Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O preço nos restaurantes e outras ninharias

por Duarte Calvão, em 30.01.18

Já todos ouvimos este tipo de considerações indignadas sobre restaurantes. Ou, se calhar, talvez nós próprios as fizemos. Eu próprio já as devo ter feito, mas prefiro não fazer esforços de memória, que agora não me dá jeito...” São uns ladrões!”, exclamam. “Pediram-me quase 30 euros por um prato que tinha dois filetes pequenos de linguado, com umas cenourinhas e um molho qualquer”. Os mais exaltados enriquecem a narrativa: “Ainda no outro dia vi que o quilo de linguado estava a 22 euros, estão a ver o que é que aqueles gatunos lucram. Vão roubar p’rá estrada, a mim não me apanham mais lá!”.

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:29

Quem quiser provar a cozinha de André Lança Cordeiro no Local, o minúsculo restaurante que tanto êxito fez no Príncipe Real, em Lisboa, nos últimos meses, tem só até à próxima quarta-feira, dia 31, para o fazer. É que o chefe, de 38 anos, está de saída em busca de novos projectos. “Desde que vim de França há uns dois anos que tinha como objectivo encontrar um espaço 100% próprio, em que possa fazer o que quiser. A receita já está a ser preparada”, explicou ao Mesa Marcada.

 

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:54

 

Mais imagens, agora em video, da cerimónia de "Os 10 Restaurantes e 10 Chefes preferidos do Mesa Marcada", que decorreu no passado dia 15, no Alcântara Café, em Lisboa. Este evento dos melhores do ano galardoou João Rodrigues com uma dupla vitória (Chefe e Restaurante, o Feitoria), premiou mais de duas dezenas de nomes do sector e foi um óptimo momento de convívio entre pessoas do meio. 

 

Posts Relacionados: 

 

Os Preferidos do Mesa Marcada em imagens

Já são conhecidos “Os 10 Restaurantes e 10 Chefes Preferidos de 2017” do Mesa Marcada

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:39

Os Preferidos do Mesa Marcada em imagens

por Miguel Pires, em 23.01.18

Premios Mesa Marcada_MM_0172.jpg

Cerca de 300 pessoas ligadas ao meio gastronómico nacional estiveram no passado dia 15, no Alcântara Café, em Lisboa, a acompanhar a entrega dos prémios anuais deste blogue, naquela que foi a maior (e a melhor, atrevo-me a dizer) cerimónia dos Preferidos do Mesa Marcada.  Os resultados são sobejamente conhecidos, faltavam aqui as imagens da festa, algumas legendas e um pouco de ficção em volta do que eles (não) disseram.

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:58

A morte de Paul Bocuse e a choradeira geral

por Miguel Pires, em 21.01.18

ct-paul-bocuse-dead-20180120.jpg

 

Paul Bocuse morreu este Sábado e não houve chefe ou outras personalidades ligadas à cozinha que não tivessem assinalado o momento nas redes sociais. Aliás, como acontece hoje em dia, quando morre um ídolo pop, a determinada altura parecia quase obrigatório reproduzir ou procurar uma foto à pressa na internet para não se ser excluido da sociedade. 

 

Não interessa se muitos que o fizeram conheçam pouco mais de Bocuse do que aquela imagem do cozinheiro a pousar para a câmara com um galo tatuado no braço, a efígie num prémio que muitos ambicionam ganhar, a imagem da sopa "V.G.E" tapada com massa folhada que nunca comeram e, claro, o facto de ter sido um dos chefes que esteve na origem da nouvelle cuisine.

 

Poderia estar para aqui a martelar caracteres para mostrar o meu conhecimento no assunto, mas na verdade, não tenho problemas em confessar que até ontem, tal como muitos que entraram na catarse, sabia pouco mais sobre ele do que aquilo que enumerei atrás. Ou melhor, até sabia, mas a verdade é que nunca tive Paul Bocuse como uma das minhas grandes referências. Sim, percebo a veneração que muitos profissionais de cozinha lhe dedicam. Afinal, ele é apontado como o chefe que mais contribuiu para tornar a profissão respeitável, como um dos que mais insistiu na presença do chefe na sala e é o precursor da figura do chefe celebridade e do chefe empresário.

 

Curiosamente, embora tenha feito parte do movimento que deu origem à nouvelle cuisine, Bocuse viria a demarcar-se chegando a referir-se a ele como uma anedota. Acontece que a nouvelle cuisine influenciou (e de que maneira) os movimentos que se lhe seguiram e alta cozinha como ela é hoje. E que seguidores ou pratos marcantes (ainda reproduzidos nos nossos dias) deixou Bocuse pelo mundo?

 

Desculpem lá destoar, mas... não sendo francês (como Emmanuel Macron, que disse num comunicado citado pelo Público: "os chefs choram nas suas cozinhas, no Eliseu e por toda a França.”), não sendo de Lyon, ou chefe de cozinha, respeito a figura, o que fez e o momento, mas não entro na choradeira geral.  Mas, pronto, hoje acordei assim. Já passa. 

 

 Foto: Laurent Cipriani / AP (retirada do Chicago Tribune)

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:36

PRE_Premios Mesa Marcada_Preferidos 2017_0009 (3).jpg

 

João Rodrigues volta a repetir a “dobradinha” e vence a 9ª edição dos prémios do Mesa Marcada, conquistando o 1º lugar, quer na categoria de Chefes, quer na de restaurantes - com o Feitoria, do Hotel Altis Belém (Lisboa).

 

Nas categorias especiais, houve outra vitória dupla, e agora para o Norte, com Vasco Coelho Santos e o seu Euskalduna (Porto) a ganharem os títulos de Chefe Revelação do Ano Prémio Especial Estrella Damm Destaque do Ano, respectivamente.

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:31

DIPL_Teas2017_DA.jpg

Tal como na edição anterior, que teve como vencedor o Loco, de Alexandre Silva, o Prémio Especial Estrella Damm Destaque do Ano 2017”,  atribuído ao restaurante que mais subiu, entre os primeiros, no ranking dos "Preferidos"  do Mesa Marcada", tem três candidatos que se têm vindo a afirmar pela qualidade e criatividade. São eles: Euskalduna Studio (Porto), Midori (Sintra) e Vista (Portimão). 

 

Este prémio tem o apoio da Estrella Damm, patrocinador da cerimónia de entrega dos prémios e também de outras acções deste blogue.  

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:15

DIPL_Teas2017_RNA.jpg

 

Três espaços de Lisboa são os candidatos ao Prémio Especial Quinta do Ataíde Restaurante Novo do Ano, uma distinção obtida na edição anterior pelo Bairro do Avillez. Entre lugares inaugurados em 2017, distinguiram-se na lista dos Preferidos do Mesa Marcada, o JNçQuoi, de António Bóia, o Local, de André Lança Cordeiro e o Pesca, de Diogo Noronha. Porém, um deles ficou mais bem classificado do que os outros e será ele a levar este prémio que é patrocinado pela Quinta do Ataíde, a marca de vinhos (e também de azeites) do Douro da Symington, que patrocina igualmente a cerimónia de hoje, onde serão revelados os resultados.  

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

Nomeados para o prémio "Mesa Diária" 2017

por Mesa Marcada, em 15.01.18

DIPLO_Teas2017_MD.jpg

 

Desde que foi lançado en 2014, o Prémio "Mesa Diária" tem sido ganho sucessivamente pela Taberna da Rua das Flores, em Lisboa . Este galardão, que pretende eleger um restaurante de preço mais acessível resulta de um desafio que temos lançado ao painel do júri, que este ano contou com 153 participantes: nomear um - e apenas só um - restaurante favorito de preço moderado que frequente regularmente, ou que recomendaria a um amigo. 

 

Este ano, o pequeno espaço de André Magalhães volta a estar entre os mais nomeados tal como a  Taberna Ó Balcão (Santarém) de Rodrigo Castelo. Estreiam-se com a possibilidade de ganhar, os restaurantes Noélia e Jerónimo, em Cabanas de Tavira, e a Taberna do Sal Grosso, em Lisboa. O nome do vencedor será revelado esta segunda-feira à noite.

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:25

DIPL_Teas2017_CRA.jpg

 

Chefe Revelação do Ano foi um dos prémios especiais introduzidos nos últimos anos para premiar o cozinheiro  que mais se destacou, entre os primeiros, na lista de “Os 10 Restaurantes e 10 Chefes Preferidos do Mesa Marcada. Pedro Pena Bastos levou o troféu de 2016 pelo trabalho desenvolvido no Restaurante do Esporão - de onde entretanto saiu - sucedendo a Leonardo Pereira que tinha ganho a distinção no ano anterior.

 

Em relação a 2017, cujos resultados serão divulgados esta segunda-feira à noite, temos 3 candidatos de três zonas distintas do país: João Oliveira, do Vista (Portimão), Rodrigo Castelo da Taberna Ó Balcão (Santarém) e Vasco Coelho Santos, do Euskalduna Studio (Porto). Quem será o vencedor? 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:00

Pág. 1/2



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira as listas completas



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub



Calendário

Janeiro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Comentários recentes


subscrever feeds