Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



KikoMartins.jpg

 

Há uma ideia em Kiko Martins que ecoa ao longo do seu discurso: trazer o mundo e novos sabores a Portugal. É conhecida a importância das suas viagens pelo globo - nomeadamente da que fez, em 2011- e que viria a dar lugar ao livro Comer o Mundo - como fonte de inspiração para os seus 4 restaurantes abertos ao longo dos últimos cinco anos. Afinal, a sua “pré-história” também é feita de viagens e mudanças, a começar no lugar de nascimento, o Rio de Janeiro, onde viveu até aos 11 anos, ou a passagem por Paris, já em adulto, onde estudou cozinha (no Cordon Bleu) e trabalhou (no Ledoyan), após concluir que a licenciatura obtida em Gestão e Marketing, em Lisboa, não era a sua praia. Kiko Martins ainda passou por Inglaterra (Fat Duck), Moçambique, onde fez um importante ano sabático, como voluntário, para acabar na capital portuguesa, onde já tinha trabalhado como cozinheiro (no Eleven e num projecto próprio, o Mastige).

 

 

Patrocínio:

Banner-ED-Gastronomy-520x90px_2.jpg

 

 

Fotos retiradas do facebook de Kiko Martins 

 

Posts Relacionados: 

 

Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Vítor Claro

Menu de Interrogação - 10 Perguntas a José Nobre

. Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Rodrigo Castelo

. Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Paulo Amado

. Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Vasco Coelho Santos

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

TóZé_lowres.jpg

 

Quando em finais de Maio de 2015 visitei a Taberna do Mercado, de Nuno Mendes, em Londres, gostei muito de falar com António Galapito, o chefe executivo da casa. Foi uma refeição memorável, em que experimentámos quase a carta toda. No final, lá apareceu ele, com o seu ar de miúdo, bem disposto e meio desajeitado na forma de comunicar (com três gestos em cada duas palavras). Nos 15/20 minutos que falámos deu para perceber que adorava o que fazia e que lhe estava dar um grande gozo, tal como a Nuno Mendes, estar ali, naquela zona mais alternativa de Londres, a fazer uma cozinha portuguesa com um valente twist e completamente fora do padrão do restaurante very typical luso no estrangeiro.

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:56

EntrelesBras (1).jpg 

Estrelas Michelin: amo-te e odeio-te. Há quem as deseje arduamente, e, também, quem depois das ter desejado as queira deixar de ter. O caso mais recente é o do restaurante Le Suquet à Laguiole, no Sul de França, do lendário chef Michel Bras (à esquerda na foto), inspirador dos movimentos naturalistas mais recentes (nórdicos e afins), entre outras coisas e outros movimentos anteriores. Desde há 10 anos liderado pelo seu filho Sebastián (à direita na foto), o Le Suquet detem a distinção máxima do Guia Francês desde 1999.

 

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:32

Pesca em maré de aberturas

por Miguel Pires, em 20.09.17

Pesca_DiogoNoronha.JPG

Ainda acabava de publicar o post abaixo sobre o novo restaurante de Vincent Farges, quando recebo, no email, a informação que outro dos mais aguardados restaurantes da reentrada, o Pesca, cuja existência comunicámos, aqui, em primeira mão, abre na próxima semana. Na verdade, não é anunciada a data, mas é referido que as reservas já estão abertas. Acontece que quando se verifica o calendário, o dia 26 é a primeira data disponível.

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:16

 

VincentFarges.jpg

 

É um clássico no inicio de cada ano (ou no final do anterior) e no período da rentrée (após o Verão) falar-se dos novos restaurantes que estarão para abrir. E um dos mais aguardados, em Lisboa, é o novo projecto do chefe Vincent Farges, no Chiado. Em Janeiro, na Fugas (Público), falava-se que a abertura estava prevista para o 1º trimestre e, na semana passada, a Time Out anunciava a inauguração para o inicio de Outubro. Contudo, nem uma nem outra dava grande informação sobre o nome ou o sobre o que será o novo restaurante (a Time Out referia apenas que Farges “fará alta cozinha na mesma linha do que fazia no Fortaleza do Guincho, de onde saiu em 2015”).

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:52

PedroPenaBastos_1.jpg

 

Em comunicados separados, o Esporão e o seu chefe de cozinha Pedro Pena Bastos, bem como a directora de f&b e sua mulher Teresa Chaves, anunciaram neste final de tarde o fim do projecto de alta cozinha do enoturismo da empresa, em Reguengos de Monsaraz. A noticia deixou-nos surpreendidos dada a projecção e sucesso que o restaurante parecia ter alcançado nos últimos dois anos. 

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:34

20KITCHEN2-superJumbo.jpg

 

Já é quase fastidioso enumerar a quantidade de artigos que semanalmente saem na imprensa mundial a gabar as maravilhas lusas, tipo “o beco mais trendy do mundo é português” até à possibilidade, segundo um artigo da BBC, da cozinha portuguesa ser a mais influente do mundo.

 

A maior parte dos leitores identifica-se com estes artigos, a ver pela quantidade de “gostos” e partilhas nas redes sociais, e as publicações online também, obviamente, sobretudo, numa altura em que as receitas das edições em papel estão com o rating próximo de “lixo” e os clicks valem ouro (ou bronze vá lá). Até há quem compile e divulgue essas notícias, com um certo tom irónico, como faz Pedro Boucherie Mendes, numa espécie de rubrica intitulada “Amor que nós temos ao amor que têm por nós”.

 

E tudo isto vem a propósito de quê? de algum artigo elogioso recente que tenha escapado aos nossos media?

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:58

IMG_0620 (1).jpg

 

“Isto é o mais próximo do que me irão ver cozinhar no futuro”, dizia-nos há menos do mês Vítor Claro durante um intervalo na vindima da parcela onde faz um dos seus vinhos, próximo da Arruda (região de Lisboa). Foi na pausa do almoço do pessoal, para quem tinha preparado um gaspacho (trazido num garrafão de água), umas bochechas estufadas ( para fazer sanduiches com pickles caseiros) e umas fatias de vitello tonnato. Se houvesse um concurso de almoços de vindima improvisados, este ganharia, ou não fosse o vinhateiro reconvertido, que passara a manhã sentado no trator (na foto de cima) a transportar caixas de uvas, um antigo chefe de culto, ainda hoje muito estimado entre os seus antigos colegas e clientes.

 

 

 

 

Patrocínio:

MASTER_520x90_300x300_portugal-page-001.jpg

 

 

Posts Relacionados: 

 

Menu de Interrogação - 10 Perguntas a José Nobre

.  Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Rodrigo Castelo

.  Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Paulo Amado

.  Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Vasco Coelho Santos

 . Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Alexandra Prado Coelho

Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Leonel Pereira

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

BenShewry_Broadsheet_au.jpg

 

Ben Shewry é um prestigiado chef de origem neozelandesa que está na crista da onda. Aos 40 anos é respeitado entre os seus pares e clientes, teve direito a um episódio dedicado a si logo na primeira série de Chef’s Table (Netflix) e o seu restaurante Attica, em Melbourne, Austrália, figura entre os melhores do mundo (nº 32 do World 50 Best).

 

Porém, o que leva então Shewry a publicar na sua conta do Instagram uma foto sua, com 23 anos, visivelmente exausto, com uma mensagem bem diferente da imagem "glamourosa" de rock star que muitos associam à vida de um chef?

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:13

IMG_1085.JPG

  

 Muito se tem falado ultimamente na internacionalização da cozinhar portuguesa e este é mais um passo neste sentido. Depois de vários anos a realizar e eventos em Portugal, a Amuse Bouche de Ana Músico e Paulo Barata foram convidados para levar o seu Sangue Na Guelra a Dusseldorf, na Alemanha, numa curadoria que conduzirá a esta cidade doze chefe e dois produtores portugueses.  
 
 
 
 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00


PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

PUB


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Comentários recentes


subscrever feeds