Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Não são (só) "vinhos naturais", são bons

por Miguel Pires, em 16.11.16

IMG_3975.JPG

Ontem, na galeria Passevite, em Lisboa, Tiago Teles (na foto) e António Marques da Cruz apresentaram os seus vinhos Raiz (uma novidade - um loureiro diferente da região dos vinhos verdes), Gilda, Maria da Graça (rodos do primeiro), Quinta da Serradinha (tintos e brancos, do segundo) e Utopia dos Cozinheiros (uma parceria entre os dois).

 

 

Ambos produzem vinhos genuínos, cheios de carácter, com pouca intervenção, mas feitos com conhecimento. Não são bons por serem "vinhos naturais", mas por serem bons e agradáveis de beber. Revelam por vezes alguma instabilidade mas é também isso que os torna interessantes. Afinal estamos a falar de matéria viva e não de coca-cola.

 

Lá fora este tipo de vinhos aparecem cada vez mais mais na carta dos restaurantes mais badalados e não apenas nos mais alternativos Nomas e neo-bistrots parisienses, como acontecia até há uns anos. Por exemplo um dos escanções mais apaixonados por eles tem sido Josep Roca do Celler de Can Roca (a propósito não percam o seu mais recente livro "Tras Las Viñas").

 

E a razão para uma maior aposta nestes vinhos não tem só a ver com a sua filosofia, mas também pelo seu perfil gastronómico. Porém, por cá, ainda que o panorama tenha vindo a mudar lentamente, não vejo a mesma atenção e interesse por parte dos nossos escanções. Se um chefe quer ter este ou aquele ingrediente chegando mesmo a ir ao produtor conhecê-lo, porque não fazer um esforço para entender também melhor este produto liquido?

 

Os vinhos do Tiago Teles e do António Marques da Cruz (Quinta da Serradinha), bem como outros distribuídos por Os Goliardos, podem ser encontrados em algumas lojas (ou no próprio site da distribuidora) e em restaurantes (e afins) como o Café Tati, À Margem, Os Gazeteiros, Leopold, 1300 Taberna, Boi Cavalo, entre outros.

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:58



PUB



Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Comentários recentes

  • João Faria

    Interessante análise e reflexão. Fiquei curioso em...

  • Adriano

    Miguel não me leves a mal este bocadinho de mau ol...

  • silva

    acho preço bastante caro, a não ser que as garra...

  • Artur Hermenegildo

    Ao que diz o Bloomberg, o Gaggan, nº7, irá fechar ...

  • Duarte Calvão

    É curioso, não tinha noção de que o êxito do Henri...