Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A crise continua a apertar

por Rui Falcão, em 29.11.10

 

Pelo menos é o que insinua a informação mais recente da AHRESP - Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, noticiando que no ano passado terão fechado portas mais de dez mil restaurantes em Portugal. Assumindo que os números são fidedignos e não um empolamento artificial para forçar o governo a uma qualquer benesse, a dimensão do drama é impressionante e reveladora do mau estado do sector em Portugal. Sobretudo, porque não se esperam melhoras significativas para os tempos mais próximos.

E nos vinhos, quando é que começaremos a ver os primeiros sinais de derrocada com o remate de alguns dos nomes que hoje damos como certos?

Leia ainda:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:51


16 comentários

Imagem de perfil

De Miguel Pires a 30.11.2010 às 01:49

Todos os anos (mesmo nos melhores, se isso é termo que se possa dizer no nosso país) abrem e fecham milhares de empresas. Por isso é que era importante aprofundar o número. O Pedro tem razão, há quem ache mesmo que a restauração é a saída fácil.

Comentar post



Patrocínio


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Siga-nos no facebook


Mesa Marcada no Twitter


Confira as listas completas



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Pub



Calendário

Novembro 2010

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Comentários recentes

  • Mesa Marcada

    “Vamos reinventar os nossos compromissos profissio...

  • Anónimo

    E os motivos? Quais foram?

  • Anónimo

    Mugaritz,O restaurante onde como cliente mais me s...

  • Duartecalf

    Gostei muito do texto, mais "emocional" do que é c...

  • Osvaldo

    Caro Miguel Pires, tive, também felizmente a possi...