Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Belcanto.jpg

 

Como já vem sendo habitual a organização do World’s 50 Best Restaurants, cujo ranking será anunciado no próximo dia 5, em Melbourne, Austrália, antecipou, esta manhã, a divulgação da 2ª parte da lista, com os restaurantes que se classificaram entre o nº 51 e 100 em 2017. Portugal (como sempre, agregado a Espanha na mesma região), continua a ter a presença de apenas um restaurante, O Belcanto, que surge agora na 85ª posição, uma queda de 7 lugares em relação ao 78º lugar de 2016.

Apesar de não serem revelados números de votos de cada restaurante sabe-se que nesta segunda parte da lista as pontuações são muito próximas pelo que esta queda do restaurante de José Avillez não tem, a meu ver, nenhuma leitura especial. Como revela a organização, este ano o número de votos aumentou 52% ( ainda que o número de votantes pouco tenha alterado - são 1040), dado que foi indicado a cada membro do júri que votasse em 10 restaurantes e não em 7, como no passado. Este aumento de votos trouxe novas entradas e muitas mexidas, contudo são raras as quedas acentuadas.  

 

Numa vista rápida dá logo para perceber uma série de restaurantes que caem da 1ª liga para aqui: Biko (México), Estela (NYC), Schloss Schauenstein (Suíça), Quique Dacosta  (incompreensivelmente, a meu ver), ou o Fäviken de Magnus Nilsson (Suécia). Porém, como é natural, no comunicado, a organização destaca apenas os pontos positivos. São eles: 

 

. Há 11 novos restaurantes na lista

. este ranking inclui restaurantes de 24 países em seis continentes

. EUA lidera com nove restaurantes

. Espanha e França contam quatro entradas cada

. A mais alta entrada é Disfrutar (nº55), Barcelona, ​​vencedora do prémioOne to Watch

. A Ásia é representada por nove restaurantes em cinco países

. Odette, Singapura, o Prémio de Melhor Nova Entrada nos 50 Melhores Restaurantes da Ásia, estreia na lista global no número 86  

. Cinco estabelecimentos da lista de 2016 dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina estão classificados na lista 51-100 global

 

A estes acrescento ainda a estreia, no 69º lugar, do Hiša Franko em Kobarid, Eslovénia, onde estive recentemente e aconselho vivamente comandado pela chefe Ana Roš, a quem a organização já tinha atribuído há umas semanas o título de Melhor Chefe Mulher de 2017.  

 

Fica a lista abaixo: 

 

Captura de ecrã 2017-03-28, às 10.34.39.png

Captura de ecrã 2017-03-28, às 10.36.15.png

Captura de ecrã 2017-03-28, às 10.36.49.png

 

Foto: Paulo Barata

 

Posts relacionados: 

Belcanto de José Avillez sobe 13 lugares na lista dos melhores restaurantes do mundo de 2016

Osteria Francescana ganha o título de melhor restaurante do mundo da lista do The World 50 Best de 2016

 

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:51


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Antonio Lopes a 28.03.2017 às 11:25

LOL
Sem imagem de perfil

De Diogo Figueiredo a 30.03.2017 às 01:50

Pena de so figurar um restaurante portugues na Lista,

No entanto tenho tido uma questao.

No meio de tantos projectos em que Jose Avillez anda envolvido (que apesar de um respeito incrivel que tenho ao Chef, esta a enveredar por projectos para o comercial),
tera sido a ausencia do chef na cozinha (nao sei ate que ponto) a justificar a queda no ranking?

Ou veremos alguma vez (espero mesmo que nao) o Belcanto perder a 2a estrela devido ao mal que "ataca" os chefs estrela (como aconteceu no L'And) de estarem em projectos mas nao no restaurante?

Por isso parabens ao sub-chef do Belcanto!

Cumps
Diogo
Sem imagem de perfil

De Duartecalf a 06.04.2017 às 14:14

Como o Miguel refere no texto, uma queda de 7 lugares nesta parte do ranking não significa grande coisa, se forem como é referido, votações muito perto umas das outras. E atenção que não é preciso piorar, basta que os outros melhorem!

Quanto ao Guia Michelin, não acho que JA corra o risco de perder uma estrela tão depressa. A confiança no trabalho dele parece ser grande tendo em conta a rapidez com que ganhou duas vezes 1 estrela e um vez a segunda. Quanto muito poderá ficar com duas durante algum tempo/eternamente...

Dito isto, as perguntas do Menu de Interrogação sobre esse tema foram bem certeiras!

Comentar post



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Comentários recentes

  • João Gonçalves

    "E, é claro, o Varanda do Ritz Four Seasons, de Li...

  • Duartecalf

    Se no ano passado íamos duplicar e não duplicámos,...

  • Anónimo

    Mero lapso.Fica a assinatura: Carlos Dias.Encantad...

  • João Faria

    Se durante tanto tempo sacrifícios foram feitos na...

  • Miguel Pires

    Seria de bom tom, a alguém que tem uma opinião tão...