Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




c6c9e25305efcd38a7ad94f5f189f2c8bb653808-66it2kj9i

Tudo indica que 2020 não vai ser um ano bom para os restaurantes portugueses em termos de estrelas Michelin. A menos de um mês de ser divulgado o Guia Espanha e Portugal 2020 na habitual Gala, marcada para dia 20 de Novembro, em Sevilha, as minhas previsões são de apenas dois novos restaurantes com uma estrela, o Vistas, do chefe Rui Silvestre, no Algarve, e o Fifty Seconds, em Lisboa, de Martín Berasategui, que tem a chefia local de Filipe Carvalho. Já a nível de duas estrelas, a Casa de Chá da Boa Nova, em Leça da Palmeira, de Rui Paula, parece o melhor posicionado, mantendo-se alguma esperança que seja desta que o Feitoria, no hotel Altis Belém, em Lisboa, de João Rodrigues, e o Lab, no hotel da Penha Longa, em Sintra, de Sergi Arola, possam finalmente chegar lá.

 

 

 

Leia ainda:

publicado às 14:37

Euskalduna_Team_1.jpg

O Euskalduna faz três anos e, para celebrar o momento, a equipa desce a Lisboa para efectuar dois jantares nos dias 5 e 6 de Dezembro, na The House of Hope and Dreams, em Belém. Com esta decisão, Vasco Coelho Santos, que tem por hábito celebrar sempre de uma forma especial, pretende “dar a oportunidade de mostrar o nosso trabalho a quem está na capital e não tem a oportunidade de nos visitar”.

 

 

 

Leia ainda:

publicado às 14:50

cogumelos_Paris.jpg

Consta que em Paris existem parques de estacionamento subterrâneos um pouco por todo o lado. Acontece que, com a utilização do automóvel particular em declínio, muitos destes parques deixaram de ter utilização deixando imensos espaços vazios, o que levou as entidades oficiais a lançarem o desafio para que fossem apresentadas ideias para a sua reutilização. Uma das propostas vencedoras foi a de uma empresa de cogumelos, como conta a BBC nesta reportagem. Portanto, qualquer chefe parisiense tem agora acesso a cogumelos ostra, shiitake, e verdadeiros "champignons" de Paris de "Km 0". 

 

 

Leia ainda:

publicado às 23:53

Arkhe_JoaoRicardo.png

 

Há já uns bons anos que se nota uma tendência nos menus dos restaurantes gastronómicos no sentido de uma maior utilização de vegetais em detrimento de carne. Alguns criaram mesmo menus de degustação alternativos totalmente vegetarianos, como é o caso do Feitoria, de João Rodrigues, em Lisboa, ou a Casa de Chá da Boa Nova, de Rui Paula, em Leça da Palmeira, por exemplo. Porém, um restaurante com uma cozinha vegetariana, ou plant-based, mais elaborada com um toque sofisticado, era algo raro ou mesmo inexistente, em Portugal.

 

 

 

Leia ainda:

publicado às 21:25

ea7ddf77-4222-4b7a-b163-683bd1d11fc3.JPG

Fica no piso térreo do polémico novo arranha-céus na Av. Fontes Pereira de Melo,  em Lisboa, e, além do recém-aberto restaurante japonês Kai, tem um café Simpli com esplanada e virá a ter – até ao fim do ano, se tudo correr bem – uma loja Casa Gourmet. Estes espaços são uma iniciativa de três sócios: o empresário Miguel Moreira, o proprietário e “mentor” da cozinha do lendário restaurante S. Gião (Moreira de Cónegos), Pedro Nunes, e do responsável pelos cafés Simpli (já presente na Rua Braamcamp, em Lisboa), Mário Cajada.

 

Leia ainda:

publicado às 14:18

IMG_8956.jpg

Realizou-se no passado dia 16, em Barcelona, a etapa regional para a Península Ibérica e países do Mediterrâneo, do San Pelegrino Young Chef, um concurso mundial de cozinha destinado a jovens cozinheiros. Porém, tal como acontece no caso do Guia Michelin, o mercado espanhol é o que parece verdadeiramente contar para a marca. Digo isto porque esta fase do concurso realizou-se sempre em Espanha (alternando entre Barcelona e Madrid) e a larga maioria dos concorrentes tem sido sempre do país vizinho, numa proporção de nove de Espanha para um de Portugal. Este ano foi ligeiramente diferente porque a etapa foi alargada a “países do Mediterrâneo”, o que na verdade significou pouco mais do que a inclusão de dois concorrentes da Grécia e um de Israel, para além de um português, como tem sido hábito. 

 

 

 

Leia ainda:

publicado às 13:52


Patrocínio Prémios Mesa Marcada


Patrocínio Prémios Mesa Marcada


Patrocínio Prémios Mesa Marcada


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Patrocínio Prémios Mesa Marcada


Patrocínio Prémios Mesa Marcada:


Siga-nos no facebook


Patrocinio Prémios Mesa Marcada


Patrocínio Prémios Mesa Marcada



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Comentários recentes