Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A Ribeira esteve cá em casa

por Mesa Marcada, em 30.04.20

Texto de Rafael Tonon (autor convidado)* 

Taberna_dos_Mercadores.jpg

É uma sensação estranha estar trancado em casa em pleno 25 de Abril. Até mesmo para um brasileiro, a noção de não poder ir às ruas celebrar a liberdade soa antagónica — e até um bocado angustiante, para ser sincero. Era um sábado levemente nublado no Porto, daqueles em que facilmente sairíamos para caminhar, desceríamos a Avenida dos Aliados, continuaríamos pela Rua das Flores a desviar dos turistas e finalmente alcançaríamos a Ribeira, para dar de encontro com o Douro. Algo que sempre me põe um sorriso no rosto. 

 

 

Patrocínio:

VinhoemCasa_banner.png

 

Post relacionados:

. A essência do Epur esteve cá em casa

. A cozinha de Marlene Vieira esteve cá em casa

. A Taberna da Rua das Flores esteve cá em casa

. A cozinha de Vítor Sobral esteve cá em casa 

 

 

Leia ainda:

publicado às 09:25

 

Andre Mag MI.JPG

Os restaurantes geridos por André Magalhães em Lisboa – Taberna da Rua das Flores, no Chiado, Taberna Macau, Bao Bar e Kamakura, no Martim Moniz - devem ser dos poucos em Portugal que não estão em lay-off.  É que no dia seguinte ao encerramento obrigatório devido à pandemia do COVID -19 decidiram iniciar de imediato as entregas de refeições ao domicilio. “Somos no total 26 pessoas, que se revezam em duas equipas que ficam 15 dias a trabalhar e os outros 15 em casa”, explica o nosso entrevistado, “de modo a verificar que ninguém está doente. Está a valer a pena, até estamos a conseguir alguns novos clientes, que não conseguiam vir cá, mas que queriam conhecer a nossa cozinha".

 

Patrocínio: 

ED_Mesa-Marcada_500x87px_V1.jpg

 

Posts Relacionados:

Ana Músico e Paulo Barata: Esta crise tem estímulado a nossa capacidade de resiliência, mas também a nossa criatividade"

Menu de Interrogação - António Loureiro: "Quero mostrar a minha identidade através daquilo que faço e não daquilo que sou"

. Menu de Interrogação - Rita Santos (Comida Independente): "O sucesso material e o protagonismo são circunstâncias, não nos definem"

Menu de Interrogação - Marlene Vieira: "O novo restaurante será um recomeço na minha carreira"

 

 

 

 

Leia ainda:

publicado às 00:01

A essência do Epur esteve cá em casa

por Miguel Pires, em 25.04.20

IMG_5263.jpg

 

Sim, também tenho saudades de ir a restaurantes. Não só da comida, mas também do serviço, do ritual, do convívio. E não é tanto dos lugares de cozinha caseira ou mais tradicional, porque esses sabores, bem ou menos bem, ainda vou conseguindo ir buscá-los aos livros, à memória e às receitas de família. O que tenho saudade, mesmo, é daqueles pratos que vão além do expectável, que estimulam sentidos, que me deixam arrebatado. Tenho saudade da sua beleza, da clareza dos sabores, da técnica e do talento criativo. Vincent Farges é um dos chefes em Portugal, cujos trabalho está nesse patamar. Sou fã desde os tempos da Fortaleza do Guincho e assim continuo desde que abriu o Epur, no Chiado, em 2018.

 

 

Patrocínio:

VinhoemCasa_banner.png

 

Post relacionados:

. A cozinha de Marlene Vieira esteve cá em casa

. A Taberna da Rua das Flores esteve cá em casa

. A cozinha de Vítor Sobral esteve cá em casa 

 

Leia ainda:

publicado às 14:54

Pág. 1/3



Patrocinador Mesa Marcada


Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Siga-nos no facebook



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Abril 2020

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Comentários recentes