Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sá Pessoa abre Alma e volta à alta cozinha

por Duarte Calvão, em 03.11.15

_MG_6032 copy.jpg

Demorou muito tempo, demasiado tempo, mas neste sábado abre finalmente ao público o novo Alma, de Henrique Sá Pessoa, em pleno Chiado. É um dos projectos que aguardo com mais expectativas, quer por este jantar "Origens" de que aqui falei quer por um outro óptimo jantar que lá tive no período de pré-abertura quer ainda por considerar que Sá Pessoa é um dos mais interessantes e bem preparados chefes portugueses da sua geração.

 

 

“Sinto que estou a voltar a jogar na alta cozinha, a elevar a fasquia”, disse o chefe ao Mesa Marcada, num bom sinal de maturidade e de honestidade consigo próprio, admitindo que nos últimos tempos do antigo Alma, em Santos-o-Velho, não estava a evoluir como queria e que, evidentemente, os seus projectos no Cais da Pedra e no Mercado da Ribeira, apesar de muito válidos, são de outra natureza.

 

FullSizeRender (1).jpgO salmonete com molho de caldeirada, provado no jantar "Origens". (Foto: Miguel Pires)

 

Após ano e meio de obras e de problemas vários, o novo Alma apresenta cerca de 50 lugares num espaço extremamente bonito e acolhedor, com 10 pessoas na cozinha e nove na sala, onde está o escanção Rodolfo Tristão. “Nas primeiras duas ou três semanas, vamos abrir só para jantar, mas depois a ideia é também dar almoços. E ficamos abertos ao domingo, só fechamos à segunda-feira, uma aposta num dia de descanso diferente”, afirma Sá Pessoa, que, além dos pratos à la carte, apresentará um menu degustação de cinco pratos por 75/80 euros e dois menus fixos de três pratos por 55/60 euros.

 

“Nesta fase, prefiro fazer menus mais curtos, não quero sobrecarregar os clientes com muitos pratos. Depois, daqui a um ano ou dois, logo se vê. Para já, terei uma mesa do chefe, onde poderei, a pedido, fazer menus mais extensos”, conta o chefe do Alma, que acrescenta que pretende “mexer na carta” com alguma frequência – “não quero que o restaurante seja só para ocasiões especiais, quero que as pessoas venham cá muitas vezes para provar pratos diferentes”. A localização no Chiado também é destacada, nomeadamente por, ao contrário do antigo restaurante, estar numa zona turística, alargando o mercado.

 

IMG_1733.JPG

 "Amuse bouche" servidos num jantar de pré-abertura. Aqueles macarons de foie gras com cacau foram das melhores coisas que provei ultimamente. (Foto: Miguel Pires)

 

Henrique Sá Pessoa parece respirar entusiasmo quando fala nesta sua volta à alta cozinha depois de um longo interregno. “O que mais me interessa é ter um lugar onde sinto que posso evoluir. Tenho um parceiro que não só me dá apoio financeiro como sabe de gestão. Assim, posso concentrar-me naquilo que acho que faço melhor, que é cozinhar. Nem sempre os bons cozinheiros dão bons gestores…”, admite. Mais um sinal de maturidade.

 

Morada: Rua da Anchieta, 15, tel. 213 470 650. Fecha à segunda-feira

 

Nota: Fotografia de abertura de Paulo Barata

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:13



Pub


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pub




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Comentários recentes

  • Artur Hermenegildo

    Estive no Mesa de Lemos na 4ª feira passada, grand...

  • Adriano

    #offtopicEntão é um artigo, sobre a notícia que es...

  • Duartecalf

    Excelente notícia o regresso de Vincent Farges a P...

  • Anónimo

    Em fez de "amuse bouche", porque nao "entretem de ...

  • João Faria

    Quando o anúncio do guia chegar a Portugal - e acr...





Calendário

Novembro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930