Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pesca.jpg

 

Está em soft opening*, embora não pareça, a ver pela casa cheia com que me deparei esta quinta-feira. O espaço é bonito, ainda que um pouco apertado para os preços praticados (devia haver maior distância entre mesas): bar à entrada, cozinha no meio, sala seguida de uma esplanada ao fundo com tecto retráctil, o que permitirá o uso no Inverno com a ajuda dos aquecedores que foram instalados.  

 

 

Mas o mais relevante que pude constatar é que a cozinha do Diogo Noronha está muito bem: superior e mais madura em relação à que fazia nos tempos do Pedro e o Lobo e mais nobre e consistente do que apresentada antes na Casa de Pasto e no Rio Maravilha. Noronha optou por trabalhar com uma carta relativamente curta mas apelativa, se o desejo não for de carne, claro, dado que aqui o produto do mar é rei, como o nome deixava adivinhar (ainda que os vegetais desempenham um papel importante, também). 

 

Gostei muito do que comi e do que bebi: das entradas, uma couve flor assada de estalo e um tártaro de lulas muito elegante - ainda que torça o nariz a que lhe chame “tártaro”. Dos pratos principais, destaco o delicioso e outonal pregado na brasa, cogumelos silvestres (cantarelos), patissons, batata nova (com um suave geleia de mostarda por cima) e um jus de carne delicado - ainda que o pargo braseado (um senhor pargo, diga-se) com puré de tupinambor, laranja, espinafres selvagens, sésamo e emulsão de alho negro, não lhe tenha ficado muito atrás.  

 

Também ainda não foi desta que o chefe pasteleiro Claiton Ferreira me desiludiu. Que bela e equilibrada marmelada de maçã com gelado de iogurte. Ah! E os cocktails do Fernão Gonçalves Gonçalves prometem. A sua versão do negroni é um espectáculo! Também outro habitué nas últimas equipas de Noronha está com ele no Pesca. Refiro-me a Vagner Costa, o chefe de sala, talvez o que tem mais trabalho de afinação da equipa pela frente. Quanto a preços...hum... algo salgados. It’s The Principe Real, stupid!

 

IMG_1518.JPG

couve-flor na brasa creme de avelãs, puré de limão, ervilha de quebrar e carvão vegetal

 

IMG_1520.JPG

tártaro de lula gema de ovo em picle, maçã Granny Smith, aipo rama e aneto

 

IMG_1521.JPG

pregado na brasa, cogumelos silvestres, batata nova, geleia de sementes de mostarda, patissons, óleo de argan e azedas limão

 

IMG_1519.JPG

pargo legítimo braseado, puré de tupinambor, laranja, espinafres selvagens, sésamo e emulsão de alho negro

 

IMG_1549.JPG

marmelada de maçã gelado de iogurte de ovelha, pétalas caramelizadas e flor de sabugueiro 

 

IMG_1499 (1).jpg

negroni salgado envelhecido com funcho gin plymouth, tequila excellia, vermouth la quintinye rouge e campari

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:00


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos Alexandre a 30.09.2017 às 19:07

Já pensei bastante no assunto e nada justifica os preços.

O prato de polvo custar 25 euros é incompreensível.
A entrada de carabineiro 35 euros parece-me claramente exagerado.
O salmonete, 39 euros ???
Em muitos pratos, é comparável a preços do Ritz.

Vinhos que podemos consideradar bem pagos.

O que comi no Pedro e o Lobo nunca passou duma apreciação acima do satisfatório.
Acredito que terá havido evolução, mas fará sentido começar tão por cima nos preços, sem provas dadas?

Haja turismo!

E boa sorte ao projeto.
Sem imagem de perfil

De Sofia a 02.10.2017 às 09:41

Uma sugestão para o asterisco do soft opening: https://ohomemquecomiatudo.wordpress.com/2017/08/17/este-texto-esta-em-soft-opening/

;)

Comentar post



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Setembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Comentários recentes

  • João Gonçalves

    "E, é claro, o Varanda do Ritz Four Seasons, de Li...

  • Duartecalf

    Se no ano passado íamos duplicar e não duplicámos,...

  • Miguel Pires

    Seria de bom tom, a alguém que tem uma opinião tão...

  • Miguel Pires

    Podemos sempre especular o que quisermos, como, po...

  • Anónimo

    Miguel,Neste momento já foram recebidos os convite...