Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Restaurante Vin Rouge

por Miguel Pires, em 27.10.11
João, Rita... e o Mar

.
Se em 2006 um qualquer comité gastronómico tivesse atribuído um prémio de restaurante revelação, o Vin Rouge teria sido certamente um sério candidato. Na altura vários foram os entusiastas que demonstraram o seu contentamento - em jornais, blogues e fóruns - por este pequeno restaurante meio perdido em Amoreira, algures no Estoril. Não é que a comida fosse o superlativo dos superlativos ou particularmente original, mas porque os proprietários reuniam um conjunto de características que lhes trouxe reconhecimento e proveito. De facto o profissionalismo e a simpatia de Rita Caldas, na sala, as propostas contemporâneas de base portuguesa (e de escola francesa) de João Antunes, na cozinha, uma carta de vinhos curta mas interessante e uma conta justa no final, eram argumentos de sobra para uma refeição a preceito – até se perdoava a localização e o espaço que poderia ter sido um stand de automóveis. 
Em 2010, depois de alguma insistência, aceitaram o convite do hoteleiro Simões de Almeida e transferiram-se para o lugar onde funcionara o 100 Maneiras, na estalagem Villa Albatroz, em plena baía de Cascais. 
O percurso não tem sido fácil. A conjuntura económica está como se sabe e Cascais é, por vezes, uma terra madrasta - segundo alguns locais, um morador da região mais facilmente se desloca a Lisboa ou ao Guincho para jantar do que a Cascais. Acresce ainda que apesar do espaço ser de dimensão semelhante ao anterior a distribuição por várias salas obrigou a um aumento da equipa.
Contudo Rita Caldas e João Antunes - dois profissionais com passagens por restaurantes como o Valle Flor (ela), Ritz, Fortaleza do Guincho e 100 Maneiras (ele) - vão contando com a presença dos seus clientes de sempre e também de muitos estrangeiros, sobretudo, turistas em época alta. 
De resto pouco parece ter mudado. A carta de comidas continua a ser pequena mas interessante, a de vinhos idem, os preços pouco ou nada se alteraram e até alguns dos adereços mais sóbrios foram transpostos da anterior morada. No entanto em termos gerais o sítio não me pareceu muito diferente do que era nos tempos do 100 Maneiras - talvez porque a arquitetura do espaço e a vista das salas e do terraço para a baía acabam por se impor. Na verdade só há mesmo uma diferença que lamento: a falta de tolhas nas mesas. Um lugar como este merece.


O jantar estava marcado para as 21h, no terraço. Pretendia aproveitar a vista e os últimos momentos do lusco-fusco. Infelizmente alguém do município (presumo) teve a triste ideia de colocar, mesmo em frente, um palco semi coberto que retira a vista e, em parte, o sossego (informaram-me que será retirado neste mês de setembro). Passámos para o interior e o problema atenuou. 

A carta de comidas, como referi, é pequena mas interessante (5 entradas, 3 pratos de peixe, 3 pratos de carne, 3 ‘risottos & pastas’ e cinco sobremesas) pelo que a opção pelo menu de quatro pratos ao critério do Chef (39,90€) é uma hipótese a considerar. Contudo tínhamos curiosidade de experimentar algumas propostas que não constavam do menu e por isso acabámos por pedir à carta.

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:03


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira as listas completas



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub



Calendário

Outubro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Comentários recentes

  • Anónimo

    Acho que não lhes vou dar oportunidade, parece que...

  • Anónimo

    Nao aconselho, procure mais avaliações sobre o loc...

  • Anónimo

    Concordo plenamente consigo, passei pelo o mesmo e...

  • Anónimo

    Boa descrição do restaurante ! Tb já lá fui e gost...

  • Fátima Bento

    Fui pela primeira vez ao Jamie's em Abril, com uma...


subscrever feeds