro: dias agitados no Pinhão (1)

No Douro: Dias agitados no Pinhão (2)

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:35



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Setembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Comentários recentes

  • Miguel Pires

    Oops, já corrigido. Agradeço o reparo.

  • Martinho Cruz

    Tudo bem. Vega “Cecília” é que me ultrapassa.....

  • Anónimo

    Esta é uma boa notícia para esta altura do Natal.....

  • Duarte Calvão

    Acho, João Faria, que coloca a questão nos termos ...

  • João Faria

    É verdade que, infelizmente, a mudança ocorrida na...