Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




E o novo Barca Velha é... o 2008!

por Miguel Pires, em 15.06.16

IMG_8893.JPG

 

O lançamento de um novo Barca Velha é um dos momentos mais aguardados por quem acompanha o mundo dos vinhos (só superado por outros dois: o instante em que o bebemos e a ocasião em que apreciamos qualquer uma das outras colheitas). Aliás, desde 17 Maio de 2012, quando foi lançado o 2004 - que o João Paulo Martins e a Revista de Vinhos viriam a dar "apenas" 19 (em 20) pontos, seguidos pela Wine Enthusiast que classificou com 99 (em 100) pontos - que se pergunta: e qual será o ano do próximo? 

 

 

Pois bem num comunicado enviado, há momentos, à imprensa, a Sogrape comunica a tão esperada decisão: o próximo Barca Velha é o 2008. Como é sabido este tinto do Douro é o mais icónico e um dos mais raros e caros vinhos de mesa portugueses. Desde 1952, até hoje, apenas houve 18 colheitas declaradas como tal (em anos muito muito bons mas não excepcionais temos Reserva Especial) e o enólogo da casa Luís Sottomayor justifica a decisão do 2008 como sendo o resultado de "uma vindima excepcional na Quinta da Leda", a propriedade de 160 hectares de vinha plantados, que dá hoje origem à maior parte dos vinhos que integram o lote composto pelas castas tradicionais da região.  “Os grandes vinhos revelam-se logo à nascença, mas os vinhos superiores, aqueles que ficam para escrever e contar histórias, esses precisam de provar que merecem um lugar na garrafeira e passar o teste do tempo”, comenta o enólogo, justificando os 8 anos que o vinho esteve em garrafa - tal como aconteceu com o 2004 ou com outras colheitas anteriores. 

 

Porém, apesar de ser conhecido a partir de hoje o ano de safra do mítico vinho, os apreciadores só poderão disputar umas garrafas a partir de Outubro, data prevista para o seu lançamento. Quanto a preços, não há conhecimento, mas, a ver pela expectativa que sempre precede o acontecimento, não haja ilusões: cada uma das 18000 garrafas que serão colocadas à venda não andará longe dos 300/400€, o preço do 2004 em loja.

Portanto, no próximo Natal, um Apple Watch ou o novo Barca Velha 2008? Hum... aposto mais no segundo. O primeiro ainda tem os taninos muito verdes.

 

Posts Relacionados:

Dêem tempo ao novo e misterioso Barca Velha 2008

Lançamento: o Ferreirinha Reserva Especial 2007 e a problemática do irmão de notas vinte

Barca Velha 2004. Eu Pecador me confesso

No início da longa vida do Barca Velha 2004

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:40


4 comentários

Sem imagem de perfil

De aalmeidah a 16.06.2016 às 12:01

Nunca tive o privilégio, nem sequer do o cheirar. Mas haverá quem o compre com a mesma facilidade com que alguns compram uma mini para acompanhar um pires de tremoços.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.06.2016 às 13:02

É curioso esta reverência ao Barca Velha.
Quantos prémios internacionais já ganhou? E há quanto tempo?
Leio acerca de tantos outros vinhos portugueses que ganham prémios de topo pelos concursos mundiais, vinhos esses que, de acordo com os conhecedores nacionais, nem se aproximam do Barca Velha...
Isto não será um mito?
Sem imagem de perfil

De Duartecalf a 17.06.2016 às 10:17

Não bebi Barca Velha, por isso não vou defender o que não conheço.

Mas o caro amigo sabe como funcionam esses concursos? Sabe quantos vinhos são provados e em quanto tempo?

Se há coisa que aprendi foi a fugir de medalhas desses concursos. São vinhos muito específicos, moldados para uma satisfação imediata, de forma a que o provador, no meio das centenas - literalmente - que bebe consiga destacar umas qualidades.
Sem imagem de perfil

De teixeira a 17.06.2016 às 11:49

Bebi o Barca Velha 2000 em um domingo de Páscoa. Ignorante, antes que me chamem, confesso preferir o sabor do Ferreirinha, do mesmo produtor. Comprei o 2004, por uma razão prosaica Como já passei dos 70 o argumento que apresentei ao fornecedor foi: não sei se estarei vivo na próxima edição. Não o bebi ainda, arriscadamente! Se daria 300-400 Euros para o 2008? Não.

Comentar post



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Junho 2016

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Comentários recentes

  • Miguel Pires

    Oops, já corrigido. Agradeço o reparo.

  • Martinho Cruz

    Tudo bem. Vega “Cecília” é que me ultrapassa.....

  • Anónimo

    Esta é uma boa notícia para esta altura do Natal.....

  • Duarte Calvão

    Acho, João Faria, que coloca a questão nos termos ...

  • João Faria

    É verdade que, infelizmente, a mudança ocorrida na...