Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




euskalduna-studio-a-equipa-do-restaurante-1b272.jpg

 

Faz na próxima semana um ano que Vasco Coelho Santos e uma curta e jovem equipa abriram no centro do Porto, o Euskalduna, um dos projectos de cozinha contemporânea mais interessantes que vi nascer nos últimos anos.

 

Para comemorar a data, o chefe do Porto convidou para jantares a quatro mãos sete chefes talentosos portugueses de várias regiões do país, numa espécie de Rota das Estrelas alternativo. A festança durará uma semana com Vasco a desafiá-los a saírem das zonas de conforto e trabalharem com ele um menu de outras regiões que não as suas.

 

O primeiro a acompanhá-lo no seu restaurante da Rua de São Ildefonso, amanhã dia 30, será Pedro Pena Bastos (ex-Esporão) para um menu dedicado à Beira Alta e Beira Baixa. Na sexta-feira (dia 1) será a vez de Vítor Adão, do Bistro 100 Maneiras, mostrar como se sai com a cozinha do Ribatejo.

 

Depois, no dia 2, será o chefe da Taberna ao Balcão Rodrigo Castelo transpor as suas farpas ribatejanas para o Alentejo, enquanto, no domingo, João Rodrigues, do Feitoria, juntar-se-á à equipa do Euskalduna para interpretarem a cozinha das regiões dos Açores e da Madeira.

 

Por sua vez no dia no dia 4 de Dezembro a noite é dedicada a cozinha de Trás-os-Montes e Alto Douro,  com a ajuda do mais recente chefe “estrelado” João Oliveira, do Vista, enquanto no dia  5, Manuel Lino, interpretará com a equipa da casa a cozinha do Minho e Douro Litoral. Já o jantar de dia 6 de Dezembro, não será a quatro mas sim a seis, com os chefes Luís Barradas e Carlos Fernandes a decifrarem a cozinha do Algarve.

 

Como já não há mãos a medir e aquela malta também quer festejar e não apenas trabalhar, no dia de aniversário, 7 de Dezembro, a Cervejaria Gazela vai ocupar o espaço e haverá cachorrinhos*, espumante e cerveja.

 

Como escrevi há uns tempos estou em crer que o forte dinamismo que o Porto tem vindo a viver vem permitir que restaurantes com uma oferta mais sensível e arriscada, fora da matriz mais comum, possam ser bem sucedidos. O Euskalduna chegou na hora certa e merece o destaque e a glória. Espero (ansiosamente) que outros projectos lhe sigam o exemplo. 

 

*O Mesa Marcada só não conseguiu apurar se neste dia será apresentado ou não o manifesto “The cachorrinho is the new francesinha”.

 

Posts relacionados: 

Critica Gastronómica: Euskalduna, o Porto já merecia um restaurante assim

Menu de Interrogação - 10 Perguntas a Vasco Coelho Santos

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:50



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Patrocínio


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Patrocínio


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira as listas completas


PUB



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Novembro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Comentários recentes