Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Prémios, garrafas, comidas, conversas e alegria

por Duarte Calvão, em 15.01.16

MESAMARCADA1_26.jpg 

Começou à hora marcada, apareceu quase toda a gente que convidámos – e quem não pôde vir apresentou boas desculpas – os vinhos do nosso patrocinador correram abundantes, servidos em copos adequados à temperatura certa, o espaço no Honorato Chiado estava perfeito, nem quente nem frio, houve comida farta, muitas conversas, alegria e, é claro, o anúncio dos prémios Mesa Marcada 2015, a sétima edição. O Miguel Pires e eu lá subimos ao palco mais uma vez, para a nossa performance anual, com a ajuda de muitos amigos que fizeram com que a coisa não corresse mal de todo. Pelo menos, apesar de encadeados pelas luzes dos holofotes, pareceu-nos que ninguém se foi embora e que não estragámos totalmente o fim de tarde aos nossos distintos convidados. E foram mais de 160, um recorde.

 

MESAMARCADA1_09.jpg 

Neste ano, o júri que atribuiu os prémios teve um número também recorde de participantes, 103 (cento e três), e a percentagem de profissionais de cozinha que o constituía superou os 40%. Por isso, é com muita satisfação que vemos que, premiados ou não, mais bem ou mais mal classificados, eles vêm à festa. Pedindo desde já desculpa se me escapou alguém (podem sempre corrigir-me nos comentários), vi por lá: Alexandre Silva (Loco), André Magalhães (Taberna da Rua das Flores), António Nobre (hotéis Mar D’Ar), Arnaldo Azevedo (Hotel Teatro), Bertílio Gomes (Chapitô), Carlos Fernandes (chefe de pastelaria Loco), David Jesus (Belcanto), Filipe Rocha (Escola de Formação Turística e Hoteleira de Ponta Delgada), Francisco Gomes (Pastelaria Colonial), Francisco Magalhães (Apicius), Henrique Sá Pessoa (Alma), Hugo Brito (Boi-Cavalo), Joana Xardoné (Apicius), João Oliveira (Vista/Hotel Bela Vista), João Rodrigues (Feitoria), José Avillez (Belcanto), Kiko Martins (A Cevicheria/O Talho), Leonardo Pereira, Ljubomir Stanisic (100 Maneiras), Luís Gaspar (Sala de Corte), Miguel Castro e Silva (De Castro/Less), Milton Anes (Lab/Hotel Penha Longa), Nuno Barros (Taberna 1300), Paulo Mota (Marina Atlântico Ponta Delgada), Pedro Pena Bastos (restaurante Herdade do Esporão), Renato Cunha (Ferrugem), Ricardo Costa (The Yeatman), Rodrigo Castelo (Taberna Ó Balcão), Tiago Feio (Leopold) e Vítor Sobral (Tasca da Esquina/Peixaria da Esquina).

MESAMARCADA1_12.jpg

Já se tinha bebido porto tonic (com Graham's Extra Dry White), Altano Branco 2015 e Altano Quinta do Ataíde Reserva tinto 2012, acompanhados pelas iguarias fornecidas pelos restaurantes do grupo Multifood, dona do espaço (que fica por debaixo da sala do Honorato), que gentilmente nos apoiou, só se deixando as sobremesas para depois do anúncio dos prémios, que seriam acompanhadas pelo espectacular porto Graham's 20 Anos, uma boa maneira de ninguém fugir ao ver os autores deste blogue pularem para o palco, devidamente intimidados (como se vê na foto acima) pela importância da ocasião e a exigente plateia.

MESAMARCADA1_14.jpg

Para tentar diluir a responsabilidade, chamámos para o palco um homem habituado a estas coisas, o experiente Paulo Amado, das Edições do Gosto e organizador do Concurso Chefe Cozinheiro do Ano, entre muitas outras actividades. Sem lhe tremerem as mãos, ele entregou a André Magalhães, da Taberna da Rua das Flores, o primeiro prémio da tarde, o Mesa Diária, que aliás este restaurante lisboeta já tinha ganho no ano passado. Talvez daí o aspecto altivo do taberneiro Magalhães, que em momento algum largou o copo (foto acima). E a Symington ainda lhe deu três magnuns de Altano Quinta do Ataíde Reserva tinto 2012.

 

4_Pref2015_MM.jpg

Mas se é de altivez que falamos, nada melhor do que socorrermo-nos do chefe Vítor Sobral, há 100 anos ao serviço da cozinha portuguesa (brincadeira, ele só comemorou 30 anos de carreira..), que trouxemos ao palco para entregar o prémio Revelação, que coube a Leonardo Pereira, que na primeira metade de 2015 deslumbrou toda a gente com o seu trabalho no hotel Areias do Seixo, de onde entretanto saiu. Como se vê na sequência de fotografias, Vítor Sobral tratou os autores deste blogue com soberano desprezo, mas lá cumpriu o papel, animando-se no momento da entrega do diploma. Leonardo Pereira receberia também uma garrafa de 4,5 l de Graham's 20 Anos das mãos de José Álvares Ribeiro,  Director Executivo da Symington.

 

MESAMARCADA2_099.jpg

 

Mas se Vítor Sobral até então não nos tinha ligado nenhum, arrependeu-se rapidamente, porque teve logo que voltar ao palco, só que desta vez para sermos nós a entregar-lhe o prémio de 10º chefe preferido dos jurados. Ainda estivemos vai não vai para nos vingarmos e esconder o diploma, mas a lembrança de um excelente arroz de camarão na Peixaria da Esquina amoleceu-nos o coração (pelo menos no meu caso) e lá entregámos. Vejam na foto acima como se põe o lendário chefe português bem disposto. É dar-lhe prémios.

 

4outra_Pref2015_MM.jpgNa lista dos 10 chefes preferidos, seguiu-se Pedro Lemos, mas como o chefe portuense ficou retido por motivos profissionais, tivemos a agradável presença da sua bela e simpática mulher, Joana, que recebeu o prémio. Depois, Henrique Sá Pessoa, que subiu 12 posições em relação ao ano passado, mostrando que os nossos jurados apreciaram rapidamente o seu novo Alma, no Chiado. Maior subida teve Leonardo Pereira, 40 posições, que voltou ao palco para receber o diploma de sétimo classificado. Depois, Ricardo Costa (na foto acima à esquerda), vindo especialmente de Vila Nova de Gaia, do The Yeatman, uma presença constante nesta lista, que este ano subiu duas posições. E ainda, em representação de Dieter Koschina, vindo também especialmente, mas do Algarve, esteve Celso Assunção, director do hotel Vila Joya (foto à direita).

 

MESAMARCADA2_131.jpgNa quarta posição, subindo duas em relação ao ano anterior, o discreto João Rodrigues, cujo trabalho no Feitoria tem merecido elogios quase unânimes. Um dos grandes vencedores de 2015. Do pódio, o medalha de bronze, Hans Neuner, do Ocean, e o medalha de prata, Leonel Pereira, do São Gabriel, não puderam vir, mas o medalha de ouro, José Avillez, não faltou, recebendo de Mariana Brito, da Symington, três magnuns do tinto Quinta do Vesúvio 2012, ficando a rir à toa, como se pode ver.

 

MESAMARCADA2_137.jpg

 

A cerimónia prosseguiu sem mais delongas, com mais um prémio especial, atribuído pela primeira vez, o de Restaurante Novo do Ano, que coube ao Alma, que Henrique Sá Pessoa reabriu no Chiado há poucos meses, mas que já está a causar sensação. À esquerda, José Alvares Ribeiro entrega o troféu vínico (três magnuns de Pombal do Vesúvio 2012). À direita, Miguel Pires esconde a inveja da garrafosa atrás de um sorriso amarelo.

 

MESAMARCADA2_145.jpg

Depois, no Destaque do Ano, com a subida mais impressiva, A Cevicheria, de Kiko Martins. Mesmo amparado por Gonçalo Aragão e Brito, da Symington, que lhe deu uma garrafa de 4,5 l de Graham's 20 Anos, o dinâmico chefe já não tinha mãos para receber mais um presente, o luxuoso kit de decantação da Graham's que o nosso patrocinador deu a todos os premiados. Mas a verdade é que lá o levou para casa, mesmo que nós tenhamos insistido em guardá-lo permanentemente.

 

MESAMARCADA2_148.jpgPor fim, os prémios para os 10 Restaurantes Preferidos do nosso júri, começando pelo décimo classificado, a Fortaleza do Guincho, recebido por Petra Sauer, directora do hotel nos últimos 12 anos (foto acima) e garante da qualidade gastronómica do restaurante, que em 2015 trocou de chefe, com a saída de Vincent Farges e a entrada de Miguel Rocha Vieira.

 

MESAMARCADA2_163.jpg

Entre os nove seguintes, voltaram ao palco os representantes da Cevicheria (entrada directa para a nona posição) e Alma (entrada directa para a oitava), Pedro Lemos (sétima, igual ao ano passado), The Yeatman (sexta, sobe dois) e Vila Joya (quarta, igual). De destacar a subida de três lugares do Feitoria, que conquistou a terceira posição, mais uma prova da consistência e qualidade do chefe João Rodrigues, bem satisfeito com a distinção do nosso painel de jurados, como se vê na foto acima. Já para celebrar mais uma primeira posição, José Avillez levou para o palco uma boa parte da equipa do Belcanto, como se vê na fotografia que abre este post.  Esperemos que a euforia que demonstravam não se tenha reflectido numa prestação menos boa na cozinha, nessa noite, até porque também conquistaram uma garrafa de 4,5 l de Graham's Colheita 1972.

 

Chegou então a hora de encerrar a parte "séria", descer do palco, e ir provar as sobremesas junto com os convidados. Não sem antes agradecer a todos que, além da Symington, nos apoiaram nesta iniciativa,  como a Amuse Bouche da Ana Músico, Paulo Barata e André Marques Santos, a Catarina Araújo, da Cats, excelente no design, a Rita Barreto, que fez as fotografias que ilustram este post, e, é claro para as equipas de cozinha e sala do grupo Multifood, dos incansáveis Margarida e Rui Sanches, André Xavier e José Morais, que asseguraram brilhantemente a parte gastronómica, proveniente dos seus diversos restaurantes. Constava de canapés: bresaola com queijo pecorino; crackers com foie gras e figo pingo de mel; mozzarella, tomate e manjericão (Delidelux). Shot de creme quente de castanhas trufado (Delidelux). Folhado de queijo de cabra (Cais da Pedra). Três mini-hamburgers: x-salada; x-Bacon; Picanha (Honorato). Três mini-sanduíches: rosbife; club; frango e caril (Delidelux). Cuscus com requeijão de Seia e cenoura glaceada (Cais da Pedra). Mini-prego em bolo de caco com mostarda de Dijon (Aprazível). Mini-prego em bolo caco com queijo da Serra (Aprazível). Croquetes com alheira e farinheira (Honorato). Nos doces, Banoffee Pie (Cais da Pedra), falso crumble (Sala de Corte), mousse de pêra com ricotta  e pistáceo (ZeroZero), mousse de chocolate, crumble e bolacha de aveia (Honorato).

 

FullSizeRender (2).jpgPara terminar, nada melhor do que esta fantástica ilustração do que se comeu elaborada no local pela artista plástica e gastrónoma Ana Gil, que integra o júri Mesa Marcada. Para o ano há mais.

 

 

 Posts Relacionados: 

Já são conhecidos "Os 10 Restaurantes e Chefes Preferidos de 2015" do Mesa Marcada

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:51


2 comentários

Sem imagem de perfil

De _Duartecalf_ a 15.01.2016 às 15:17

Parabéns pela organização, parece ter sido um sucesso! Se tem tantos atores do meio presentes, ficamos conversados quanto à credibilidade das votações!

Por mero acaso jantei no Belcanto na 3ª, um dia depois, e posso assegurar que a bazuca de 4,5 l da Grahams não fez efeito, pois a equipa demonstrou estar ao nível do lugar conquistado!

Já não tão por acaso, embora já tivesse na minha lista há bastante tempo, almocei hoje no "mesa diária", e fiquei maravilhado com a qualidade com que fizeram uma humilde 1/2 desfeita de bacalhau e sável com açorda de ovas! Para voltar e voltar...!
Imagem de perfil

De Só entre nós - he a 16.01.2016 às 13:12

Gostei muito do post, mas deixo uma questão: o Belcanto já não fecha às segundas?

Comentar post



Pub


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pub




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Comentários recentes

  • Artur Hermenegildo

    Estive no Mesa de Lemos na 4ª feira passada, grand...

  • Adriano

    #offtopicEntão é um artigo, sobre a notícia que es...

  • Duartecalf

    Excelente notícia o regresso de Vincent Farges a P...

  • Anónimo

    Em fez de "amuse bouche", porque nao "entretem de ...

  • João Faria

    Quando o anúncio do guia chegar a Portugal - e acr...





Calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31