Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Mercado de Ver-o-Peso

por Miguel Pires, em 05.11.13

image-5.jpeg
Há muito que desejava conhecer Belém do Pará e o Mercado de Ver-o-Peso, considerado o mais famoso do Brasil, dada a variedade de produtos autóctones da Amazónia que nele podemos encontrar. Quis o destino (e uns cordelinhos) que fosse enviado à capital do Pará para fazer um artigo para a Up (a revista da TAP) sobre a gastronomia local na perspectiva dos irmãos Thiago e Felipe Castanho. Os dois jovens chefes do Restaurante Remanso do Bosque têm realizado um trabalho fantástico na divulgação dos produtos locais e na concepção de uma cozinha contemporânea alicerçada na tradição. Com este post (e outros que se seguirão) não pretendo teorizar sobre os produtos que encontrei e degustei mas apenas partilhar um pouco de cor, aromas e sabores (sendo que estes dois últimos terão de os imaginar, escusado será dizer). Mas podem ir fixando uns nomes: pirarucu, filhote e tambaqui - peixes do rio Amazonas, que surpreendem até a um junkie agarrado ao salmonete - e bacuri, talvez o mais surpreendente fruto que já provei. Pronto não digo mais nada. image.jpeg

image-1.jpeg

image-2.jpeg

image-3.jpeg

image-4.jpeg

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:02



PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Comentários recentes

  • PR

    "Porém, e ao contrário do que muitas vezes se escr...

  • PR

    Tão grande foi o choque da perda da terceira estre...

  • Paulo

    Não se aborreça Miguel. As redes sociais são impla...

  • Paulo

    Não conhecendo os motivos do encerramento, se calh...

  • joana

    sardinhanalfabeto!