Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Quinta de Lemos red (117).jpg

Uma noite de primavera muito agradável, um espaço lindíssimo. Saí um pouco para o exterior, sentei-me numa das cadeiras, puxei de uma das várias mantas/toalhas disponíveis e, confortavelmente, desfrutei do vinho Dona Santana que tinha no copo que me acompanhava. O seu aroma floral, em particular, agradava-me muito.

 

O evento em que estava na Quinta de Lemos, “As curvas torneadas de vinho no feminino”, pretendia ser uma homenagem às várias mulheres da família e simultaneamente festejar o vinho, a gastronomia, o convívio, a amizade…

 

 

Em frente dos meus olhos estendiam-se as vinhas. Este contacto com a natureza, o espaço de onde provavelmente provinham as uvas do vinho que estava a beber, introduzia uma componente adicional na sua percepção.

Quinta de Lemos-1 (1).jpg

Mas outros aspectos marcaram o que sentia naquela noite, e em particular o momento em que desfrutava daquele copo de vinho. Comecemos pelo princípio…

 

Celso Lemos, proprietário da Quinta de Lemos no vale do Dão, detém naquela região, onde nasceu, um próspero negócio na área têxtil e em meados dos anos 1990 comprou a quinta em que estávamos. O seu objetivo era produzir vinhos de qualidade, usando as castas tradicionais da região, que lhes conferem a sua personalidade e características própria. Trabalho este actualmente da responsabilidade de Hugo Chaves, um enólogo nascido em Viseu.

 

Vinhos que Celso Lemos dedica aos seus amigos mais próximos e a familiares, a alguns deles, sobretudo aos mais nobres, dá mesmo o nome de alguns desses familiares: Dona Georgina, Dona Louise, Dona Santana... Vinhos que pretende que promovam o convívio e contribuam para criar ou fortalecer laços entre as pessoas.

 

Ali, naquela noite, apercebi-me da responsabilidade que Celso Lemos, e o seu filho Pierre Lemos também envolvido nas empresas familiares, sentem por aquela região e pelas pessoas que a habitam. Naquela festa estavam muitos dos seus amigos, alguns do seus clientes, mas estavam também as pessoas que trabalham na quinta, que produzem aqueles vinhos. Isso fez-me voltar uns anos atrás e pensar na minha própria família, na empresa que durante muitos anos teve, e na responsabilidade que também sentiam pela região em que ela estava implementada e pelas famílias que dela dependiam. Foi muito gratificante ali naquele espaço, bem diferente, ter como que voltado ao passado. Foi muito bom testemunhar este tipo de atitude, sobretudo nesta época em que as relações laborais em muitos casos têm características bem diferentes.

 

O espaço em que estávamos era muito bonito, construído em volta de uma enorme rocha, um espaço moderno, sofisticado, mas ancorado na tradição e na natureza envolvente.

IMG_20150530_123210.jpg

Ele inclui um restaurante, o Mesa de Lemos, aberto ao público nas noites de sexta e sábado, que oferece uma cozinha actual e sustentável, baseada nos produtos e sabores locais, que tem à frente Diogo Rocha, também ele da região. Foi ele o responsável pelo óptimo jantar que tinha acabado de ter.

sobremesas qt de lemos.jpg

O vinho acabou, era hora de voltar para dentro, para a festa em que se celebrava o vinho e a gastronomia, mas sobretudo a amizade, as relações humanas e a partilha. Foi uma experiência que mudou a minha relação com estes vinhos.

 

Fotos cedidas pela Quinta de Lemos, excepto terceira que é minha.

 

Contactos

Mesa de Lemos - Quinta de Lemos - Silgueiros

Tel:  232 951 541 e 961 158 503

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:31



Pub


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pub




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Comentários recentes

  • Artur Hermenegildo

    Estive no Mesa de Lemos na 4ª feira passada, grand...

  • Adriano

    #offtopicEntão é um artigo, sobre a notícia que es...

  • Duartecalf

    Excelente notícia o regresso de Vincent Farges a P...

  • Anónimo

    Em fez de "amuse bouche", porque nao "entretem de ...

  • João Faria

    Quando o anúncio do guia chegar a Portugal - e acr...





Calendário

Julho 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031