Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Vítor Matos deixa a Casa da Calçada

por Miguel Pires, em 31.07.15

Chef-Vitor-Matos-Large.jpg

 

Continuam as andanças nas cozinhas portuguesas. Desta vez é Vítor Matos que vai abandonar o posto de chef no Largo do Paço, o Relais & Chateaux Casa da Calçada (1 estrela Michelin) em Amarante.

 

Segundo o comunicado recebido há instantes, o chef português refere que tinha apresentado a sua demissão no dia 15 de Julho  "por sentir o final de um ciclo profissional e não ter mais margem de progressão".

 

 

Quanto ao futuro, Vítor Matos deixa em aberto a possibilidade de concretizar um velho sonho, o de abrir um restaurante próprio, embora esteja aberto a estudar novas oportunidades que lhe surjam. "Agora sinto que vou ter tempo para pensar e estudar novas oportunidades para o futuro, estou livre de ver o que quero fazer, para viajar, ver o que melhor se faz pelo mundo fora, até e porque não... abrir o meu espaço, pois esse sempre foi o meu sonho!". 

 

Vítor Matos estava na Casa da Calçada há 5 anos, onde tinha entrado para substituir Ricardo Costa que saíra para o The Yeatman, em Gaia. Matos teve desde o inicio a responsabilidade de segurar a estrela Michelin conquistada por Costa, tendo conseguido esse feito, ano após ano, até aos dias de hoje. O chefe nortenho recebeu ainda várias distinções e foi presença assídua nos 10 Preferidos do Mesa Marcada (o único prémio em Portugal que resulta da votação de um vasto júri representante de várias áreas da gastronomia em Portugal).

 

Leia abaixo o comunicado na íntegra:   

 

Chegou o fim de um ciclo de trabalho, desempenho, dedicação no restaurante Largo do Paço da Casa da Calçada Relais & Chateaux, foram cinco anos e meio a alcançar reconhecimento, méritos, prémios e objectivos profissionais, deixo uma casa com a certeza, que se transformou umas das referencias de Portugal e com reconhecimento Internacional.

Apresentei a minha demissão no dia 15 de Junho, por dois factores... o sentir o final de um ciclo profissional e não ter mais margem de progressão.


No sentido de paragem, sentir, ouvir, procurar o equilíbrio entre trabalho e família, espero que todos que tiverem essa oportunidade o façam,

 

agora sinto que vou ter tempo para pensar e estudar novas oportunidades para o futuro, estou livre de ver o que quero fazer, para viajar, ver o que melhor se faz pelo mundo fora, até e porque não... abrir o meu espaço, pois esse sempre foi o meu sonho!

Cozinha é sentimento é subtileza é paixão é partilha... temos de ser verdadeiros com nos próprios e nunca pactuar com jogos e palavras menos próprias, temos de ser profissionais acima de tudo! Quanto ao resto o tempo se encarrega de resolver!

Obrigado pela oportunidade que me foi dada para liderar este projecto, saio com o sentimento de ter cumprido a minha missão, que foi criar uma cozinha divertida, inovadora, fresca, com aromas, sabores e ligações com sentido, mesmo que por vezes me tenham chamado de “barroco” ou “homem dos sete ingredientes”.

Espero ter deixado a minha marca na Casa da Calçada e em Portugal, deixo o meu testemunho para todos os profissionais da cozinha que procuram evolução e mudanças nesta sociedade que ainda não esta preparada para tratar o cozinheiro com o devido valor.

Tive o privilégio de iniciar este projecto e trabalhar com grandes pessoas pelo caminho percorrido nestes últimos anos, obrigado equipa, clientes, fornecedores e aqueles que me apoiaram neste projecto desde o início e que ainda hoje me apoiam.

Quero também deixar um agradecimento muito especial a família Mota por ter acreditado e apoiado durante estes anos pois sem eles não seria possível termos alcançado o sucesso!

Obrigado e até já!

Vitor Matos

  

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:59


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Rui a 31.07.2015 às 16:53

Ui, claramente tentaram meter-se e intrometer-se num espaço que não era o deles... Mais do mesmo. Cada vez mais, infelizmente.
Sem imagem de perfil

De Mpedro a 01.08.2015 às 23:19

Felecidades para o Vitor Matos.

Proporcionou-me das melhores refeições que tive.

Espero duas coisas que o Largo do Paço acerte uma vez mais no substituto e que o Vitor nos continue a dar felicidade.

Sem imagem de perfil

De Duartecalf a 03.08.2015 às 12:28

Tendo havido em 2015 a apresentação oficial de uma nova carta, não deixa de ser estranho.

Seja como for, almocei lá há quase 2 meses e foi uma refeição de alto nível.

Fiquei particularmente impressionado por estar 3/4 da refeição sozinho na sala e, ainda assim, as ofertas do chef e os 3 pratos que pedi se terem sucedido a um ótimo ritmo.

Espero que mantenham o rumo, pois fiquei com vontade de voltar.

Comentar post



Pub


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pub




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Comentários recentes

  • Artur Hermenegildo

    Estive no Mesa de Lemos na 4ª feira passada, grand...

  • Adriano

    #offtopicEntão é um artigo, sobre a notícia que es...

  • Duartecalf

    Excelente notícia o regresso de Vincent Farges a P...

  • Anónimo

    Em fez de "amuse bouche", porque nao "entretem de ...

  • João Faria

    Quando o anúncio do guia chegar a Portugal - e acr...





Calendário

Julho 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031