Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Lafitte? Ou será Lafite?

por Rui Falcão, em 26.05.10

 

Desde que a China despertou para os prazeres do vinho, e que o seu consumo começou a ser fortemente incentivado pelo governo, o negócio das falsificações começou a encarar o vinho como um produto merecedor de investimento. Num ápice, o mercado chinês ficou inundado de imitações baratas e ingénuas, com rótulos caricatos pela inocência própria da ignorância. Infelizmente, a indústria da cópia aprende depressa, e em breve seremos inundados por rótulos mais cuidados e difíceis de detectar. Até lá, podemos ver pérolas como este Château Lafitte, escrito assim mesmo, com duplo “t”, ao contrário da grafia original que se escreve Château Lafite. Mas também são engraçadas as referências a Premiéres Côtes de Bordeaux, imagino que a appellation imaginária deste Lafitte chinês…

 

PS - Como se comprova pelos esclarecimentos prestados por Paulo Silva, a quem agradeço a rectificação, a informação prestada neste apontamento revelou ser incorrecta. De facto, existem e são genuínos, os dois rótulos mencionados no texto, Lafite e Lafitte, pelo que a informação prestada neste texto está objectivamente errada.

 

Leia ainda:

Tags:

publicado às 10:06


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pesquisar

  Pesquisar no Blog