Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma pausa de hora e meia com Ferran Adrià

por Duarte Calvão, em 24.01.14

Uma entrevista ou palestra de Ferran Adrià é sempre uma ocasião para reflectirmos e aprendermos. Esta, exibida nesta segunda-feira no Programa Roda Viva, da TV Cultura, no Brasil, é imperdível. Mesmo quando as perguntas não são especialmente pertinentes, as respostas são sempre inteligentes e interessantes. Dura cerca de hora e meia e vale cada segundo. Num outro contexto, quem tiver Ipad, também não pode perder, até porque é gratuita, a aplicação "Adrià em Casa", com receitas do chefe catalão e da antiga equipa do El Bulli, posta recentemente à disposição de todos. 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:15


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Joao Alves a 24.01.2014 às 12:14

Caro Duarte,

Infelizmente a app só foi de borla durante um mês, e somente na Play Store brasileira, para marcar a visita do chefe ao país.

A app tem um custo a rondar os 15€, quer para Android, quer para iOS.

Parecem-me é que serão 15€ bem empregues...
Imagem de perfil

De Duarte Calvão a 24.01.2014 às 12:40

Obrigado pelo esclarecimento, João. Eu descarreguei gratuitamente para o meu Ipad, mas, de facto, foi já há algum tempo.
Sem imagem de perfil

De joao isidro a 24.01.2014 às 15:15

Enquanto estudante de um curso de cozinha já tinha sabido desta entrevista e assisti ontem a ela.
Sem imagem de perfil

De teixeira a 25.01.2014 às 21:22

Vi e achei interessante o Roda Viva. Considero, que se houve perguntas não pertinentes, houve, igualmente, respostas que beiraram o "magister dixit". Afora, é sempre uma boa oportunidade para se ter um "ponto da situação" de como vai o "pensamento futurista"das elites gastronômicas. Enquanto 50% da população do mundo passa fome e a outra metade faz dieta, entrevistas como esta não deixam de ser um deboche! São hilárias. Mas, há quem goste, e eu respeito.
Imagem de perfil

De Paulina Mata a 28.01.2014 às 13:00

Só ontem à noite consegui ver. O formato não é o ideal, antes pelo contrário. Algumas perguntas foram interessantes e pertinentes, a maioria nem por isso. A maioria das respostas foi.
Lembrei-me muito de uma sessão de quase 2 horas e meia com o Ferran Adrià a que assisti em Londres. Curiosamente foi sobre ela que escrevi no meu primeiro post no Mesa Marcada:
http://mesamarcada.blogs.sapo.pt/388370.html

Uma coisa que digo muitas vezes em palestras e aos meus alunos é que na minha opinião num menu de degustação nem todos os pratos têm que ser bons. Um menu de degustação é diferente de uma refeição à carta e há a oportunidade de produzir sensações e emoções de uma forma diferente. É essa sequência de sensações e emoções que é importante e não cada uma delas individualmente. E nalguns casos é perfeitamente pertinente incluir pratos que causem sensações menos agradáveis, ou até um pouco desagradáveis. Gostei de ouvir isso também nas respostas do Adrià. Mas claro que até para isso é preciso conhecimento. Não é incluir qualquer coisa mal feita.

Comentar post



PUB


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira os premiados e as listas...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub





Calendário

Janeiro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Comentários recentes

  • PR

    "Porém, e ao contrário do que muitas vezes se escr...

  • PR

    Tão grande foi o choque da perda da terceira estre...

  • Paulo

    Não se aborreça Miguel. As redes sociais são impla...

  • Paulo

    Não conhecendo os motivos do encerramento, se calh...

  • joana

    sardinhanalfabeto!