Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




USB (Port)

por Rui Falcão, em 25.09.09

É, seguramente, uma das formas mais inteligentes de contornar a proibição legal de usar o nome “Port”, denominação de origem protegida, nos vinhos licorosos californianos… basta rabiscar o símbolo universal de um USB port e omitir a palavra! Já agora, para os perfeccionistas, o código em binário da videira significa “Peliter Station”, o nome do produtor desta imitação de Vinho do Porto.

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:54


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Tia Maria a 25.09.2009 às 13:52

Eu já não me lembro qual é, mas há uns tempos, li um artigo sobre um produtor americano que fazia uma imitação de Porto, mas com vinhas portuguesas.

Comentar post



Patrocínio


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira as listas completas



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub



Calendário

Setembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Comentários recentes

  • Mesa Marcada

    “Vamos reinventar os nossos compromissos profissio...

  • Anónimo

    E os motivos? Quais foram?

  • Anónimo

    Mugaritz,O restaurante onde como cliente mais me s...

  • Duartecalf

    Gostei muito do texto, mais "emocional" do que é c...

  • Osvaldo

    Caro Miguel Pires, tive, também felizmente a possi...