Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Flutes, trocas e baldrocas

por Miguel Pires, em 15.09.11

aqui tinha falado da tendência recente (vá lá, dos últimos 3, 4 anos) de certos restaurantes nos servirem vinhos brancos da região dos Vinhos Verdes em flutes - seja num vinho de gama baixa com 'pico', ou num mais prestigiado Alvarinho. Desconfio que a Sogrape tem alguma culpa no cartório já  que alguns dos flutes que tenho visto apresentam o logotipo do Vinho Verde, Gazela. Qual terá sido razão? ajudar manter o 'pico' (comum em muitos dos Vinhos Verde de gama mais baixa) ou apenas criar uma moda? Hum... ou será que tudo não passou de uma jogada de Marketing a anteceder o recente lançamento do espumante (ou sparkling, que é um termo mais cool) desta sua popular marca?

 

O curioso é que na região de Champanhe cada vez mais há restaurantes que servem o prestigiado vinho da região em copos de vinho branco (tipo Riedel Sauvignon blanc, creio) em vez de flutes - conforme me referiu recentemente um produtor local e que eu mesmo pude confirmar. 

Leia ainda:

Tags:

publicado às 00:29


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Os autores

Duarte Calvão (perfil)
Miguel Pires (perfil)

Porquê?

Três autores há vários anos ligados à gastronomia e vinhos criaram este espaço para partilhar com todos os interessados os seus pontos de vista sobre o tema (ver "carta de intenções").

Pesquisar

  Pesquisar no Blog