Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




IMG_2771.jpg

Foi lançado esta terça-feira, no belíssimo Palácio de Monserrate, em Sintra, o novo Barca Velha.  Já se conhecia o ano da colheita, 2008, mas para lá chegarmos nessa noite foi preciso esperar umas horas, com conversa animada, 4 vinhos do portefólio Sogrape pelo meio, vários snacks e 3 bons pratos de Miguel Rocha Vieira, do Fortaleza do Guincho. Ora, o que são umas horas de vida quando temos pela frente um vinho mítico que esperou 8 anos até ver a luz do dia?   

 

 

IMG_2764.jpg

 

"Este é um momento que vai ficar na história da Sogrape, da Ferreirinha, do Douro e de Portugal" referiu o presidente da empresa, Fernando Guedes, ao apresentar o emblemático vinho. Sim, foram as habituais palavras de circunstância sempre com alguma emoção e algum exagero à mistura. Porém, como o próprio referiu, "não é todos os dias que se apresenta um Barca Velha". E não. Querem alguns pormenores ou, neste caso, "pormaiores"?

 

Desde 1952  apenas 18 colheitas, mereceram essa designação - as tais que representam "anos excepcionais". Também, como é sabido, este vinho nasceu de um sonho pessoal de Fernando Nicolau de Almeida que idealizava um tinto do Douro com a mesma filosofia de qualidade e de guarda dos Portos Vintage, que produzia desde 1929, altura em que ingressou na Ferreira. E, por último (antes de voltarmos ao inicio), é interessante referir que ao longo de mais de meio século, o Barca Velha teve apenas 3 enólogos: o já citado Fernando Nicolau de Almeida, José Maria Soares Franco e o actual chefe de enologia da Ferreirinha (adquirida pela Sogrape em 1979), Luís Sottomayor. 

 

E o que tem este Barca Velha de diferente dos outros, queríamos saber nós e o próprio presidente da Sogrape,  que ao encerrar o discurso, revelou que, umas semanas antes, quando provava o vinho com Luís Sottomayor, lhe perguntou isso mesmo. A resposta?  "este é um vinho misterioso".

 
Quando tomou a palavra, Luis Sottomayor (na foto de cima) referiu que nunca houve dúvidas em relação às colheitas  anteriores, o 1999, o 2000 e o 2004, que já nasceram como Barca Velha. Todavia, já o novo 2008 revelou-se um mistério. O enólogo referiu que o vinho sempre mostrou carácter e personalidade mas que às vezes, não o percebiam. "tinha estrutura, complexidade e era vivo na boca, mas parece que o ouvia pedir  "dêem-me tempo". Já a finalizar, referiu ainda que "este é certamente um vinho que vai estar muito tempo connosco". Não nos custa a acreditar. Afinal, um mito é um mito porque perdura no tempo. 
 
Na hora da verdade, o tom das falas baixou e sobrepôs-se o som do "glup glup" do vinho a passar pelo gargalo das garrafas em direcção ao copo. Houve quem cumprisse os preceitos da praxe: observar a cor do vinho, levá-lo ao nariz uma primeira vez e depois uma segunda vez após agitá-lo e, por fim, prová-lo. Também houve, claro, quem não resistisse à ansiedade de ir directamente ao assunto.
 
Sottomayor revelou que decantaram as garrafas que íamos beber pela manhã, porque o vinho precisa de tempo para se revelar. Mas pela noite, mostrou-se, de facto, algo de excepcional. Não pela pujança (nunca foi pujante e ainda bem), mas pelo carácter e elegância que revela. Não é uma daquelas bombas novas agrestes. Oito anos em garrafa deram-lhe uma finura única. É um Douro, sim: na cor, no aroma (frutos vermelhos, especiarias..) e na boca. Mas aquele estrutura, equilíbrio e final dão uma vontade de seguir bebendo-o que é difícil de explicar.  E o  melhor, como é hábito, este Barca Velha continua jovem e prevê-se que assim se mantenha por vários anos. 
 

FullSizeRender 11.jpg

Veado cozinhado a baixa temperatura com uma terrina das miudezas, marmelo e romã, foi o prato criado por Miguel Rocha Vieira para acompanhar o Barca Velha. Como o mesmo disse: "idealizei este prato para ser o vinho a brilhar"

 
IMG_2775.jpg
 
No final do jantar, com a sobremesa, seria servido ainda um Porto Ferreira Vintage de 1952, o ano em que o grande mentor da empresa, o Sr. Fernando Guedes, entrou na Sogrape e que coincidiu, também, com a data da primeira colheita do Barca Velha. Porém, ainda que apreciasse a raridade continuei mais virado para o 2008. É difícil de explicar. Ou, se calhar, não.
 
FullSizeRender 9.jpg
 
Entrada para o belíssimo Palácio de Monserate onde decorreu lançamento do vinho
 

IMG_2759.jpg

 A entrada para a sala onde decorreu o jantar

 

Que venha o próximo. Do actual, são apenas 18 mil garrafas (metade do 2004) e o preço de cada deverá andar na casa dos 400€. E que se apressem os candidatos. Procura não falta

 

Colheitas de Barca Velha: 1952, 1953, 1954, 1957, 1964, 1965, 1966, 1978, 1981, 1982, 1983, 1985, 1991, 1995, 1999, 2000, 2004 e 2008.

 

Posts Relacionados: 

E o novo Barca Velha é... o 2008!

Lançamento: o Ferreirinha Reserva Especial 2007 e a problemática do irmão de notas vinte

Barca Velha 2004. Eu Pecador me confesso 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:42


2 comentários

Sem imagem de perfil

De PR a 20.10.2016 às 21:28

Off topic:

http://www.abc.es/viajar/gastronomia/abci-espana-tendra-nuevo-tres-estrellas-michelin-201610201938_noticia.html

Agora que já sabemos que nenhum restaurante portugues vai ter tres estrelas, venha entao esse "bombazo" de primeiras estrelas. De resto, nao deveremos tardar muito em saber quem foram os premiados pois os convites para a cerimonia de entrega acabaram de seguir pelo correio.
Imagem de perfil

De Miguel Pires a 20.10.2016 às 22:57

Caro PR, muito agradecemos a partilha da informação. Vamos fazer um post já de seguida baseado na notícia do ABC.

Comentar post



Pub


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pub




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Comentários recentes

  • Artur Hermenegildo

    Estive no Mesa de Lemos na 4ª feira passada, grand...

  • Adriano

    #offtopicEntão é um artigo, sobre a notícia que es...

  • Duartecalf

    Excelente notícia o regresso de Vincent Farges a P...

  • Anónimo

    Em fez de "amuse bouche", porque nao "entretem de ...

  • João Faria

    Quando o anúncio do guia chegar a Portugal - e acr...





Calendário

Outubro 2016

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031