Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

IMG_0936.JPGÉ rara a semana em que não tenho em casa um pão feito por Ana Paula Moreira. Costumo comprá-los ao sábado de manhã, no mercado biológico do Príncipe Real, onde ela é presença antiga e constante. Já a conhecia de antes, de há mais de dez anos, dos tempos em que tinha o restaurante Paladares, em São Sebastião da Pedreira, em Lisboa, que teve no início o apoio do lendário chefe Helmut Ziebell, então de saída do hotel Ritz, onde durante décadas foi figura marcante.

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:46

Alexandre Silva abre Loco na quinta-feira

por Duarte Calvão, em 15.12.15

IMG_0832.JPG

É já nesta quinta-feira que abre finalmente ao público, ainda que num tal de “soft opening”, o Loco, o novo restaurante do chefe Alexandre Silva. Fica na rua que sobe à esquerda de quem está de frente para a Basílica da Estrela, ali onde o eléctrico faz a curva. Estive lá num dos jantares de pré-abertura e fiquei entusiasmado. Ou muito me engano (o que acontece mais frequentemente do que gostaria…) ou vai ser um êxito, trazendo para Lisboa uma cozinha arrojada, divertida e cheia de personalidade, que tanta falta nos faz.

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:06

Cinco Livros para Devorar

por Paulina Mata, em 14.12.15

devorar livros.jpg

É altura de dar prendas, e de nos darmos prendas também, um livro pode ser uma boa opção. Mesmo muito boa, porque é um repositório de conhecimento, e pode ser ainda uma partilha de experiências de vida ou mesmo um deleite para os olhos ou, melhor ainda, pode reunir várias destas componentes.

 

Propus-me escolher 5 livros, editados em 2015, que considero que acrescentam algo importante, que são bons livros. Acabei com 5 livros muito diferentes, mas muito bons! Depois tomei consciência que os 5 tinham sido escritos por amigos meus e que sou uma pessoa com muita sorte por ter amigos assim.

 

Aqui vão, por ordem alfabética do nome do livro. Digam-me lá se não são fantásticos?

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:22

_02A4578_edt (2).jpg

Uma refeição é muito mais do que o que comemos. Em geral o que comemos é um aspecto importante. Mas pode ter o mesmo peso, ou mesmo menos, do que outros factores para a experiência global. Na verdade, a percepção que temos do que comemos também é profundamente influenciada pelo ambiente, pela loiça ou pela narrativa que envolve a refeição. O que sabemos da influência dos diversos factores na experiência global é ainda muito pouco, mas o conhecimento tem vindo a crescer. Alguns destes aspectos são explorados, aqui e ali, mas ainda só vislumbrámos uma ponta (muito, muito pequena) do iceberg. Quanto a mim um dos aspectos importantes do futuro da cozinha consistirá em explorar, cada vez mais, os aspectos para além comida para moldar expectativas e a percepção do que se come, e ainda usar a comida para determinar atitudes e criar experiências mais abrangentes. Os eventos Silver Spoon Guerilla Dining são um bom exemplo deste processo.

 

 

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:47

Saber atingir o público-alvo

por Duarte Calvão, em 04.12.15

location-still-matters.jpg

 

Artigo originalmente publicado na edição de Setembro/Outubro de 2013 da revista "Comer"

 

A Portela é uma aldeia minhota que fica a 10 km de Braga, 10 km de Famalicão, 20 km de Guimarães e a 50 km do Porto. Foi lá que, em 2006, Dalila e Renato Cunha decidiram abrir o restaurante Ferrugem, hoje uma referência nacional de cozinha moderna. Em 2008, no centro comercial lisboeta Monumental, no Saldanha, três sócios inauguravam a primeira unidade da hamburgueria h3. Hoje, têm 40 unidades espalhadas por Portugal e 10 no Brasil. Já a aposta de Kiko Martins é mais recente, abriu há cerca de seis meses O Talho, nas Avenidas Novas, em Lisboa, misto de loja e restaurante que tem sido um caso de sucesso. Também em Lisboa, mas na zona histórica, no Chiado, André Magalhães e mais dois sócios, abriram há ano e meio a pequena Taberna da Rua das Flores e os seus 20 lugares chegam a “rodar” quatro vezes por noite, tal é a procura. O que será comum a estes quatro exemplos de êxito na restauração, tão diferentes entre si? Fomos falar com os seus responsáveis para saber.

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:40


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira as listas completas



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub



Calendário

Dezembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Comentários recentes

  • Anónimo

    Acho que não lhes vou dar oportunidade, parece que...

  • Anónimo

    Nao aconselho, procure mais avaliações sobre o loc...

  • Anónimo

    Concordo plenamente consigo, passei pelo o mesmo e...

  • Anónimo

    Boa descrição do restaurante ! Tb já lá fui e gost...

  • Fátima Bento

    Fui pela primeira vez ao Jamie's em Abril, com uma...


subscrever feeds