Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Vincent Farges sai do Fortaleza do Guincho

por Miguel Pires, em 13.05.15

MG_4453-copy.jpg

O chefe francês da Fortaleza do Guincho, Vincent Farges, comunicou hoje a saída do restaurante que ajudou a criar e a fazer crescer.  Um certo cansaço e a vontade de virar a página e apanhar outros ares terá estado na base da sua motivação. Em declaração ao Mesa Marcada a directora do hotel Petra Sauer diz que se trata de uma situação "saudável" e uma separação amigável. "O Vincent tem capacidades espectaculares e fez muito pelo Guincho, mas foram 10 anos. Chega a um ponto em que é natural que haja uma certa saturação". Também o Vincent Farges faz questão de sublinhar não sai "por razões pessoais, mas sim profissionais".

 

 

O Fortaleza do Guincho -  o restaurante em Portugal com uma estrela Michelin há mais tempo - procura agora um novo chefe para dar continuidade ao trabalho desenvolvido por Farges, que fez evoluir o conceito de uma cozinha francesa pura (com produtos franceses), à imagem do chef consultor Antoine Westermann (que deixou de assessorar o Fortaleza no ano passado), para uma cozinha mais personalizada, de raiz francesa, é certo, mas com uma grande aposta nos produtos de excelência portugueses, nomeadamente peixes, mariscos e legumes.  

 

Petra Sauer gostaria que o próximo chef fosse um português. "Entre um alemão e um português, não tenho qualquer dúvida", comentou. Contudo, para a directora "o Fortaleza tem uma equipa sénior e a escolha será feita com serenidade". 

 

A saída do chef francês está prevista já para Julho e tudo indica que irá para o estrangeiro. "Tenho duas hipóteses, ambas de fora, mas não tomei ainda a decisão". Farges adiantou que não vai regressar a França, porém, não quis revelar o destino. "Não interessa muito para onde vou. Interessa que vou continuar a vir cá. Tenho casa cá, o meu filho anda na escola cá e os meus amigos são de cá".

 

A terminar Vincent deixa no ar a vontade de vir a ter um projecto em Portugal. "Vou voltar certamente um dia, mas agora preciso de cortar um pouco e como não me surgiu uma oportunidade aqui, mas sim no estrangeiro..."

 

Algumas das melhores refeições da minha vida foram criações suas no Fortaleza e de uma forma egoísta lamento esta separação. Contudo faço votos para que surja alguém que o rapte rapidamente à saída da fronteira e que, por outro lado, o Fortaleza prossiga para uma nova etapa com a mesma distinção alcançada até aqui. 

 

P.S. Podia escrever umas palavras sobre a carreira de Vincent Farges em Portugal. Contudo, vou apenas recordar o feito alcançado pelo francês no ranking dos "10 Chefes Preferidos do Mesa Marcada", que como sabem é a única lista em Portugal que resulta da votação de uma centena de pessoas ligadas ao meio: 2014 - 3º Lugar ; 2013 - 2º Lugar; 2012 - 5º Lugar.

 

Foto: Paulo Barata

 

Posts Relacionados:

O Outono do nosso contentamento no Fortaleza do Guincho

Prémios Mesa Marcada "Os 10 Restaurantes e Chefes Preferidos de 2014" revelados

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:55


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos Alexandre a 13.05.2015 às 18:59

E assim, lá perco eu mais um dos meus restaurantes de referência.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.05.2015 às 13:08

Fui lá umas cinco vezes. uma delas ao jantar.
O jantar foi a única vez que vi o restaurante bem composto.
Aos almoços chegava a ser só eu.
Uma pena, pois tanto o espaço, como o pessoal da sala (escanção fantástico) e, acima de tudo, a cozinha são de topo em qualquer parte do mundo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.05.2015 às 08:09

Gostaria de ver o José Cordeiro a assumir a cozinha da Fortaleza do Guincho.
Sem imagem de perfil

De Carlos Alexandre a 14.05.2015 às 08:21

Se ele fizer o péssimo trabalho que faz no restaurante com o seu nome, mais vale ficar quieto.
A fortaleza tinha um estilo próprio, vindo do tempo do Antoine e interpretado pelo Vincent. Se introduzirem uma comida banal e cara, ao modo da que se pratica na maior parte dos restaurantes "gourmetizados" de Lisboa, será o fim da Fortaleza enquanto referência.
Imagem de perfil

De Artur Hermenegildo a 14.05.2015 às 10:09

Ora bolas!

Temo pelo futuro da Fortaleza enquanto restaurante de topo.

E é o único restaurante em Portugal que eu conheça que se mantém no topo há mais de 15 anos, isto num país onde isso não é nada habitual.
Sem imagem de perfil

De Duartecalf a 14.05.2015 às 12:54

Também digo "ora bolas!"

Tenho reserva lá para almoçar dentro de 10 dias (primeira vez) e não posso deixar de pensar se o facto de o chef estar de saída não terá impacto no almoço...!
Sem imagem de perfil

De Carlos Alexandre a 14.05.2015 às 13:29

A equipa está bem treinada.
Mantendo-se a ementa nos próximos dias, não deverá ter desilusão.

Sem imagem de perfil

De anónimo a 14.05.2015 às 21:46

Garanto-lhe que não, quem sabe não lhe vai saber ainda melhor!
Sem imagem de perfil

De Duartecalf a 26.05.2015 às 16:17

Mantive a marcação e em boa hora o fiz.

Excelente almoço, todos os pratos muitos bons, naquilo que me pareceu ser um bom equilíbrio entre o clássico e o moderno.

Espero que o restaurante mantenha o rumo com outro chef, pois pareceu-me um projeto consistente.

Comentar post



Pub


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pub




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Comentários recentes

  • João Faria

    Quando o anúncio do guia chegar a Portugal - e acr...

  • João Faria

    Mesmo que o sucesso não tenha sido tanto como inic...

  • Duartecalf

    Relendo o meu comentário parece que discordo da an...

  • Paulo

    Caro Pires. Eu confrontei o Angel com isso apenas ...

  • Paulo

    Ola Luis. Sim foi uma entrevista ao Angel. .





Calendário

Maio 2015

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31