Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Dia de S. Valentim: fuja ou junte-se a eles

por Miguel Pires, em 14.02.14

Há quem o considere ridículo, piroso, sinistro, marketeiro e se recuse a entrar na onda. Contudo,  o dia de S. Valentim, ou dia dos namorados, ou dia de nem morto janto fora, é um bênção para a uma boa parte dos restaurantes. Se publicássemos um post por cada press release que recebemos, com sugestões de ementas, noites e presentes, teríamos assunto até Dezembro. Mas porque o ano ainda vai no adro, não damos espaço à torrente, mas apenas a duas sugestões (que não metem esfoliações com ouriços, nem hambúrgueres de pétalas de rosas, nem como comer o/a parceiro/a antes do limpa palato).

 

Para a primeira sugestão há que puxar um pouco pela carteira. Mas e então? O Ritz é o Ritz e desde quando é que o amor tem preço? Quis o hotel, numa acção de charme, apresentar à imprensa o menu do chefe Pascal Meynard  para esta noite (e em que alguns pratos, segundo percebi, transitarão para a nova carta de estação). Para começar há um "carabineiro marinado com citrinos, legumes crocantes, óleo de limão e manjericão", um belíssimo prato, que só não é o melhor que já comi neste emblemático lugar, porque o principal, "filete de vitela 'au combava', beringela lacada com miso, crocante de kumquat e sésamo preto", uma combinação França meets Japão, é de se lhe tirar o chapéu. Pelo meio há ainda uma "vieiras com trufa preta, geleia de Funcho e alho francês com pimenta fumada" e, a finalizar, a sobremesa do chef pasteleiro Fabian Nguyen, "Coração de Framboesa e Hibiscos". Como alternativa à carne, pode optar-se por um "cherne com pinhões, canneloni de couve e amêijoas". Porém, vão por mim, que até sou mais de peixe: optem pela vitela. Converte até um vegetariano.

 

 

Contactos: Restaurante Varanda - Hotel Ritz Four Seasons; Rua Rodrigo da Fonseca, 88- Lisboa ; Tel: 213811400

 

**

 

A segunda sugestão é para uma ida até à Mouraria, ainda em Lisboa, onde a Adriana Freire e outras pessoas desenvolvem o meritório projecto de inclusão social Cozinha Popular da Mouraria, (Rua das Olarias 5 ; telef: 926 520 568). Ora para hoje está previsto um jantar "para ex-namorados, desemparelhados, desiludidos, desesperados, desalentados, desgostados, despeitados, desapontados e encalhados em geral". Espreitem o menu e as fotos no Facebook e prevejam o que poderá acontecer.

 

O dia de S. Valentim é ridículo? Rídiculas são as cartas. As de amor. :)

 

Todas as cartas de amor são 
Ridículas. 
Não seriam cartas de amor se não fossem 
Ridículas. 

Também escrevi em meu tempo cartas de amor, 
Como as outras, 
Ridículas. 

As cartas de amor, se há amor, 
Têm de ser 
Ridículas. 

Mas, afinal, 
Só as criaturas que nunca escreveram 
Cartas de amor 
É que são 
Ridículas. 

Quem me dera no tempo em que escrevia 
Sem dar por isso 
Cartas de amor 
Ridículas. 

A verdade é que hoje 
As minhas memórias 
Dessas cartas de amor 
É que são 
Ridículas. 

(Todas as palavras esdrúxulas, 
Como os sentimentos esdrúxulos, 
São naturalmente 
Ridículas.) 

Álvaro de Campos (Heterónimo de Fernando Pessoa), in "Poemas" 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:10



Pub


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

PUB


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mesa Marcada - Os 12 Pratos do Trimestre


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728

Comentários recentes

  • Alexandre Silva

    O que está a dar, é o que não está a dar! Fico esp...

  • Jorge Guitian

    Uno más para la agenda de la próxima visita a Lisb...

  • Joao Fernandes

    Eu trabalho com mangalitza na Hungria, neste caso ...

  • João Faria

    Há uns tempos deparei-me com uma imagem do marmore...

  • Bruno

    Interessante - moro em Londres e não conhecia o Ta...