Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

A notícia chegou ontem, via facebook: “Um Atum com 30 Kg! Vamos começar a prepará-lo! Venha hoje à Tasca e prove-o com batata doce gengibre e coentros, salteado com orégãos ou com creme de ervilhas e hortelã”.

Ainda que um atum de 30kg me pareça um lingrinhas quando comparado com este, não deixa de ser um bom mote para a sugestão deste fim de semana*. A Tasca da Esquina foi o espaço criado, no ano passado, por Vítor Sobral e a sua fiel equipa para darem azo à sua veia petisqueira ‘with a little twist’. Para alem destes pratos de atum, que fizeram sucesso no recente Peixe em Lisboa, encontrará ainda umas duas boas dezenas de propostas que vão da farinheira com favas, aos fígados de aves de escabeche com pêra, às moelas fritas com maçã passando pelo o bife à casa, a raia cozida em azeite, já para não falar dos queijos, enchidos e das farófias de sobremesa.

 

Nos vinhos a recomendação do Rui Falcão... “Para atacar a doçura das batatas e do creme de ervilhas, e para suportar a pujança do atum, caso haja, nada como o Madrigal 2008, um branco delicado e elegante mas poderoso, repleto de alperce seco, pêssego e pétalas de rosa. É um branco simultaneamente sedutor e viril, harmonioso, alimentando-se de detalhes e pequenas subtilezas, dos rendilhados e nuances aromáticas. Imponente e impressionante para um vinho extreme de Viognier, termina sedutor e longo, batendo-se de caras com o atum.”


 

Contactos: Tasca da Esquina, Rua Domingos Sequeira 41C, Campo de Ourique, Lisboa

T. 210 993 939

 

* A sugestão é válida só para hoje e amanhã dado que o restaurante fecha Domingo durante todo dia.

Leia ainda:

publicado às 12:43

Noção de 'gostoso' muito sui generis...

por Miguel Pires, em 21.05.10

"Quando vocês usarem diesel nos carros, em vez daquele cheiro horrível, vão sentir um cheirinho a óleo gostoso e vai parecer que estão fritando batatinha".

 

Frase do presidente do Brasil, Lula da Silva, segundo notícia do Público, no final da X Cimeira Luso-brasileira. A frase foi proferida a propósito do acordo entre a Galp e a Petrobrás para a criação de uma unidade de biocombustível em Sines.

É certo que se colocarmos a afirmação em perspectiva (i.e: cheiro a diesel vs. cheiro a óleo a fritar batata) a coisa ainda passa. No entanto não deixaria de aconselhar o presidente Lula a fazer uma operação ao nariz. Penso que a sua capacidade olfactiva está com alguns problemas.

 

Foto: Nuno Ferreira Santos (Público)

Leia ainda:

publicado às 11:32

Vega-Rioja?

por Rui Falcão, em 21.05.10

 

A ser verdade é uma das notícias mais bombásticas do ano, anunciando uma reviravolta estratégica impensável… que irá dar muito que falar. Tudo porque, alegadamente, as Bodegas Vega Sicilia, esse monstro sagrado de Ribera del Duero, têm estado entretidas, durante os dois últimos anos, a comprar parcelas de vinhas muito velhas na região de Rioja, aproveitando o desencanto de alguns associados da adega cooperativa local, em San Vicente de la Sonsierra, descontentes com o rumo da cooperativa.

Aparentemente, a família Álvarez já terá reunido na região cerca de 80 hectares de vinhas velhas… circulando mesmo alguns rumores pelos mentideros oficias de que a primeira experiência enológica já terá tido lugar em 2009, pelas mãos de Javier Ausás, o enólogo de Vega Sicilia!

Leia ainda:

Tags:

publicado às 00:10


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pesquisar

  Pesquisar no Blog