Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O desconsolo de uma gralha de 20 valores

por Miguel Pires, em 23.10.13

O nosso João Paulo Martins (JPM) anda desgostoso com algumas gralhas que passaram na recente edição do seu guia Vinhos de Portugal 2014 - que, passados 20 anos após a primeira edição, leva a espessura de duas listas telefónicas, mas continua com a utilidade de uma bíblia para crentes. A maior talvez passasse despercebida se pousasse no meio do livro. Acontece que foi logo parar a um Porto mítico da Niepoort, o VV, feito com base em vinhos pré-filoxéricos, (ou seja, com mais de 100 anos) e a quem JPM atribuiu um grande destaque dando a nota máxima de 20 valores. "VV", segundo o avô de Dirk Niepoort (que fez o vinho), queria dizer "Vinho Velho" e não "Vinho Verde", como aparece no livro, que, segundo o nosso Parker, se deve à instrução prévia que deu ao programa Word do seu computador para substituir certas iniciais por palavras completas. Como ele escreve no final do texto que publicou no seu site e no facebook: "é azar!". Eu diria mesmo: só quem nunca publicou nada é que não sabe como é irritante quando algo assim acontece. 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:20



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Outubro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Comentários recentes