Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A cozinha de Marlene Vieira esteve cá em casa

por Duarte Calvão, em 22.04.20

Packs_MarleneV_MM.jpg

 

Quando soube, na semana passada, que Marlene Vieira ia iniciar um serviço de entregas ao domicílio, não hesitei um segundo: seria dela o próximo jantar que me iria consolar do confinamento caseiro. Quando vi os pratos que propunha, reforcei a noção de acerto da minha intuição. Tudo me pareceu apetitoso, fácil de transportar, a bom preço e capaz de aguentar no frigorífico no caso de não ser logo devorado (o que se confirmou, como adiante se verá). Gosto muito da cozinha desta chefe nortenha radicada em Lisboa que, infelizmente, teve há uns anos uma pausa inesperada na carreira com o fecho prematuro do Avenue, onde passei óptimos momentos, e que se preparava para abrir um restaurante de nome próprio no novo edifício do Terminal de Cruzeiros de Lisboa (ver “O novo restaurante será um recomeço na minha carreira”) quando foi apanhada pelo turbilhão da pandemia. Entretanto, mantinha um bem sucedido espaço no Mercado da Ribeira, que não costumo frequentar, onde chegava a dar cerca de mil refeições por dia.

 

 

 

Patrocínio:

VinhoemCasa_banner.png

 

Post relacionados:

. A Taberna da Rua das Flores esteve cá em casa

. A cozinha de Vítor Sobral esteve cá em casa 

 

Leia ainda:

publicado às 18:23



Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pesquisar

  Pesquisar no Blog