Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Quase um ano passado desde a abertura, Miguel Castro e Silva desligou-se do restaurante Lumni, no último piso do hotel The Lumiares, em Lisboa. “A gerência do hotel decidiu dar outro destino ao espaço, que vai ter outro conteúdo, outro nome e outro chefe”, disse Miguel Castro e Silva ao Mesa Marcada, salientando que, no entanto, continuará ligado ao restaurante Mercado, no piso térreo do mesmo edifício em São Pedro de Alcântara, com propostas mais informais baseadas em pratos tradicionais portugueses. Para compensar, o chefe volta ao Porto, de onde é natural, para abrir dentro de, previsivelmente, um mês, o restaurante Casario, situado numa nova “guest house” só com oito quartos, na Praça da Ribeira (também conhecida como “praça do cubo”), da propriedade da empresa de vinhos Gran Cruz, com quem aliás o chefe já colabora há vários anos no De Castro, a outra margem do Douro, em Vila Nova de Gaia. É de lá que vem também José Guedes, a casa desde a abertura, que será o chefe residente do Casario. “Vai ser um restaurante a quatro mãos, com pratos que resultam da troca de ideias entre nós os dois, com 30 lugares e esplanada, onde os vinhos terão naturalmente grande importância”, explica Miguel Castro e Silva.

 

 

 

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00


Patrocínio Prémios Mesa Marcada


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Patrocínio Prémios Mesa Marcada


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Patrocínio Prémios Mesa Marcada


Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Veja as listas completas aqui



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Julho 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Comentários recentes