Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Carlos Maribona analisa a Lisboa gastronómica

por Duarte Calvão, em 24.04.16

Desde 2008, quando se realizou o primeiro Peixe em Lisboa, Carlos Maribona vem à cidade, aproveitando para visitar alguns dos nossos restaurantes mais conhecidos. Julgo que será mesmo o jornalista/crítico internacional que melhor conhece a evolução gastronómica de Lisboa, acompanhando anualmente o trabalho de alguns dos principais chefes.

 

 

Este ano não foi diferente e Carlos Maribona, experiente jornalista do ABC, de Madrid, deixou agora uma série de quatro posts no seu imprescindível blog Salsa de Chiles, que intitulou "Lisboa Gastronómica". Belcanto, Alma, Loco e Taberna da Rua das Flores em conjunto com a Peixaria da Esquina, foram os restaurantes visitados e analisados. Há elogios e críticas, pratos que agradaram mais e outros menos, há polémica nos comentários (sobretudo no post respeitante ao Loco), mas há sobretudo o olhar independente e bem fundamentado de um grande profissional, capaz de nos comparar com o melhor que se faz no mundo. E bem precisamos desse nível de exigência.

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:28



PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Abril 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Comentários recentes

  • PR

    "Porém, e ao contrário do que muitas vezes se escr...

  • PR

    Tão grande foi o choque da perda da terceira estre...

  • Paulo

    Não se aborreça Miguel. As redes sociais são impla...

  • Paulo

    Não conhecendo os motivos do encerramento, se calh...

  • joana

    sardinhanalfabeto!