Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A nossa festa preferida

por Duarte Calvão, em 23.01.15

salaMM.jpg

Grande festança para celebrarmos os 10 preferidos de 2014, restaurantes e chefes, que o nosso generoso e distinto painel de 90 jurados escolheu numa votação acima de qualquer suspeita. Tal como no ano passado, fomos acolhidos, na passada segunda-feira, pelo Vestigius, bar à beira Tejo, no Cais Sodré, que, como diz a expressão consagrada, foi pequeno para receber tantos convidados que nos honraram com a sua presença (foto acima)

 

Presentes estavam conhecidos gastrónomos, gente do sector, produtores, jornalistas e bloggers, e muitos chefes.Entres estes últimos, vimos por lá, pedindo desde já desculpa se nos esquecemos ou não vimos alguém: Adriano Jordão (Taberna da Rua das Flores), Akis Konstantidinis (Cant the Can), André Magalhães, Antoine Westermann (que estava de visita a Portugal), António Barros (O Talho), António Nobre, Arnaldo Azevedo (Hotel Teatro Porto), Belmiro de Jesus (Salsa e Coentros), Bertílio Gomes, Dalila Cunha, Dieter Koschina, Diogo Noronha, Francisco Gomes (Confeitaria Colonial, Barcelos), Henrique Sá Pessoa, Hugo Brito (Boi Cavalo), João Rodrigues, José Avillez, Marlene Vieira, Matteo Ferrantino, Miguel Castro e Silva, Miguel Laffan, Nuno Bergonse, Paulo Mota (hotel Marina Altlântico, Ponta Delgada), Pedro Duarte (Boi Cavalo), Pedro Lemos, Ricardo Costa, Ricardo Komori (Bonsai), Renato Cunha, Tiago Feio (Leopold), Tomoaki Kanazawa, Vincent Farges e Vítor Claro.

 

Tabern_LouiseMM.jpg

O primeiro prémio da noite foi logo anunciado, tratava-se do Mesa Diária, que coube à Taberna da Rua das Flores, em Lisboa, e subiram ao palco os três sócios: Bárbara Matos, primeira à esquerda na foto acima, André Magalhães, ao seu lado, e Adriano Jordão. Quem lhes deu o galardão - uma faca Ivo, comemorativa dos 60 anos desta fantástica cutelaria portuguesa que nos distingue desde o ano passado com o seu patrocínio - foi Louise Komber (à direita na foto, de negro trajada), da Cloche, outra empresa que nos apoia desde o primeiro momento. Além de nos fornecer os imprescindíveis copos e travessas, as mesas onde elas assentam, Louise Komber é uma profissional de excelência, que sabe tudo sobre como organizar um evento como este.

 

TabernaMM.jpg

E com este primeiro prémio veio também a primeira presença em palco do tal patrocinador sem o qual este evento não teria sido possível, a bela e simpática Mariana Brito (na foto acima, em grande forma, a erguer uma gigantesca garrafa de Altano) representando o grupo Symington  através dos vinhos durienses Altano branco 2013 e Altano tinto Reserva 2011 Quinta do Ataíde, que acompanharam muito bem as iguarias servidas, bem como dos portos Graham's branco Extra Dry (que possibilitou o cocktail porto tonic, muito do agrado dos nossos convidados...) e Graham's Tawny 20 anos, extremamente aconchegante ao fim da noite. Os vitoriosos taberneiros, como a fotografia acima demonstra, sofreram o impacto do tamanho da garrafa de 6 litros e André Magalhães levou até um copo para o palco para começar logo a dar conta do recado.

 

4restMM.jpg

Começámos de seguida a entregar os troféus para os restaurantes preferidos. O troféu, tal como o dos chefes, foi criado especialmente para a ocasião pela Elements, joalharia portuense fundada há seis anos pelos irmãos Marco e Nuno Santos, que desde há cerca de dois anos tem também loja no Centro Comercial das Amoreiras, em Lisboa. Os "ovos" que eles criaram para distinguir os restaurantes foram entregues, como se vê a foto, ao Tomo (9ºlugar), acima, à esquerda, na fotografia com o chefe-patrão Tomoaki Kanazawa, ao The Yeatman (8º lugar), com o chefe Ricardo Costa e a directora de vinhos, Beatriz Machado, acima, à direita, ao Feitoria (6º lugar), entregue ao chefe João Rodrigues e à directora de Marketing Sofia Nobre, e à Fortaleza do Guincho (5º lugar), entregue ao chefe Vincent Farges, na fotografia, em baixo, à direita, puxado pelo braço pelo Miguel Pires, que estava com pressa de passar para o seguinte.
 

vilaJoyaMM.jpg

E o seguinte era o lendário Vila Joya (4ºlugar), representado, da esquerda para a direita (sem contar com o inevitável Pires...) por Joy Jung, dona e mentora, e pelos chefes Dieter Koschina e Matteo Ferrantino.

 

belcantoMM.jpg

Chega então mais um vencedor da noite, o restaurante Belcanto, que levou o "ovo de oiro", bem seguro nas mãos de Atsushi, e ainda 4,5 l de Graham's Tawny 20 anos, dados por José Álvares Ribeiro, da Symington, que, à esquerda na foto, desafia José Avillez e a sua equipa a esvaziarem a garrafa naquela mesma noite. 

 

Antes de passarmos para a segunda parte, com a entrega do prémio Destaque do Ano e dos 10 Chefes Preferidos, uma nota de agradecimento à Amuse Bouche, nossa parceira, nas pessoas da incansável Ana Músico e de Paulo Barata, também emérito autor de todas as fotografias deste post. E ao atelier Maga, do designer gastrónomo Luís Alvoeiro, que mais uma vez desenhou o logotipo dos prémios. Ao Sapo, impecável, que arriscou transmitir-nos em directo. Aos hotéis Altis, que de novo abrigaram os nossos convidados que vinham de longe, os quais só tiveram elogios para a forma como foram recebidos em Lisboa. Aos irmãos Sanona, que mais uma vez trouxeram do Torrão o seu magnífico pão alentejano, que combinou lindamente com o azeite duriense da Quinta do Ataíde, também da Família Symington.

Na parte dos "comes", Luís Barradas distinguiu-se com os seus Pregos da Peixaria, com ingredientes que iam de choco a lombo de vaca, Kiko Martins trouxe-nos os ceviches de corvina do recém-inaugurado Cevicheria, com o precioso auxílio de Açucena Veloso, do Mercado do Saldanha, que forneceu o peixe, e ainda José Avillez, que transportou empadas de cozido do seu Cantinho. A todos eles os nossos agradecimentos.

 

PedroLemMM.jpg

Passámos então para os chefes preferidos e, entre eles, aquele que mereceu o destaque do ano, outra faca Ivo, e mais uma garrafosa de 6 l de Altano, apresentada na foto por Gonçalo Aragão e Brito, da Symington. Aí está o feliz contemplado, Pedro Lemos, sem mãos para tantos prémios.

vincent_salaMM.jpg

Continuando nos chefes preferidos, o medalha de bronze Vincent Farges (3º lugar) teve que ser empurrado para o palco por Ricardo Costa (8º lugar), como a fotografia prova. Estes franceses sempre a fazerem-se de difíceis...

avill_salaMM.jpgMas ninguém teve que empurrar José Avillez para receber, mais uma vez, o troféu de chefe preferido do ano. Nós, Mesa Marcada, que fomos testemunhas das duas ocasiões, juramos que o seu sorriso foi muito mais efusivo agora do que quando recebeu a segunda estrela Michelin, em Marbella, há cerca de dois meses. Ele sabe o que verdadeiramente é importante!

 

 

avill_sym_esMM.jpgNo palco, José Avillez abre os olhos de espanto, tal a surpresa com que recebeu o nosso troféu "Palato", criado também pela Elements, tendo à esquerda Mariana Brito e depois, de branco, Esmeralda Fetahu, nossa graciosa anfitriã do Vestigius. À direita, o incontornável Pires, que não perde uma oportunidade para aparecer bem acompanhado.

 

fechoMM.jpg

A noite já ia longa, tinha chegado a altura de entregar o último prémio e Miguel Pires teimava em que tinha que ser ele a fazê-lo. Quando o outro autor deste blogue lhe fez ver que nem pensar, amuou (foto acima, à direita). Depois, pegou no microfone e quis porque quis continuar no palco para ser o centro das atenções. No entanto, o sempre sensato co-autor do blogue retirou-lhe habilmente o microfone das mãos e despediu-se de todos (foto em baixo, à direita), antes que lhes começassem a atirar copos de porto tonic, prometendo que para o ano há mais.

 

vencedoresMM.jpg

As coisas só acalmaram quando tirámos um fotografia, para a posteridade, em conjunto com os vencedores.

 

Posts Relacionados:

Prémios Mesa Marcada "Os 10 Restaurantes e Chefes Preferidos de 2014" revelados

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:39


11 comentários

Sem imagem de perfil

De RUI GRACA a 24.01.2015 às 15:17

Os vossos egos desmesurados ainda nao se tinham dado conta que o enorme Jose Quiterio tinha acabado de ganhar o premio Universidade de Coimbra 2015? alô Duarte Galvão! Alo Miguel Pires! Cadê o fair-play? Saravah!
Rui Graca
Imagem de perfil

De Miguel Pires a 24.01.2015 às 20:56

O Mesa Marcada terá sido provavelmente o primeiro órgão de informação a dar a noticia de um dos últimos prémios atribuídos a José Quitério (JA), o mais famoso dos críticos gastronómicos portugueses. http :/ mesamarcada.blogs.sapo.pt revista-wine-premeia-os-melhores-do-535806 ), por isso esqueça lá essa parte da falta de fair play.

Se espera que venha agora aplaudir sem questionar todo o trabalho que JA fez ao longo da sua vida, só porque agora se retira, isso não vai acontecer, mesmo que fosse mais politicamente correcto fazê-lo. Cresci a ler as suas críticas segui-o durante muito tempo. Contudo, é público que há muito que não me identifico com os seus escritos. Não lamento tanto o facto de o próprio se gabar de recusar a modernidade (ainda que a espaços o venha desmentir), mas sim pelo preconceito em relação à novidade - como se uma coisa tivesse de ser o oposto da outra. Felizmente que o seu amigo e colega David Lopes Ramos sempre mostrou uma abertura de espírito diferente e por isso sempre me identifiquei mais com ele.

De qualquer modo desço então do alto do meu "ego desmesurado", para anunciar um prémio que a minha santa ignorância desconhecia até ao momento em que li este simpático comentário do leitor Rui Graca : "José Quitério vence Prémio Universidade de Coimbra 2015", após a candidatura - proposta pelo seu sucessor no Expresso, Fortunato da Câmara - ter sido escolhida por uma série de individualidades portuguesas.

Segundo o regulamento este prémio é atribuído "anualmente, a uma pessoa de nacionalidade portuguesa que se tenha destacado por uma intervenção particularmente relevante e inovadora nas áreas da cultura ou da ciência".

Comentário? a mim isto soa-me mais a um prémio carreira, o que para todos os efeitos seria merecido. Agora...

Intervenção relevante, sim. Inovadora? Não nos últimos 20 anos
Imagem de perfil

De Duarte Calvão a 24.01.2015 às 23:04

Coimbra? Acabo de ser doutorado Honoris Causa pela Universidade de Itaquaquecetuba.
Duarte Ego
Sem imagem de perfil

De teixeira a 25.01.2015 às 15:17

Duarte, por favor, claro que percebo o tom do comentário registado , porém fiquei atento ao nome da Universidade. Itaquaquecetuba ? Sei não! Parece ligado a algum país lusófono. Ou é grega?
Sem imagem de perfil

De teixeira a 25.01.2015 às 18:11

Duarte tirei a dúvida. A Universidade de Itaquaquecetuba existe e fica no Estado de São Paulo, Brasil. Você de fato, espero que sim - o que me deixaria muito satisfeito - é Doutor Honoris Causa por aquela Universidade?
Imagem de perfil

De Duarte Calvão a 25.01.2015 às 19:19

Já é honra suficiente que alguém considere sequer essa linda fantasia como verdadeira...Mas, tal como se podia verificar pela assinatura, não era eu mas sim o meu "ego desmesurado" a falar.
Sem imagem de perfil

De teixeira a 26.01.2015 às 01:15

Duarte Ego. Respeito as fantasias. Já li muito ficção. Até, nunca a obra toda, as de baixa qualidade. Porém, para ter formação académica , não abstracta , sugiro sempre, aos meus filhos, estudar na academia, como eles fizeram e eu, e continuamos a fazer. Os filósofos sofistas, gregos, criaram crentes, que permanecem activos , o que é óptimo . Apenas, recorrer a uma universidade brasileira para sonhar é, de fato, muito criativo.Parabéns. Desejo ao Duarte Galvão, ou a você, com sinceridade, que venha a receber um título de Doutor Honoris Causa de verdade. Talento não te falta. Entretanto, há que estudar, com afinco, penso.
Sem imagem de perfil

De teixeira a 26.01.2015 às 19:43

Gostaria de fazer um último adendo (?) aos comentários que fiz ao prémio ao José Quitério. Me refiro a elogiar, esquecimento imperdoável, a resposta que elaborou o Miguel. Directo , sem subterfúgios, sem recorrer a introdução de manuais de psicologia, desenvolveu de forma coerente, sem chistes, as razões pelas quais chegou às conclusões do raciocínio que julgou pertinente. Parabéns. A divergência é a alma da democracia. A pluralidade de pensamentos norteia o livre pensamento. O respeito é fundamental e a flatulência intelectual deve ser evitada da vida quotidiana. Por razões óbvias.
Imagem de perfil

De Artur Hermenegildo a 30.01.2015 às 15:31

Nos restaurantes a "narrativa", como agora se diz, salta do 4º para o 1º.

Se não querias pôr a fotografia da minha pessoa e da Luísa a receber o prémio do São Gabriel, não tinhas de o fazer. Apesar de sermos provavelmente os mais giros e bem vestidos da festa. Mas não ficamos chateados com isso.

E não, isto não é o meu ego desmesurado a falar. É apenas uma versão moderada do mesmo, tipo Syriza. O desmesurado foi vítima de censura interna. :)
Imagem de perfil

De Duarte Calvão a 30.01.2015 às 16:06

Botem a culpa no Paulo Barata que parece não ter sido sensível ao vosso garbo e rico trajar e não me enviou fotografias. Mas não há dúvida que a narrativa ficou incompleta e, sobretudo, muito mais pobre.
Sem imagem de perfil

De Tomaz Sanona a 21.02.2015 às 09:53

Os Irmãos Sanona agradecem mais uma vez o convite para estarmos presentes com o Pão do Torrão. Sentimo-nos priviligiados e honrados, além de que este evento é um deleite a todos os níveis. A descontracção, as tertúlias que espontaneamente acontecem e a oportunidade de degustação das várias propostas. Os organizadores estão mais uma vez de parabéns pelo sucesso da festa. Um agradecimento também a todos os colegas presentes que facilitam com o seu profissionalismo a nossa presença.

Muito obrigado Duarte e Miguel.

Comentar post



Pub


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

PUB


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mesa Marcada - Os 12 Pratos do Trimestre


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Janeiro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Comentários recentes

  • Jorge Guitian

    Uno más para la agenda de la próxima visita a Lisb...

  • Joao Fernandes

    Eu trabalho com mangalitza na Hungria, neste caso ...

  • João Faria

    Há uns tempos deparei-me com uma imagem do marmore...

  • Bruno

    Interessante - moro em Londres e não conhecia o Ta...

  • Duartecalf

    Mais uma boa notícia. É sinal de que a nossa gastr...